Eva Gomes de Araújo foi chamada à morada eterna

Era uma pessoa muito querida pelos codoenses. Nasceu em julho de 1934, na cidade de Colinas – Maranhão.

Filha de Joaquim Vieira Araújo e Genoveva Gomes de Araújo. Estudou o curso primário no Grupo Escolar Benedito Leite da cidade de Buriti Bravo. Deixou a sua terra natal, em 1956, para morar em Codó, a convite de sua prima, professora Angelina Béliche. Prossegui seus estudos, cursando o ginasial e o pedagógico, no colégio Magalhães de Almeida, período de 1970 a 1976, nesta cidade.

Não tendo casa própria para sua residência, morou uma boa parte do tempo com sua grande amiga Zina Honorina Ferreira, sócia da Firma Cruz & Companhia ( Casa Tupy).

Concluídos os seus estudos, foi nomeada professora leiga, pelo prefeito José Anselmo, exercendo suas atividades no grupo escolar Raimundo Muniz Bayma da rede Estadual de Ensino, dirigido pela saudosa professora Neyde Araújo. Naquele tempo, a Prefeitura cedia professores para trabalharem em escolas estaduais.

Exerceu ainda suas atividades docentes na escola, que funcionou durante muito tempo, no Centro Operário Codoense. Coordenou o Projeto Minerva, além de outros serviços prestados na área da educação. Fundadora do Sindicato dos Professores de Codó.   

Foi uma grande educadora, mesmo após sua aposentadoria, continuou realizando ações voltadas para a educação, como proprietária da Escola “Sossego da Mamãe”. Rotariana, ingresando no Clube, no dia 04 de agosto de 1990.

Como se observa, a ilustre professora Eva Gomes, além de ser muito querida na comunidade codoense deixa um legado a tantos quantos desejarem prestar um serviço significativo à educação codoense, seguindo o seu exemplo edificante.

Querida mestra Eva Gomes, tive a felicidade  de você ter sido minha aluna no Colégio Magalhães de Almeida. Infelizmente, hoje apresento a seus familiares minhas sentidas condolências pelo seu falecimento ocorrido ontem 27 de janeiro de 2019.

Codó-MA, 28 de janeiro de 2019

Professor Carlos Gomes

3 Comentários

  1. Sou sobrinha moro no DF. e senti muito pela minha tia. Não conheço nem os outros parentes próximos dela. E muito obrigada pelo comentário de elogios e por nos lembrar dos seus grandes feitos.

  2. Paulo de Tarso Paulotgl

    Tia Eva deixará muitas saudades aqui seu sobrinho Paulo de Tarso Gomes de Teresina.

    • Elizangela Bastos silva pereira

      Nossa!!! estou literalmente em prantos, Dona Eva era como eu a chamava, minha eterna e querida professora . Há vi pela última vez em 1996 quando por um acaso nos encontramos… fica aqui minha eterna admiração por minha professora querida e cheirosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!