Bar no posto de Ricardo Archer é proibido de realizar festas

O barzinho mais badalado do momento da cidade de Codó acaba de sofrer um duro golpe. O Governo do Maranhão, por meio do Corpo de Bombeiros Militar, emitiu uma notificação proibindo a realização de festas na Academia do Chopp, que fica instalada no posto de combustíveis pertencente ao ex-prefeito Ricardo Archer.
Uma vistoria foi feita no local na tarde desta sexta-feira (15) e teria constatado a falta de segurança e documentação. O Corpo de Bombeiros argumenta que a inspeção foi solicitada pela promotora de justiça Aline Silva Albuquerque.
É importante lembrar que, nestes casos, a promotoria de justiça só costuma agir após receber alguma denúncia. O estabelecimento tem o prazo de 30 dias para começar a cumprir a determinação.

Proprietário não concorda
Contrariado com a decisão, o proprietário da Academia do Chopp, Ney Cordeiro, lamenta a decisão e questiona o fato da lei não ser cumprida por todos. Ele argumenta ainda que outros bares em Codó funcionam próximos a postos de combustíveis.
Leia o desabafo na integra:
Caro cliente e amigo
Viemos avisar à todos vocês que hoje recebemos uma notificação que não poderemos mais trazer bandas para nossa casa. Queria aqui deixar um pequeno desabafo… eu particularmente noto que a população codoense vive oprimida diante de alguns fatos e funcionamento de leis que não é para todos. Não tenho a mínima pretensão de afrontar ninguém, mas eis que eu questiono, aqui em nossa amada Codó não tem apenas a Academia do Chopp que fica “dentro de um posto”. Eu me questiono o motivo que levou essa lei a entrar em vigor justamente agora. É triste ver que nos tornamos reféns de um lugar onde injustiças vem disfarçadas de proteção a população.
Mais uma vez eu viso deixar claro que minha preocupação sempre foi grande, nunca trabalhei com superlotação, em dias em que nos programamos para termos uma banda ou algo diferente (pois acredito que vocês merecem o melhor e fazemos um trabalho diferenciado), nunca aceitamos mais do que nossa estrutura aguenta, por inúmeras vezes clientes saíram chateados, pois não havia mais acomodação para eles. Sempre acabei com qualquer movimento que poderia gerar transtornos, já que temos uma lei que não é permitido o funcionamento de certos estabelecimentos até determinado horário, mas sempre vemos que “alguns” ultrapassam o horário de funcionamento.
Fico triste em saber que nosso silencio é comprado, mas não abro mão do meu direito a Liberdade de Expressão.
No mais, a equipe “Academia do Chopp”, lamenta por demasia tamanho transtorno.

Nenhum Comentário

  1. Pelo que vejo, em Codó ainda impera a lei do coronelismo, ondem quem, supostamente, manda não permiti que outros façam empreendimentos quem não sejam deles. Mas o resultado do voto de cabresto nunca é benéfico!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!