Vereador que não terminou o ensino fundamental é o novo presidente da Comissão de Educação

 Flávio Dino e Junior Oliveira (Novo Presidente da Comissão de Educação)

A Câmara Municipal de Codó definiu no início da semana passada os presidentes, vice-presidentes, membros e suplentes das Comissões Permanentes do Poder Legislativo Codoense para a sessão Legislativa do ano 2017.

Uma das comissões mais importantes do poder legislativo trata-se da Comissão de Educação, Cultura, Saúde e Meio Ambiente. Que, dentre outros, deverá discutir assuntos atinentes à educação em geral, política e sistema educacional em seus aspectos institucionais, estruturais, funcionais e legais, direito à educação, recursos humanos e financeiros para a educação dos codoenses.

A discussão da educação no local onde é criada e aprovada as leis deveria ser feita pelo vereador com maior experiência possível na área da educação. O único com este perfil entre os atuais parlamentares é o vereador Pastor Max, que já trabalhou como professor e também já exerceu o cargo de Coordenador de Programas Educacionais na Secretaria municipal de educação.

Mais os 17 parlamentares de Codó não pensam assim, tanto que escalaram o vereador Junior Oliveira (PRB), para presidir a Comissão de Educação, Cultura, Saúde e Meio Ambiente. O edil, segundo o site do TSE, se quer terminou o ensino fundamental, portando, terá dificuldades para discutir medidas pedagógicas, ou até mesmo cobrar mais resultados e novos métodos de ensino sócio educativo.

Com uma educação que vai de mal a pior, os codoenses não tiveram muita sorte com o vereador que foi escolhido para discutir os problemas do setor educacional e apontar as devidas soluções.

Contribua com o BLOG DO MARCO SILVA, enviando sua Matéria, Sugestão ou Denúncia para o WhatsApp: (99) 9 8838-9805

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *