Governo do Estado destina cerca de R$ 100 mil para incentivar produção de cajuína

Vinte e seis famílias diretamente e mais de 200 indiretamente, serão beneficiadas com investimento de R$ 99.985,44 reais para adequação de agroindústria de cajuína com aquisição de equipamentos, acessórios e insumos agrícolas em Timon. O governador Flávio Dino e o secretário da SAF, Adelmo Soares, assinaram a liberação do recurso nesta terça-feira, 09, no Centro de Convenções Maranhense, no município de Timon.

Segundo o presidente da cooperativa dos Cajucultores do P.A São Benedito – COOCAC, Manoel Pereira, o recurso chegou em boa hora. Era um desejo de todos da cooperativa participar das vendas institucionais como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e vender para alimentação escolar. Mas as famílias não poderiam vender porque o prédio precisava passar por adequações exigida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento- MAPA.
“Eu estou muito feliz. Nós vamos viver melhor porque com a reforma e adequação do prédio da pequena fábrica de beneficiamento de castanha, nós vamos ter estrutura para produzir e armazenar a polpa do caju, que no período de muita produção nós perdemos boa parte por falta de espaço de armazenamento”, entusiasmado explicou seu Manoel, presidente da COOCAC.
E seu Manoel sonha alto. Quer certificar a cajuína produzida no assentamento para vender em todo o país e também para o exterior, que já foi até procurado pra vender para Portugal. “A cajuína do Humaitá é a melhor que há”, brincou seu Manoel.
Sobre o programa ‘Mais Renda’ e o convênio assinado para desenvolvimento da cajulcutura, Flávio Dino disse que o Maranhão anda na contramão da crise que assola o Brasil e ameaça direitos do povo e dos trabalhadores. “Nós estamos aqui mostrando um caminho diferente para sair da crise, que é acreditar no povo, na capacidade empreendedora e trabalhadora das pessoas”, pontuou o governador.
 “O governador Flávio Dino governa para todos, principalmente para quem mais precisa. A minha maior felicidade é quando assino um documento que vai beneficiar uma comunidade rural, que vai proporcionar dignidade e qualidade de vida ao agricultor familiar do nosso estado. Só de saber que com a assinatura deste documento as famílias da cooperativa dos cajucultores vão produzir mais, melhor e com estrutura adequada, que vão voltar a comercializar, isso mostra que estamos no caminho certo”, enfatizou o secretário da Agricultura Familiar, Adelmo Soares.
A comunidade agradeceu bastante o trabalho realizado e acompanhamento da equipe da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural- AGERP e o empenho do gestor Regional, Aécio Borges pela assistência técnica de qualidade.
O recurso é proveniente de Chamada pública de revitalização de agroindústria, realizada pela secretaria de Estado da Agricultura Familiar- SAF, em 2016.
A agenda marcou, também, a assinatura do convênio para implantação de cobertura metálica do mercado do Parque Alvorada, que vai revitalizar o espaço, tornando-o mais seguro e adequado ao comercio e no âmbito do programa Mais renda o governador entregou kits para 209 beneficiários, que servirão à comercialização de alimentos.

por Claudilene Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *