O oportunismo de Wellington do Curso e a Escola Digna

Sem ações relevantes como parlamentar e queimado depois de uma eleição municipal trágica, o deputado Wellington do Curso já escolheu sua tática para tentar renovar o mandato na Assembleia Legislativa.
O problema é que ele optou por um caminho que pode jogar por terra as suas pretensões de reeleição: a educação estadual. Pasta mais forte do Governo do Estado e que está transformando a realidade do Maranhão, a Educação tem sido destaque nacional com a reforma, reconstrução ou construção de uma escola a cada dois dias, no âmbito do programa Escola Digna. Já são cerca de 600 de um total de 1200.
Como não se pode fazer mágica e mudar décadas de abandono na área de uma hora pra outra, Wellington do Curso escolheu um alvo: as Escolas Dignas de Flávio Dino. Acontece que, apesar de ainda faltarem metade das unidades estaduais a passarem por intervenções, o povo maranhense reconhece o esforço e a agilidade do Governo em melhorar a infraestrutura educacional do estado.
Diante deste cenário, Wellington do Curso se imerge em um tema perigoso, já que suas “denúncias” soam como puro oportunismo. Além disso, sua ânsia em bater no Governo pode gerar gafes como a da escola de Paraibano, que foi cedida para o município e a quadra que está sendo construída é também obra da administração municipal. O parlamentar foi enquadrado pelo secretário Felipe Camarão e a situação acabou ficando muito feia para ele.

É bom Wellington do Curso repensar sua estratégia. Senão a sua difícil reeleição do ano que vem pode se tornar impossível. Na educação, até mesmo os adversários reconhecem que o Governo Flávio Dino vai de vento em polpa. Inaugurando reforma reconstrução e construção de escolas toda semana.

Fonte: Marrapa.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *