Pesquisa contratada pela FC FM aponta vitória de Flávio Dino no primeiro turno

Nova pesquisa realizada pelo Instituto Econométrica, divulgada neste sábado (22) pela rádio FC FM, confirma que se as eleições fossem hoje o governador Flávio Dino (PCdoB) seria reeleito logo no primeiro turno.

Na comparação com o último levantamento produzido pela Econométrica, Flávio apresenta uma evolução nas intenções de votos válidos, subindo de 60% para 64,4%, mais que o dobro à frente de Roseana Sarney (MDB), que caiu de 32,5% no início de setembro para 29,9%.

Ainda segundo a amostragem, a candidata do PSL, Maura Jorge, aparece com 2,5%, tecnicamente empatada com Roberto Rocha (PSDB), que obteve 2,4% dos votos. Em seguida, aparecem Ramon Zapata (PSTU), com 0,6% e Odívio Neto (PSOL), com 0,2%.

Na votação nominal, quando são considerados os votos brancos, nulos e o número de indecisos, Flávio também lidera, com 58,8%, seguido por Roseana Sarney, com 27,3%; Maura Jorge, com 2,3%; Roberto Rocha, com 2,2%; Ramon Zapata, com 0,6% e Odívio Neto, com 0,1%. Brancos e nulos somaram 4,5%; e 4,2% não responderam ou disseram não saber em quem votar.

Rejeição

No quesito rejeição, Roseana Sarney encabeça a lista e 43,6% dos entrevistados disseram não votar de jeito nenhum na candidata do MDB. Nesse cenário, quem aparece como o segundo mais rejeitado entre os maranhenses é Roberto Rocha, com 18,1%, seguido de Flávio Dino, com 17,8%; Maura Jorge, com 12,9%; Ramon Zapata, com 9,5% e Odívio Neto, com 6,7%. Não sabe ou não opinaram 24,2%.

Registrada no TSE sob o nº MA-04166/2018, a pesquisa Econométrica ouviu 1.437 de 48 municípios do Maranhão entre os dias 15 a 19 de setembro de 2018. O intervalo de confiança é de 95%, e a margem de erro é de 2,6 pontos para mais ou para menos.

Com informações do blog do Domingos Costa

2 Comentários

  1. Não precisa nem fazer pesquisa para saber que o Flavio Dino vai ganhar de primeira, chega de Roseengana.

  2. Ítalo Ricardo Santos Lima

    Flávio Dino fez uma boa gestão.
    Não podemos retroceder agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!