Após tratar funcionários da UPA com truculência e abuso de poder vereador parte pra cima do Blog do Marco Silva

O assunto mais discutido na sessão desta segunda-feira (27) foi o caos em que se transformou a saúde de Codó. O caso de Dona Ednalda e seus dois filhos gêmeos que perderam a vida na semana passada dentro do hospital do município foi o mais lembrado pelos edis. O Vereador Pastor Max lamentou o acontecido com a senhora grávida e culpou a falta de humanização dos profissionais que trabalham no HGM.

“Pelos relatos obtidos através da mídia social uma série de fatores levaram a esta terrível situação, mais uma eu destaco, a falta de humanização de vários profissionais de saúde que atenderam o caso e que foi decisivo para que este mal acontecesse”, lamentou.

Durante seu discurso o parlamentar codoense lembrou que o problema também existe na UPA de Codó, neste momento foi interrompido pelo vereador Valdek Frota que aproveitou para se defender da matéria que foi publicada no Blog do Marco Silva no dia 18 de março de 2017 (reveja aqui).

“Inclusive ouve um mal entendido a uns 10 dias atrás, eu cheguei com meu filho que tem somente sete meses de idade e meu filho estava gripado, já a dois, três dias sem se alimentar, não dormia. Fui para a UPA e a primeira coisa quando eu cheguei na porta o vigia disse ou entra a mãe com a criança ou o pai fica aqui fora, aí você está com a criança debilitada, a mãe estressada de tanto perder sono e o pai não pode acompanhar a mãe (…). Lá Pastor Max me disseram que eu tinha que consultar meu filho era em um posto de saúde e que lá era pronto atendimento”, argumentou.

Sem ao menos saber como explicar o péssimo comportamento que teve no dia 16 de março, quando GRITOU em ALTO e BOM TOM que era uma AUTORIDADE e que necessariamente MERECIA um ATENDIMENTO DIFERENCIADO dos demais, e que de forma descontrolada chamou os funcionários de palhaços, o parlamentar baixou o nível e partiu para cima do jornalista Marco Silva.

“Agora eu desafio qualquer blogueiro dessa cidade que leve um filho seu e amarraram se ele fica calado, nenhum, nenhum, principalmente esse blogueiro que não consegue sucesso em sua vida profissional. É preciso que se tenha coerência, é preciso que se tenha respeito também as pessoas. As pessoas não procuram ver os dois lados, eles não respeitam as pessoas, não procuram saber o que de fato aconteceu, ele quer jogar aí não interessa”, esbravejou o vereador.

Valdek Frota um vereador descontrolado

O vereador MENTE quando diz que eu não procurei ouvir os dois lados, pois eu liguei para ele um dia antes de publicar a matéria, e o que ele relatou foi que tinha sido apenas um mal entendido. Mas que mal entendido é esse que usa da truculência e abuso de poder para intimidar os funcionários que estavam ali apenas seguindo um protocolo que é padrão de todas as UPAs do Brasil? Que mal entendido é esse que tenta usar o cargo de vereador para se beneficiar e tentar humilhar um funcionário público que está apenas trabalhando? A verdade é que o vereador errou, mas não é humilde o suficiente para assumir.

O vereador Valdek Frota tem que entender que seus erros e acertos estão sujeitos as críticas da mídia especializada, assim como da própria população. O edil deveria respeitar o livre trabalho da imprensa e caso se sentisse prejudicado que procurasse o caminho de pessoa civilizada, que é o diálogo, solicitando o direito de resposta e não atacando covardemente o jornalista Marco Silva que apenas está fazendo o trabalho de bem informar a população.

A verdade continuará sendo mostrada no blog

Garanto aos meus milhares de leitores que o Blog do Marco Silva jamais deixará se intimidar por políticos que acham que ainda estamos na época da ditadura militar e que a imprensa deve ser subserviente aos seus obscuros desejos. Tenham certeza que seguirei firme mostrando a verdade que tanto incomoda algumas autoridades do nosso município.