CENSURA – Repudiamos o plano dos vereadores de levar o radialista Daniel Sousa à cadeia

O programa A VOZ DO POVO, da rádio Eldorado AM, apresentado pelo radialista Daniel Sousa, é sem dúvidas uma das maiores audiências do rádio codoense. Assuntos importantes da cidade e região são levadas ao ar de maneira crítica e muitas vezes desagradam alguns políticos que são citados nos comentários do polêmico apresentador.
Apesar de discordar da forma sensacionalista como é feito o jornalismo da rádio Eldorado AM, jamais podemos ser favoráveis ao plano de 15 dos 17 vereadores de Codó, que pretendem levar Daniel Sousa à cadeia.
É inadmissível que em pleno século XXI ainda existam políticos capazes de tentar calar aqueles que são desfavoráveis as atitudes antipopulares tomadas por eles. Devemos lembrar que a censura é um instrumento odioso utilizado pelos regimes ditatoriais. Não é compatível, portanto, com o regime democrático.
Plano dos vereadores
Em matéria publicada nesta sexta-feira (03) pelo jornalista Acélio Trindade, mostra que o vereador delegado Rômulo Vasconcelos, com o apoio de outros 14 edis, pretende agir contra Daniel Sousa. O delegado denunciará o radialista pelos crimes de calúnia, injúria e difamação. O plano de Rômulo é levar o comunicador novamente para à cadeia.
Lei protege a liberdade de imprensa
Os vereadores só esqueceram que a Constituição de 1988 assegura a mais ampla liberdade de manifestação do pensamento (arts. 5º, inciso IV e 220). No que tange especificamente à liberdade de imprensa, a Constituição é expressa: “nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, incisos IV, V, X, XIII e XIV” (art. 220, § 1º).
Registre-se que a liberdade de imprensa e a Democracia encontram-se em posição de reciprocidade. Onde houver liberdade de imprensa, haverá espaço favorável para o exercício e a consolidação do regime democrático. Ao reverso, onde estiver estabelecido um regime democrático, ali a imprensa encontrará campo propício para sua atuação. Nutrem-se, portanto, uma da outra, fortalecendo-se ambas em um processo contínuo, cujos benefícios serão colhidos pelo povo.
Conhecedor dessa realidade, o constituinte de 1988 adotou posição firme na proibição de qualquer tipo de censura: “é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença” (art. 5º, inciso IX); “é vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística” (art. 220, § 2º). Logo, nenhuma espécie normativa reconhecida pelo Direito brasileiro poderá instituir a censura.
Apresentador Daniel Sousa da rádio Eldorado AM de Codó
Portanto meus caros vereadores, não retrocedam ao passado. As críticas que vocês recebem diariamente em alguns meios de comunicação da cidade é fruto de suas atitudes e decisões.  Assim como o radialista Daniel Sousa, a maior parte da população de Codó está descontente com os vereadores aliados do governo municipal.
A imprensa codoense deve se unir, pois caso os vereadores tenham êxito nesse plano maléfico, será aberto um precedente irreversível para os jornalistas e demais comunicadores do município.
Por Marco Silva

Nenhum Comentário

  1. Esses vereadores estao com im certo distúrbio ou algo parecido
    A verdade dói né
    O povo repudia vcs senhores vereadores
    Os 15 vereadores que estão sempre apunhalando o povo

  2. Esses vereadores estão com algum tipo de distúrbio ou algo do tipo, 15 vereadores desse governo nos repudiamos vocês

  3. RAPAZ, ESSES VEREADORES AGORA PASSARAM DOS LIMITES. EU FAÇO E RIR DE UMA COISA DESSAS… KKKKKKKKKK BRINCADEIRA UMA COISA DESSAS.

  4. Se o nobre radialista ao fazer suas denúncias, tiver como comprová – las nada contra! Porque terá respaldo p/ se defender mas se se basear em senso comum , diz que disseram aí com certeza terá problemas! Vamos aguardar

  5. Quem tem que ser presos, são esses vereadores corruptos que estão agindo por interesses particulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *