TCE avalia Portal da Transparência da Prefeitura de Codó como irregular

A Lei Complementar nº 131/09 estabelece obrigatoriedade a todos os entes federativos da divulgação, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira, em meios eletrônicos de acesso público, determinando, ainda, a adoção de sistema integrado de administração financeira e controle. O Decreto nº 7.185/2010 regulamenta esse sistema, definindo o padrão mínimo de qualidade. Compete aos tribunais de contas a fiscalização dessa exigência legal.
No âmbito do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, a fiscalização do Portal da Transparência tem sido realizada durante o acompanhamento da gestão fiscal e na análise das contas anuais de governo.
Buscando dar maior efetividade ao acompanhamento da transparência e contribuir com o controle social, o TCE/MA divulgou os resultados obtidos na consulta aos sítios eletrônicos dos seus jurisdicionados. A avaliação é realizada a cada três meses.
Site da Prefeitura de Codó irregular
O TCE constatou que o Município de Codó descumpre o inc. II do § único do art. 48 da LRF e ao inc. II do § 2º do art. 2º do Decreto nº 7185/2010, em razão do seu site não disponibilizar as informações atualizadas.

Confira a relação completa dos municípios com pendências em seus Portais da Transparência no link CLIQUE AQUI.

Nenhum Comentário

  1. Perfeito de Codó viajou ontem ainda para porto de galinhas, litoral de Pernambuco e deixou a abertura da exposição agropecuária nas mãos do secretário João dia plástico.. ..esse é cara que ama Codó..kkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!