Atleta codoense é vítima de racismo na cidade de Caxias

Uma atleta codoense foi vítima de racismo na cidade de Caxias/MA. O crime aconteceu na última quarta-feira e teria sido protagonizado por uma professora. A  diretoria do time Borboletas Futebol Clube emitiu uma nota de repúdio contra a atitude da educadora.
Confira:
Nota de Repúdio: Ato racista protagonizado na última quarta feira (06/12) nas arquibancadas do Ginásio João Castelo por uma Professora e também atleta da equipe Nova Geração causa revolta na cidade de Caxias-MA .
A equipe do Borboletas FC vem manifestar seu repúdio pelo episódio protagonizado pela Professora e atleta do time Nova Geração e também por vários torcedores da referida equipe, no momento que assistiam a partida entre Nova Geração e Borboletas. A atleta #NágilaBrandão foi injustamente atacada enquanto jogava e principalmente pós jogo, recebia nomes horríveis como #pretadoCodó, #macacapreta, #macumbeira e até zoação pelas suas #lindastranças.
Até onde vamos com tanta discriminação? Até quando vamos nos calar? Além de injúria racial, intolerância religiosa?
Nágila Brandão é negra sim, de Codó sim, católica, e além da sua beleza exterior, quem tem chance de conhecer seu interior sabe o respeito e educação que ela tem para com todos.
Além de atleta é universitária, sempre buscando ser e crescer, posteriormente será colega de profissão de quem altamente lhe ataca de forma tão injusta.
Como uma pessoa pode ser tão medíocre? Como uma professora formada em Educação Física, pode ser tão medíocre? Educação Física estuda Psicologia geral e do esporte, ética, onde estava a sua professora?
Se você se cala, você está sujeito a aceitar consequência de coisas ruins, não podemos nos calar diante de uma situação como essa, não importa o que você faça, apenas não sofra em silêncio pois isto pode machucar ainda mais. Ato racista não.
Diretoria Borboletas Futebol Clube.
#Diga_não_ao_racismo.
#Somostodos_NágilaBrandão

Nenhum Comentário

  1. Não gostaria de generalizar, mas, a verdade é que, não sei por qual razão, caxienses são bairistas e mal educados, sempre se acharam a bala que matou kennedy. São mal educados. Serie bom que as autoridades Codoenses providenciassem o nais rápido possível implantar cursos superiores em Codó para evitar esta avalanche diária de estudantes para aquela maldita cidade.Fica aqui o meu despreso por este povo asqueroso, os quais já conheço a décadas quando ia por lá jogar bola. O repúdio do povo Codoense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!