CAOS NA SAÚDE DE CODÓ – idoso de 92 anos morre por falta de atendimento no HGM

Um verdadeiro caos, assim podemos definir a atual situação do setor da saúde de Codó.

No final da tarde da última segunda-feira um idoso morreu depois de não conseguir atendimento médico no Hospital Geral Municipal – HGM. Na sexta-feira (17) o senhor Antônio Loureço de Castro passou mal em sua residência que fica localizada no povoado Centro do Expedito. De acordo com Raimunda Sousa, que é neta da vítima, uma ambulância do SAMU foi chamada para leva-lo ao hospital do município, chegando por volta das sete e meia da manhã no local, onde teria ficado durante todo o dia em uma maca sem atendimento médico e sem mesmo ter tomado soro.

O relato confirma que somente a noite o idoso teria sido internado, no entanto a vítima sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e deveria ter sido feito urgentemente uma tomografia, mas sem nenhuma estrutura o procedimento não pode ser feito no local. Desesperados os familiares procuraram uma clínica particular e pagaram pelo exame.

Tentamos entrar em contato com a secretaria municipal de saúde, mas não obtivemos resposta até o fechamento desta matéria.