Recém-nascido morreu nesta quarta-feira no HGM de Codó por falta de uma ambulância

Um bebê com apenas dois dias de nascido morreu na noite desta quarta-feira (22), por volta das 20:30, dentro do Hospital Geral Municipal de Codó. Segundo informações repassadas por uma fonte ao Blog do Marco Silva, a criança que nasceu na segunda-feira (20), estava internada no HGM por ter aspirado líquido amniótico e aguardava ser transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva – UTI, das cidades de Coroatá ou Caxias.

No início da tarde de ontem (22), por volta das 14 horas, uma vaga na UTI da Maternidade Carmosina Coutinho, em Caxias, foi liberada e a equipe médica se deparou com um grande problema, FALTA DE UMA AMBULÂNCIA com os equipamentos adequados para a transferência do bebê. A UTI móvel, como é conhecida esse tipo de ambulância, estava quebrada e não havia outro veículo no município. A Secretaria Municipal De Saúde solicitou a cidade de Coroatá uma ambulância emprestada, no entanto o veículo chegou somente às 20:30, quando infelizmente foi constatado o óbito do recém-nascido.

Fomos informados que a equipe médica estava pronta somente aguardando a chegada da ambulância, mas infelizmente a pequena Maria Vitoria não resistiu a precariedade do sistema público de saúde do município e faleceu no mesmo local onde nasceu.

error: O conteúdo está protegido !!