PT acusa Bolsonaro de usar caixa 2 para financiar campanha contra o partido

A presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, afirmou que “pedirá medidas urgentes” ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em relação a suposta prática de caixa 2 pela campanha do candidato Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com Gleisi, o parlamentar está usando dinheiro repassado por empresas para financiar robôs contra o PT nas redes sociais.

O assunto foi revelado pelo jornal Folha de S. Paulo, que diz que houve o repasse de R$ 12 milhões por empresas que apoiam Bolsonaro para agências que mantém as contas falsas nas redes sociais. “Vamos pedir medidas urgentes ao TSE. A Polícia Federal já foi avisada e pedimos abertura de investigação”, disse Gleisi.

O financiamento privado de campanha, assim como a doação de dinheiro por pessoas jurídicas é vetada. Se os repasses ocorrem sem nenhum tipo de registro é considerado prática de crime. 

Com informações do Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *