Prefeito garante que não proibiu a montagem do Parque de Diversões ao lado da igreja de São Sebastião

Foto de janeiro de 2017 mostra parque montado do lado direito da igreja
Mais uma polêmica acaba de estourar envolvendo o prefeito de Codó, Francisco Nagib. Segundo os comunicadores da Rádio Eldorado AM, o gestor teria proibido o Parque de Diversões ser instalado ao lado da igreja de São Sebastião.
Tradicionalmente os brinquedos eram montados do lado direito do templo religioso, ficando no local até o dia 20 de janeiro, quando se encerra o festejo de São Sebastião.
Versão do prefeito
Entramos em contato com o prefeito Francisco Nagib que explicou o que teria de fato acontecido. Segundo ele, devido ao grande fluxo de pessoas que tem frequentado a nova praça, o governo entendeu que o parque deveria ser montado do lado esquerdo da igreja, pois o lado direito está sendo bastante usado como estacionamento de motos e carros. No entanto o dono do parque achou o local pequeno e teria se recusado a montar seus brinquedos no local.
“A questão do parque não é que ele foi proibido, a gente disse a ele que teria que ficar ali perto da Eldorado e naquela rua descendo do Gela Guela, ali era o local dele. Porque do jeito que tá a praça hoje não tinha como eles ficar, porque a praça tu vê o estacionamento daquele pessoal ali perto onde acontece o carnaval. A praça tá muito movimentada e o pessoal não teria como estacionar, mas aí ele entendeu que lá não cabia as coisas dele e disse que iria colocar no Guarapari (…)”, explicou o prefeito Francisco Nagib.
É importante lembrar que no mês de julho do ano passado um Parque de Diversões foi montado do lado esquerdo da igreja de São Sebastião, como mostra a foto abaixo.

Ouça o áudio da explicação do gestor de Codó:

Nenhum Comentário

  1. A verdade é que a praça virou um grande parque de diversões, garantindo lazer e entretenimento as pessoas de forma gratuita. Que se faça outras praças iguais a essa em todos bairros da cidade. Aqui no Santo Antônio estamos precisando de espaços como esse. Sugiro a urbanização ao longo da linha férrea(parte que atravessa o bairro).

  2. Para os católicos que precisam de concentração e silêncio para fazer suas orações esse parque ao lado da igreja sempre atrapalhou, que bom ter levado para o guarapary, assim quem ñ deseja assistir à novena fica por lá mesmo, que continue assim , para o sossego de todos cristãos.

  3. Não acho que o parque atrapalhasse a igreja até porque na hora da missa não tinha som no parque. E esses carros não podiam estacionar em outro lugar? Acredito que o parque só ia somar em termos de entretenimento com a praça, se é que ela está servindo pra isso.

  4. Parabens Ferraz por suas palavras, até que enfim alguem deu uma boa sugestão ao invés de ficar só criticando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!