SEMA participa da Oficina de Nivelamento e Mobilização para a Gestão Integrada na Amazônia Maranhense

A convite do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) participou, no período de 21 a 23 de Junho em Santa Inês, da I Oficina de Nivelamento e Mobilização para a Gestão Integrada na Amazônia Maranhense, onde se discutiu a formalização do mosaico da Reserva Biológica do Gurupi e Terras Indígenas, enfatizando conceitos, vantagens e desafios para uma gestão integrada.
O mosaico consiste em um modelo de gestão, buscando a participação, integração e envolvimento dos gestores e da população local que a integram, contemplando a biodiversidade, a valorização da sociodiversidade e o desenvolvimento sustentável no contexto regional.
Enquanto órgão de governo, a SEMA vem participando ativamente das discussões que tratam dos povos indígenas, principalmente no que diz respeito às ações de fiscalização, por meio da criação da Comissão Estadual de Políticas Públicas para os Povos Indígenas no Estado do Maranhão (COEPI).
A criação do Mosaico da Rebio do Gurupi é de suma importância para o fortalecimento da gestão ambiental, tanto a nível federal, estadual e municipal. Ressalta-se que dos 23 mosaicos já criados, apenas um contempla Terras Indígenas, diferentemente da proposta da criação do mosaico da Rebio do Gurupi, onde inicialmente comtemplará cinco Terras Indígenas (Alto Turiaçu, Awá, Carú, Rio Pindaré e Araribóia) localizadas no Estado do Maranhão e uma pertencente ao Estado do Pará (Alto Rio Guamá).
Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *