Dançarinas do É o Tchan postam vídeos denunciando maus tratos

Em dois vídeos postados nas redes sociais, dançarinas do grupo É o Tchan relatam maus tratos e a denúncia repercutiu na internet. Nos vídeos, as dançarinas Joyce Mattos e Zanza Pereira relatam que durante uma apresentação da banda em Minas Gerais elas teriam sido expulsas do palco, por não respeitarem o limite de espaço para as coreografias.

Elas relatam também ter sofrido maus tratos de Compadre Washington. “A produção mais o cantor, o Compadre Washington, no caso, foi o culpado porque não estava feliz. Se descontarem meu cachê serei obrigada a fazer essa denúncia”, disse Joyce no vídeo. Ela ainda contou que desde que iniciou na banda, há cinco anos, recebe o mesmo salário. “Sempre fomos humilhadas. Além das humilhações, a gente tem a humilhação também de não ir pra televisão. Sendo que quando a banda estava morrendo, a gente ia para a televisão”, completou a dançarina.

Em seu perfil no Facebook, Joyce contou que não faz mais parte do grupo. “Venho em respeito ao público que aprecia o meu trabalho junto ao É o Tchan declarar que não faço mais parte do grupo”, postou. “Ocupei o espaço sim de morena do Tchan, mas esse posto nunca foi meu”, disse Joyce ainda na publicação.

Em nota oficial o grupo confirmou a saída de Joyce da banda e disse que segue com a mesma formação, com Compadre Washington e Beto Jamaica nos vocais. A assessoria disse, ainda, que os cantores não vão se pronunciar sobre o assunto.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!