Roberto Rocha quer expulsar 68 famílias de terras que diz ser dele

Esta semana o senador licenciado Roberto Rocha (PSB) se manifestou nas redes sociais afirmando estar trabalhando pelo Maranhão em Brasília, ao mesmo tempo que criticava o governador Flávio Dino em uma suposta agenda que depois se esclareceu. Os interesses de Rocha pelo estado inclui a expulsão de 68 famílias de lavradores de terras localizadas entre os municípios de Igarapé do Meio e Bela Vista.

A área de 1.200 hectares é reclamada na Justiça por Rocha. A Comissão Pastoral da Terra denunciou a ameaça de despejo do senador nesta quinta-feira, 26. A ação do senador é movida contra Edimar Sousa do Nascimento e outros. Edimar foi assassinado em fevereiro de 2015 em uma emboscada.

O senador jamais se manifestou sobre conflitos agrários no exercício do mandato. Par Rocha esse é um problema excluído da sua agenda. Prefere medidas radicais como a expulsão de famílias de pobres agricultores. Imagina no governo do estado como tratará o tema o herdeiro latifundiário.

Fonte: Blog Marrapá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *