Briga entre mulheres em Codó termina com uma delas esfaqueada e socorrida em estado grave

Uma briga entre duas mulheres terminou com uma delas esfaqueada na noite deste sábado (16), na Rua Santana, bairro São Francisco, em Codó (MA).

Imagem ilustrativa

De acordo com informações de testemunhas, Francisca das Chagas dos Santos, de 38 anos, foi esfaqueada duas vezes pela jovem Tainara de Aquino de Binho, de 24 anos. Os golpes atingiram o braço e o tórax da vítima.

Francisca das Chagas, ainda segundo testemunhas, foi socorrida e levada em estado grave para o hospital da cidade. Ela passou por um procedimento cirúrgico de emergência e seu estado de saúde não foi informado a imprensa.

A acusada de cometer o crime foi captura e agredida por populares, que ficaram revoltados com a barbárie. Ela foi encaminhada para a 4º Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó.

Maconheiro fuma diamba em bar de Codó, irrita cliente e leva tiro na bunda

Um jovem identificado como Bruno Alves de Oliveira foi baleado na bunda após irritar clientes de um bar de Codó (MA). O crime ocorreu na noite deste sábado (16) na Rua Santa Clara, no bairro Codó Novo.

De acordo com informações de testemunhas, Bruno Alves estava fumando um cigarrinho de diamba na área externa do bar e irritou um dos clientes do estabelecimento, que sacou uma arma de fogo e atirou na bunda do maconheiro. A bala entrou e saiu do outro lado.

O jovem baleado, que já foi preso várias vezes por roubos, furtos e porte ilegal de arma de fogo, foi levado por populares para outro endereço. A Polícia Militar e o SAMU estiveram no local, mas o maconheiro se recusou a ser atendido pela equipe médica e não quis revelar o nome do autor do disparo.

O proprietário do estabelecimento relatou que não conhece a vítima e nem o suspeito de efetuar o disparo. O caso foi registrado na 4º Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó.

Pedido de socorro

Moradores da rua Santa Clara enviaram mensagens para o Blog do Marco Silva relatando o ocorrido no bar onde o jovem foi baleado. Eles dizem que não é a primeira vez e pedem que a Polícia Militar tome providências.

“Eu juntos com outros moradores a rua Santa Clara.  Acabamos de lhe informa que teve tiro agora pouco aque no campo do reges. Conhecido como sede do Cruzeiro.  Não é a primeira vez, pelo visto a polícia não procura nem um meio de restringir limites. O próprio dono do estabelecimento não tá nem aí. Nesse tiro de agora pouco foi maior desespero. Nossa crianças mesmo dentro de casa chorando com medo. Desesperado. E nos moradores já cansamos de perde pra que parem com esses foles aque é quase todo dia. Então nós vem por meios do seu blogue nós ajuda a divulga essa situação. Pq nos moradores não aguenta mas. A baderna vai até até altas horas da noite. Hoje só parou por causa desse tiro e pq saiu uma pessoa ferida. Por favor nós ajude. Peça que as autoridades façam algo”, pediu os moradores.

ÚLTIMAS UNIDADES: Compre seu lote com apenas R$ 1 mil de entrada e saldo em até 40 meses

Atenção você de Codó e região!

Oportunidade única para você comprar seu lote e construir sua casa no Residencial Nova Trizidela, com preços exclusivos.

Adquira seu lote por apenas R$ 10 mil, com entrada de somente R$ 1 mil e o saldo em até 40 parcelas. A vista por apenas R$ 8 mil.

O Residencial Nova Trizidela está com 90% das obras construídas e dispõe de corretores de plantão.

Aproveite! Últimas unidades disponíveis.

Restaurante Bode Assado – O melhor do Maranhão

O Restaurante Bode Assado oferece aos seus clientes os melhores cortes de carnes, um ambiente aconchegante e a melhor culinária do Maranhão.

O Restaurante Bode Assado tem como seu principal ingrediente “A Qualidade” em seu cardápio. Sempre inovando, aprimorando e respeitando os gostos de nossos clientes.

Maranhão é o estado com menos mortes de Covid-19 por 100 mil habitantes no Brasil, segundo pesquisa

Uma pesquisa da Fiocruz mostra que o Maranhão é o estado com menos mortes causadas pela Covid-19 no Brasil. O estudo elenca os óbitos por 100 mil habitantes com base de cálculo aplicada pelos organismos que monitoram a doença no país. No levantamento, o Maranhão está em último lugar na escala de mortes, resultado da eficiência das ações do Governo do Estado no controle da doença e do comprometimento dos profissionais de saúde no atendimento aos maranhenses.

Gráfico sobre óbitos de Covid-19 por estados brasileiros (Reprodução)

O pesquisador Leo Bastos, da Fiocruz, mostra em estudo que o Maranhão é o estado com menos mortes por 100 mil habitantes causadas pela Covid-19 no Brasil. O estudo tem base de cálculo aplicada pelos organismos que monitoram a doença no país. No levantamento, o Maranhão está em último lugar na escala de mortes, resultado da eficiência das ações do Governo do Estado no controle da doença e do comprometimento dos profissionais de saúde no atendimento aos maranhenses.

O governador Flávio Dino se manifestou sobre o estudo, lembrando a importância e dedicação de todos os profissionais da saúde do estado e municípios, neste cenário de combate à doença. “Mais uma vez, complemento as equipes da Secretaria de Saúde do Estado e dos municípios e, especialmente, os nossos profissionais de saúde pelo desempenho”, pontuou o governador. No Maranhão, já foram registrados 203.156 casos da doença, sendo 4.549 óbitos e mais de 489,9 mil testes realizados pelo Governo do Estado.

“O Maranhão está entre os estados que menos têm mortes por 100 mil habitantes, que é a prevalência epidemiológica interpretada de maneira correta e um alento para nós. Obviamente, não gostaríamos de ter perdido nenhum maranhense, mas todos os nossos esforços são no sentido de garantir a vida e que o estado reconforte seus habitantes. Esperamos que a vacina chegue, que esses números zerem e que esse episódio fique como um período obscuro de nossa história”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Para a pesquisa foram utilizados todos os dados de óbitos notificados em 2020, com correção do atraso de notificação e previsão para a primeira semana de 2021. O levantamento mostra que o Rio de Janeiro é o estado com maior número de mortes por 100 mil habitantes provocadas pela Covid-19. O estudo é do pesquisador da University ir Sheffield, da Inglaterra e da Fiocruz, Leo Bastos. Na Fiocruz, o estudioso atua em pesquisas nas áreas de Saúde Pública, Estatística Aplicada e Epidemiologia das Doenças Transmissíveis.

Uma pesquisa da Fiocruz mostra que o Maranhão é o estado com menos mortes causadas pela Covid-19 no Brasil. O estudo elenca os óbitos por 100 mil habitantes com base de cálculo aplicada pelos organismos que monitoram a doença no país. No levantamento, o Maranhão está em último lugar na escala de mortes, resultado da eficiência das ações do Governo do Estado no controle da doença e do comprometimento dos profissionais de saúde no atendimento aos maranhenses.

O governador Flávio Dino se manifestou sobre o estudo, lembrando a importância e dedicação de todos os profissionais da saúde do estado e municípios, neste cenário de combate à doença. “Mais uma vez, complemento as equipes da Secretaria de Saúde do Estado e dos municípios e, especialmente, os nossos profissionais de saúde pelo desempenho”, pontuou o governador. No Maranhão, já foram registrados 203.156 casos da doença, sendo 4.549 óbitos e mais de 489,9 mil testes realizados pelo Governo do Estado.

“O Maranhão está entre os estados que menos têm mortes por 100 mil habitantes, que é a prevalência epidemiológica interpretada de maneira correta e um alento para nós. Obviamente, não gostaríamos de ter perdido nenhum maranhense, mas todos os nossos esforços são no sentido de garantir a vida e que o estado reconforte seus habitantes. Esperamos que a vacina chegue, que esses números zerem e que esse episódio fique como um período obscuro de nossa história”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Para a pesquisa foram utilizados todos os dados de óbitos notificados em 2020, com correção do atraso de notificação e previsão para a primeira semana de 2021. O levantamento mostra que o Rio de Janeiro é o estado com maior número de mortes pela Covid-19. O estudo é do pesquisador da University ir Sheffield, da Inglaterra e da Fiocruz, Leo Bastos. Na Fiocruz, o estudioso atua em pesquisas nas áreas de Saúde Pública, Estatística Aplicada e Epidemiologia das Doenças Transmissíveis.

O melhor galeto assado da cidade é na Galeteria Ponto Certo

A Galeteria Ponto Certo está com uma super promoção para os codoenses. Todo domingo será sorteado 1 galeto assado e 4 toscanas para todos que comprarem acima de R$ 12.

Aproveite essa deliciosa promoção e venha provar o melhor galeto assado da cidade.

Galeteria Ponto Certo – A sua melhor opção

Rua Tiradentes, 1053-B

Próximo ao Azenaurus

Codó – Maranhão

Vende-se uma excelente casa no Centro de Codó

Uma excelente residência no Centro de Codó foi colocada à venda e é uma ótima oportunidade para quem deseja investir na compra da casa própria. O local conta com 240 metros quadrados, sendo 150 m² de área construída, 3 dormitórios, 1 suíte, 2 banheiros, 1 vaga de garagem, área de serviço, copa e cozinha.

A casa fica muito bem localizada na Rua Simeão de Macedo, próximo a Clínica Dra. Jaciara. Residência e confortável e próxima de escola, farmácia, supermercado e outros importantes pontos comerciais de Codó.

Mais informações sobre o imóvel entre em contato com a Ney Maran Negócios Imobiliários, através do telefone (99) 98113-2015 ou no endereço: Rua Professor Fernando de Carvalho, 1916, Centro de Codó.

Bandido é preso após roubar celular e R$ 800 de vítima no bairro São Pedro, em Codó

A Polícia Militar prendeu o suspeito José Nauro Santos Brandão, de 26 anos, por ter roubado um celular e R$ 800 no bairro São Pedro, em Codó (MA).

Os policiais da Força Tática foram acionados para atender uma vítima que teria sido vítima de roubo no início da madrugada de quarta-feira (14). O acusado, que usou uma faca para cometer o crime, foi encontrado na manhã do mesmo dia próximo a sua residência Rua São Sebastião.

José Nauro foi preso e apresentado na delegacia da cidade. O criminoso apresentava duas lesões, que, segundo ele, foram causadas por um homem identificado como Frank.

Com informações da repórter Emanuela Carvalho, da TV Cidade.

Polícia Militar cumpre mandado de prisão contra acusado de roubo em Codó

O 17° Batalhão de Polícia Militar do Maranhão (17º BPM) continua trabalhando intensamente no combate à criminalidade no município de Codó. Na última quinta-feira (14), o jovem Marcos Vinicius da Silva Conceição, popularmente conhecido como “Pelego”, de 25 anos, foi preso em sua residência localizada na Rua Walter Zaidan, no bairro Santo Antônio.

De acordo com informações da repórter Emanuela Carvalho, da TV Cidade, o suspeito responde pelo crime de roubo.  No entanto, o mandado de prisão não consta maiores informações sobre o ocorrido e os detalhes da possível vítima.

O Serviço de Inteligência, com o apoio da equipe de base, fez um cerco nas imediações da residência do acusado e conseguiu prendê-lo. O criminoso foi encaminhado para a 4º Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó.

Tire suas dúvidas sobre a vacinação contra o coronavírus no Maranhão

O Maranhão e todo o Brasil estão se aproximando do início da vacinação contra a Covid-19. É um passo fundamental no combate à doença. Entenda:

Quando será a vacinação?

Ainda não há data definida. O Ministério da Saúde é quem vai definir o calendário. Há uma estimativa de que seja após o dia 20 de janeiro.

Quem é responsável por fornecer a vacina?

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde. 

E a distribuição das vacinas?

O Ministério da Saúde leva até os estados. Em seguida, cabe ao governo de cada estado fazer a distribuição para as cidades.

Qual será a vacina usada?

Isso será definido pelo Ministério da Saúde, responsável pelo fornecimento.

Como será a distribuição no Maranhão?

Ela vai seguir o que está definido no Plano Estadual de Vacinação, feito pelo Governo do Maranhão. Após o recebimento das doses que virão de Fortaleza para São Luís, as vacinas serão armazenadas na Rede de Frio do Estado, localizada em São Luís. Em seguida, a Secretaria de Estado da Saúde fará a distribuição, em até três dias, para as Regionais de Saúde.

Quais veículos serão usados na operação dentro do Maranhão?

Dois aviões, um helicóptero, três caminhões baús e 18 vans refrigeradas.

Quantos locais de vacinação vai haver?

Serão 2.124 salas de vacinação, sendo possível ampliar para 2.500 salas.

E as agulhas e seringas?

O Governo Maranhão tem 4 milhões de seringas e agulhas para a primeira fase da vacinação. E uma nova leva está sendo comprada.

Como vai ser feita a segurança do transporte das vacinas?

Haverá escolta policial durante todo o trajeto. Toda a movimentação deverá acontecer em conjunto com o Corpo de Bombeiros, a Polícia Civil e o Centro Tático Aéreo. 

Como foram definidos os grupos que serão vacinados primeiro?

É o Ministério da Saúde quem define isso para todos os estados brasileiros. 

Quais são estes grupos?

Primeira fase: trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais em asilos; população em situação de rua; população indígena, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

Segunda fase: idosos de 60 a 74 anos

Terceira fase: pessoas com diabetes mellitus; hipertensão arterial grave; doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; e obesidade grave, com Índice de Massa Corporal igual ou maior que 40 (IMC≥40).

Quantas pessoas serão vacinadas nestas três fases?

A estimativa é de 1,75 milhão de pessoas.

E o resto da população?

Será vacinada após essas fases, em cronograma ainda a ser definido pelo Ministério da Saúde.

Quem vai aplicar as vacinas?

Isso cabe à prefeitura de cada município. Mas o Governo do Estado também capacitou 60 apoiadores, dentre eles, profissionais da Força Estadual de Saúde (Fesma), técnicos da Vigilância Epidemiológica e Atenção Primária Estadual, que ajudarão os municípios a executarem a campanha.

A vacina tem contraindicações?

A vacina não é indicada para pessoas com menos de 18 anos, gestantes e quem tenha reação anafilática confirmada a qualquer componente da vacina.

Como será a vacinação de acamados e pessoas com dificuldade de locomoção?

A equipe de saúde de cada município definirá a estratégia para a vacinação dessas pessoas. 

Com a vacinação, posso parar de usar máscaras?

Não. A máscara, o distanciamento e a higiene das mãos continuam fundamentais para o combate à doença. Isso tudo só será deixado de lado quando toda a população estiver vacinada.

Conheça o trabalho profissional e requintado do Mederin do Gesso

O Mederin do Gesso é uma empresa codoense especializada em Gesso com profissionais altamente qualificados, que garantem um trabalho de qualidade, confiança, requinte e agilidade.

Entre os diferenciais do Mederin do Gesso, podemos destacar o processo de trabalho, que entrega o serviço com o máximo de profissionalismo e limpeza.

A empresa aceita pagamento de forma parcelada por meio do cartão de credito. Faça seu orçamento através do WhatsApp (99) 99175-6850.

Funac realiza atividade na Praça de Timon sobre Janeiro Branco

O Centro Socioeducativo de Semiliberdade de Timon, Unidade da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), realizou nesta quinta-feira (14), na Praça São José, em Timon, uma atividade diferenciada de integração entre servidores e adolescentes para falar sobre a importância dos cuidados com a saúde mental. Com o tema “Janeiro Branco – Cuidando da saúde mental do socioeducando”, a atividade foi conduzida pela psicóloga Dannyara Aguiar.

Na oportunidade foram realizadas roda de conversa e pinturas de máscaras para discutir a importância de trabalhar os sentimentos para manter uma boa saúde mental. Em seguida, a copa de futsal promoveu uma maior integração entre servidores e adolescentes, com o placar 4×3.

A presidente da Funac Sorimar Sabóia destaca a importância da atividade e que a temática consta na rotina sociopedagógica de todos os Centros. “O evento sobre o Janeiro Branco é uma atividade que desenvolvemos em todas as Unidades e entra na rotina socioepedagógica dos adolescentes com o objetivo de trazer para eles informações sobre a saúde mental de como cultivar e tratar nossa saúde mental, o que nos faz bem. E isso é importante para que os adolescentes conheçam suas emoções e possam ter um boa convivência no Centro Socioeducativo, familiar e comunitária”, afirma Sorimar. 

De acordo com a psicóloga Dannyara Aguiar, o mês de janeiro é um mês de prevenção e de cuidado com a saúde mental. Ela ressalta como aconteceu a atividade externa com os adolescentes. “Nós realizamos junto com os socioeducandos uma vivência na praça, com direito a uma roda de conversa, em que foi utilizado a caixa das emoções para falar sobre os pensamentos e como as emoções influencia a saúde mental”, comenta.

Dannyara explica ainda porque a praça foi o local escolhido para a atividade. “A praça é um lugar de vínculos, de significados, ali também demonstra a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas. Essa atividade foi pensada um pouco também com o intuito de tirar um pouco eles de dentro da Unidade, local em que cumprem medidas socioeducativas de segunda a sexta. Falar de saúde mental é falar de vida e nos da socioeducação procuramos ressignificar a vida dos nossos socioeducandos”, complementa.

Participar da atividade trouxe muito aprendizado e diversão, é o que relata o adolescente. “Aprendi que no Janeiro Branco devemos cuidar do nosso corpo e mente. Expressar os nossos sentimentos e emoções para que não acarrete nenhuma doença, o esporte também é um aliado para a saúde mental,” declara um adolescente.

error: Content is protected !!