Equipe de fiscalização da SEMA averigua denúncia na baixada maranhense

A equipe de fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) esteve em Cajapió, baixada maranhense, de 12 a 16 de abril, para averiguar denúncia feita pela presidente da Colônia de Pescadores, da Ilha Seca – Crôa do Janduába.
As denúncias foram: matança dos pássaros (filhotes de garça, marreco, jaçanã, guarás e etc); pesca com uso de timbó (uma planta tóxica que envenena os peixes) por pescadores de Cajapió, São João Batista e Anajatuba. Segundo informações, já fora visto mais de uma tonelada de peixe morto na região.
Os fiscais, acompanhados pelo Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), aproveitaram a oportunidade para fazer um trabalho de conscientização com os pescadores. “Muito importante aproveitarmos esse momento e conscientizar a população da importância das decisões coletivas sobre questões ambientais, necessárias para o desenvolvimento de uma sociedade sustentável. O que gera renda pra eles hoje pode findar, por isso é importante preservar e agir de forma sustentável”, disse o Superintende de Fiscalização, Eudes Cunha.

ASCOM

error: O conteúdo está protegido !!