Carlos Lupi sobre o grupo Sarney: “foi uma oligarquia nojenta que imperou no Maranhão”

Durante a abertura do XVI Congresso Nacional da Juventude Socialista, na noite da última sexta-feira (18), na Casa do Maranhão, em São Luís, o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi fez um discurso forte ao resgatar a trajetória do partido no Maranhão. Ao lado do governador Flávio Dino e do pré-candidato à Presidência da República, Ciro Gomes, Lupi lembrou das lutas enfrentadas pelo ex-governador Jackson Lago, em especial as perseguições do grupo Sarney à gestão do pedetista.
“Foi uma oligarquia nojenta que imperou no Maranhão e o Flávio Dino resgatou a libertação, fez a quebra do elo ditatorial, impostor e falso”, afirmou Carlos Lupi, ao referendar apoio à reeleição de Dino e à candidatura do deputado federal Weverton Rocha ao senado.
Último a discursar, o presidenciável Ciro Gomes fez uma explanação do quadro político e econômico do país e um agradecimento especial ao governador Flávio Dino.
“Esse homem que o Brasil precisa conhecer, que é um dos melhores quadros que a vida nacional da redemocratização produziu porque agora está se revelando um estadista completo e um administrador extraordinário”, enalteceu Ciro.

Fonte: John Cutrim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *