Governo do Estado organiza planejamento da segurança do São João de Todos

Policiamento estará presente nos arraiais oficiais e espalhados nos bairros. (Foto: Divulgação)

Segurança e diversão marcam o São João de Todos 2018, realizado pelo Governo do Estado. Este ano a festa prossegue com vasta programação nos cinco arraiais oficiais, além de festejos em diversos bairros da capital e interior do Estado. Para garantir a animação com tranquilidade, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) reforçou as ações e disponibiliza efetivo de todos os grupamentos para monitorar, fiscalizar e prevenir ocorrências.

São mais de 500 atrações maranhenses, shows de artistas locais e nacionais nos arraiais da capital, que são Ipem (Calhau), Praça Maria Aragão (Beira Mar), Parque Folclórico da Vila Palmeira (Vila Palmeira) e Praça Nauro Machado (Centro Histórico de São Luís), além da Beira Rio, no município de Imperatriz. A programação será de 15 deste mês a 1° de julho.

Equipes da Polícia Militar dos Comandos de Policiamento Metropolitano de Área – CPAMs I, II e III – coordenam o planejamento para cobertura dos festejos. Policiais militares a pé, em viaturas e motocicletas realizam monitoramento, rondas, vistorias e orientam o público nos arraiais oficiais e entorno. A ação se repete nos arraiais dos bairros, apoiando o policiamento de cada área. O plano de ações se desenvolve paralelo às atividades rotineiras de segurança.

“Pretendemos repetir o clima de tranquilidade dos arraiais dos últimos três anos, quando não houve ocorrências graves. Este é um festejo que congrega um grande fluxo de pessoas e que movimenta os quatro cantos da cidade. A Segurança Pública está de prontidão para fazer deste mais um São João de paz”, destaca o comandante do CPAM I, tenente-coronel Alexandre Francisco dos Santos. O grupamento atende os bairros de São Luís.

O comandante do CPAM II, coronel Aritanã Lisboa, enfatizou a atuação das polícias na orientação do público, com fins a prevenir furtos e roubos. “Essa conscientização pode evitar ocorrências e a polícia tem essa função mais educativa também. Frequentemente, pessoas nos procuram para saber de pontos mais seguros e ter atitudes preventivas. A exemplo dos anos anteriores, estaremos atentos”, enfatizou. O CPAM II cobre os municípios de Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar.

Operações como a Busca Implacável e ações integradas dos comandos são a estratégia do CPAM III para combater e prevenir crimes neste período. O comando é responsável pela área da BR 135, Estiva, São Raimundo, São Cristóvão, Itaqui Bacanga e Polo Coroadinho. “Vamos priorizar os espaços mais movimentados, porém, atentos à programação das comunidades. A Segurança Pública está integrada para que o planejamento tenha êxito e o São João seja um dos mais seguros que já tivemos”, explica o coronel Edvaldo Mesquita dos Santos, que comanda o CPAM III.

Nos Vivas apoiados pelo Governo, reforço de viaturas e motos. O plano de distribuição dos policiais considerou as áreas mais estratégicas de cada arraial. Equipes monitoram a pé e outra parte mantém a guarda nas entradas e saídas, nas proximidades dos palcos e áreas de estacionamento de veículos. Os três CPAMs também garantem a segurança nos festejos de São Pedro (29 de junho), na Capela de São Pedro, Madre Deus; e São Marçal (30 junho), no João Paulo.

Organizações particulares, montadas pela própria comunidade e que obtiveram autorização para funcionar, também vão contar com monitoramento. O cumprimento das normas da Lei Seca vai ser cobrado por meio das ações da Companhia de Polícia Militar Rodoviária Independente (CPRV Ind), na abordagem a pessoas, fiscalização de veículos e nas barreiras com apoio do Detran-MA. O Corpo de Bombeiros se soma ao efetivo de segurança no período junino com aparato de viaturas para combate a incêndios, busca e salvamento, além de atendimento pré-hospitalar.

Segurança turística

O Batalhão de Polícia Militar Turismo (BPTur) coordena o policiamento no arraial da Nauro Machado e na programação da Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite, ambos no Centro Histórico da capital. A novidade é a atuação do Grupo de Apoio ao Turista (GAT), que conta com policiais bilíngues. O grupamento visita hotéis e restaurantes, estreitando o contato com o público e tirando dúvidas.

“Por se tratar de áreas com grande circulação de turistas e que aumenta neste período, é de extrema relevância essa habilidade, que facilita o relacionamento com o público”, ressalta o comandante do batalhão, coronel José Maria de Carvalho. O GAT iniciou as atividades este ano e prossegue após o período junino. O comandante do BPTur enfatiza ainda que “esse acompanhamento aos turistas é como um cartão de visita da segurança pública e os convida a voltar e a noticiar com boas novas a nossa cidade e suas festividades”.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!