“Primeiro trilhão de Bolsonaro é de déficit”, diz governador Flávio Dino

Nesta terça-feira (1) o governador Flávio Dino questionou a política econômica adotada pelo Governo Federal diante dos enormes desafios que o país enfrenta.

“Bolsonaro chegou ao seu primeiro trilhão. R$ 1 trilhão de déficit, provocado em grande parte pelo coronavírus. Mas a pergunta da hora é: qual a estratégia econômica para fazer crescer o PIB, com responsabilidade? Não há. Esse é o problema”, pontuou o governador Flávio Dino.

“R$ 1 trilhão de DEFICIT, PIB desabando e desemprego gigantesco. Qual a política econômica? Ninguém sabe. Nem Bolsonaro. E não adianta perguntar no posto Ipiranga”, continuou Flávio Dino.

Para o governador, investir em obras públicas, dinheiro às micro e pequenas empresas e consolidar a política industrial do país é um caminho a ser seguido em meio à crise econômica agravada pela pandemia do coronavírus no país.

Plano de Empregos

No Maranhão, o governador Flávio Dino implementou o Plano Emergencial de Empregos Celso Furtado que injeta R$ 558 milhões na economia maranhense com o objetivo de aquecer o mercado, gerar emprego e renda aos maranhenses. São investimentos em diferentes eixos como: educação, saúde, infraestrutura, meio ambiente, economia solidária, cultura, segurança, lazer, dentre outros. 

Ascom

1 Comentário

  1. sabe de nada abestado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *