EXCLUSIVO – Família aceita proposta do governo e construção do parque ambiental iniciará está semana

Terminou neste final de semana a novela a construção do parque ambiental de Codó. Após o governo do estado anunciar no ano passado que construiria a obra em uma lagoa que fica na região da Trizidela, familiares do senhor Alderico Siqueira apareceram em alguns meios de comunicação da cidade reivindicando a posse do local. Desde então a Secretaria de Estado do Meio Ambiente ficou impossibilitada de iniciar os trabalhos no local.
Na semana passada o governador Flávio Dino assinou o decreto de desapropriação da área, desta forma o local estaria livre para receber a grandiosa obra que irá beneficiar milhares de codoenses. No entanto isso só poderia acontecer se a família aceitasse a oferta de compra do governo, caso o contrário a questão só poderia ser resolvida nos tribunais, que decidiria o valor a ser pago pelo local.
Acordo amigável
Desde que foram informados do interesse do governo do estado em revitalizar a lagoa da Trizidela, os familiares do proprietário do local sempre deixaram claro que não eram contra a construção da obra, pois entendem que trará um grande benefício para a comunidade codoense. No entanto eles estariam apenas pedindo que fossem pagos de forma justa por um espaço que pertence à família há mais de 35 anos.
A confirmação do que a família vinha divulgando aconteceu na última sexta-feira, quando o Secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, esteve na cidade para juntamente com o senhor Alderico Siqueira assinarem o contrato de venda do imóvel que mede cerca de 62 mil metros quadrados.

A assinatura do acordo aconteceu em um cartório da cidade e selou de forma amigável o imbróglio que já durava alguns meses.
“A gente sempre teve a intenção de fazer tudo amigavelmente, da melhor forma possível e dentro da legalidade, e assim está sendo feito com a assinatura do acordo. Agora nós vamos cumprir a parte que é do governo que é fazer o pagamento do valor justo da área aceito pela família”, disse Marcelo Coelho.
Obras iniciam imediatamente
Como todas as partes envolvidas estão acordadas de forma amigável e dentro do que determina a lei, o secretário Marcelo Coelho garantiu que a construtora vendedora da licitação estará ainda está semana na cidade de Codó para montar o canteiro de obras no local.
“Essa obra tem um prazo para iniciar ainda está semana, já acionei a empresa e ela está autorizada a vim para Codó e montar o canteiro de obras no local. No prazo de 7 há 8 meses vamos entregar o Parque Ambiental e realizar o sonho da população codoense”, garantiu o secretário.
Governo municipal não terá nenhuma participação na obra
O governo de Francisco Nagib não terá nenhuma participação direta na construção da obra que custará quase R$ 8 milhões para o governo do estado. A confirmação veio após o governador Flávio Dino autorizar a compra da área, o local deveria ter sido doado pela Prefeitura Municipal de Codó, no entanto o prefeito se negou a negociar a compra do imóvel alegando que seu governo não tem recursos para isso. Desta forma o grandioso Parque Ambiental da Trizidela será construído 100% pelo Governo do Estado do Maranhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *