Felipe Camarão garante que escola Matta Roma será reformada ainda este ano

O Centro de Ensino Luzenir Matta Roma é considerada a maior instituição de ensino médio do município de Codó, e há vários anos enfrenta diversos problemas de infraestrutura, como infiltrações nas salas de aula, iluminação insuficiente, carteiras, ventiladores e pisos quebrados, falta segurança e banheiros em condições impróprias para uso. A situação tem causado sérios prejuízos e transtornos aos estudantes, no que diz respeito à falta de condições dignas e apropriadas para o estudo, fatores que refletem no aprendizado e no desempenho dos mesmos.
          Francisco Nagib, Felipe Camarão e César Pires – durante a inauguração da escola do Km 17
O governo do estado do Maranhão está fazendo uma série de obras de restruturação da rede estadual de ensino, que inclui construção de novas escolas e requalificação de outras. O governado calcula que cerca de 400 unidades já foram recuperadas na gestão do Governador Flávio Dino. As informações foram repassadas pelo Secretário de Estado da Educação – Felipe Camarão, que em recente visita ao município de Codó, garantiu ao blog do Marco Silva que a escola Matta Roma será reformada ainda este ano.
“Nós temos hoje 1202 escolas mapeadas na rede estadual, quase mil delas nós recebemos em estado precaríssimo, uma delas infelizmente foi a escola Matta Roma, que já está em nosso cronograma requalificação. O governador Flávio Dino recebeu o apelo da comunidade escolar, um abaixo assinado solicitando a reforma da escola e a construção da quadra, nós já atendemos em parte porque a construção da quadra já está garantida, a empresa vai iniciar os trabalhos, e obviamente que nós não deixaremos uma quadra novinha para uma escola inadequada. Sabemos a importância que a escola tem para a cidade de Codó, quero assegurar que até o segundo semestre a escola será melhorada, passando por esse investimento na requalificação da sua estrutura”, garantiu o secretário.

Outro problema enfrentado pelos estudantes da instituição de ensino é a falta de um local adequado para a prática de esportes. Uma placa foi fixada na escola no final do ano passado informando que seria construída uma quadra poliesportiva coberta com vestiários. Objeto de parceria entre o governo do estado do Maranhão e Governo Federal, a obra prevê investimento no valor estimado de R$520.327,47. No entanto a CAPA Construções, empresa responsável pela obra, parou os trabalhos no local.
Felipe Camarão explicou o motivo da paralização e garantiu que até o próximo mês as obras serão restabelecidas.
“A quadra vai ter suas obras iniciadas nos próximos dias, esse próximo mês no máximo, a gente vai sentar com a SINFRA (Secretaria de Estado de Infraestrutura), porque a obra já foi licitada, já foi contratada e já foi emitida a ordem de serviço. Nós temos hoje 60 quadras em andamento e algumas empresas estão com esse problema, algumas pegaram mais de uma obra e estão tendo dificuldades para iniciar na a construção na data especificada. Então vamos sentar junto com a SINFRA e junto com as empresas para justamente definir esse cronograma”, disse.
error: O conteúdo está protegido !!