Vereador Pastor Max fala sobre o apoio das autoridades públicas à causa dos estudantes do UFMA

Esta semana o vereador Pastor Max destacou na Câmara Municipal o apoio que foi dado pelo governo municipal, entidades e a sociedade codoense à causa dos alunos (UFMA). O edil levou até a tribuna a voz de centenas de alunos, funcionários e professores da Universidade Federal do Maranhão, Campus VII, localizada em Codó, que vem sofrendo com o desmonte e o sucateamento das condições estruturais e financeiras da universidade, e sobre o movimento o Ocupa UFMA II, que teve início no dia 12/04 e realizou passeata de protesto no dia 16 de abril (aniversário de Codó).

A vinda da UFMA foi tão sonhada pela comunidade estudantil da nossa cidade e cidades circunvizinhas e com muito esforço foi implantada. O movimento carrega consigo um compromisso social e com a luta e não político partidário. E isso só é possível porque a Universidade tem esse papel fundamental em apostar numa educação crítica e comprometida com a construção de uma sociedade justa. Temos que proteger nossa instituição universitária, porque ela é um dos mais valiosos patrimônios do nosso povo e da nossa terra. A UFMA Campus VII/Codó é uma instituição social, que ajusta todo o seu fazer na educação como bem público, como direito constitucionalmente assegurado a cada cidadão, independente da sua condição social”, declarou o vereador.

O parlamentar também afirmou que, apesar do governo Temer estar indo no sentido contrário do fortalecimento das instituições de ensino superior, o governo de Flávio Dino e do prefeito Nagib se propuseram em apoiar o movimento dos estudantes e suas causas. Sobre a conversa do prefeito Nagib, do ex-secretário Marcio Jerry e estudantes, o vereador Max falou.  “sabemos do compromisso do governador Flávio Dino e do ex-Secretário Márcio Jerry com o ensino superior do nosso Estado, em conversa do poder público municipal com o Márcio Jerry o mesmo já se propôs em apoiar o movimento em suas causas, até porque ele foi militante do movimento estudantil e conhece bem a necessidade de luta. Se formos a São Luís teremos uma agenda com ele e buscaremos cada vez mais pessoas compromissadas em resolver o problema”.

Dentre as reivindicações que terão o apoio e a interlocução do governo municipal e estadual estão: Estruturação, manutenção e ampliação dos laboratórios, além da compra de novos equipamentos; Ativação do Restaurante Universitário; Ampliação da biblioteca; Estruturação do campus, com a inserção de espaços para convivência e o desenvolvimento de atividades artísticas e culturais; Contratação de professores; Criação de um centro administrativo; Reforma e manutenção da estrutura interna; Construção de uma Residência Universitária dentro do campus; Aumento do número de bolsas; Ampliação da oferta de cursos.

Essa tarefa de proteger esse patrimônio é nossa, por isso devemos está comprometidos com a luta e as reivindicações dos estudantes que são justas e buscam a melhoria do campus VII. Em defesa do ensino superior com qualidade e da nossa universidade, seguiremos juntos nessa luta”.  Finalizou o vereador.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!