Gabriela Rocha cobrou R$ 55 mil para cantar e distribuir antipatia em Codó

Não é de hoje que cantores gospel têm tido destaque na mídia e no mercado nacional. Uma das artistas com grande visibilidade na atualidade é Gabriela Rocha, que fez show em praça pública na noite desta quinta-feira (07) em Codó, interior do Maranhão.

O Blog do Marco Silva descobriu que o cachê cobrado pela estrela gospel foi de R$ 55 mil. Valor considerado exorbitante para uma artista do meio evangélico.

O comportamento da cantora gospel foi bastante criticado por internautas codoenses. Ao chegar no local do evento, a artista se recusou a iniciar o show enquanto prefeito, vereadores, secretários, pastores, assessores, primeira-dama, imprensa e médicos tivessem no palco.

Cadeirantes

De acordo com Francisco Nagib, a produção de Gabriela Rocha também teria pedido que duas cadeirantes, que estavam no palco, ficassem atrás do baterista. Nagib não gostou da imposição e ameaçou publicar um vídeo na internet mostrando sua indignação.

“Eu coloquei duas cadeirantes pra cima do palco e eles queriam colocá-las atrás da bateira eu disse que jamais permitiria isso. Eu disse que se fizessem isso eu ia gravar um vídeo mostrando minha indignação. Aí eles pediram desculpa e deixaram ao lado dos músicos”, escreveu o prefeito nas redes sociais.

Antipatia

Gabriela Rocha também foi bastante criticada por não ter atendido aos fãs. A cantora chegou ao local apressada e saiu da mesma forma, sem atender os evangélicos que gostam de ouvir suas músicas e sem falar com a imprensa.

Mais uma prova do estrelismo da cantora gospel foi a sua recusa em ficar em um hotel da cidade. Fomos informados que cerca de uma semana antes, a produção da artista pediu fotos do lugar onde ela ficaria hospedada e disseram que ela não poderia ficar no local por razões ainda não esclarecidas. Importante destacar que o hotel escolhido para eles ficarem é conhecido por ser o melhor da região.

Assim que terminou a apresentação, Gabriela Rocha e sua equipe entraram rapidamente em uma van e pegaram um avião em Teresina com destino a São Luís, onde tem show marcado para esta sexta-feira (08).

Outro caso

Não é a primeira vez que Gabriela Rocha se envolve em polêmica desse tipo. Em outubro de 2018, a cantora foi vaiada por uma multidão após se recusar a receber a imprensa e tirar fotos com fãs. O fato lamentável aconteceu na cidade de Catu, interior da Bahia.

11 Comentários

  1. Antonio Afonso Leite Monteiro

    Acho bem pouco, esse dinheiro deveria ser aplicado em outras atividades.

  2. Esses pastores na verdade querem mesmo é fazer de um Ato Reliogoso politicagem barata. Achei foi pouco. A Cantora deveria era não permitir que algumas figuras políticas/evangélicas?? Sequer subissem para o palco.

  3. O Prefeito de Codó-Nagib e seu grupo tem 55 mil para pagar 01(um) show gospel de 02(duas horas), mas não tem dinheiro para a Saúde dos mais pobres e necessitados. A falta de prioridades desse Desgoverno e gritante. Por isso a população irá dar uma basta em 2020, no grupo desse prefeito que é apoiado pelo Suplente de Deputado Esquizito( envolvido em esquemas de Agiotagem no Maranhão).

  4. Parabéns Nagib por também gastar para o público evangélico. Esse valor é pouco comparado ao do carnaval.
    Parabéns prefeito. Mas a cantora nao foi cristã com todos. Se nao queria eles no palco então cantava de graça ou somente cobrava sua despesa para cantar . Quer fazer bonito para dizer cristã mas por outro cobra um absurdo para cantar hinos a Deus.

  5. Evangélico de CODÓ

    Tem gente que não consegue enxergar nada de bom.

  6. Soberba! E ainda abre a boca pra falar de Deus. So pensa em dinheiro, que aliás não é a única no meio protestante. O problema do povo protestante é achar que todo mundo que abre a boca e fala “Deus” ou “Jesus Cristo”, é de Deus. Se enganam porque querem. Outra mania ridicula dos protestantes e antibiblica é orar em publico. Os pastores enriquecendo e a maioria empobrecendo.

  7. Essa pelo jeito não volta mais pra Codó! Na próxima, senhor prefeito, chame o Padre Fábio de Melo que irá agradar evangélicos e católicos, umbandistas e espíritas.

  8. A cantora não foi cristã?. Quer dizer então, que a cantora deixou de ser seguidora de Cristo porque expulsou os hipócritas do altar?. Lendo a Bíblia, lembro-me da passagem em que Jesus expulsa os cambistas, comerciantes e mercenários que faziam comércio no entorno do Templo. Ele deixou de ser o Cristo?, deixou de ser Deus por causa disso?. Jesus enfrentava diariamente os fariseus e os combatia com veemência, chamando-os de hipócritas e sepulcros caiados(bonitos por fora e podres por dentro). Quer dizer que o prefeito e seus asseclas não podem ser contrariados?. Sinceramente, achei bacana de mais e estou orgulhoso do belo exemplo dado pela cantora. Ei Nagib, você não só foi expulso do palco, como também será da prefeitura…..ahh! deixem de mimimi e blá blá blá e vão fazer algo de útil.

  9. kkkk. se acha. Contrariou porque pegou um chega pra lá. Tá vendo a importância que o político tem junto com aqueles que se dizem religiosos e se envolvem com essa coisa nojenta chamada política.

  10. Daniela o ceu é muito baixo sò entra os humildesa porta de entrada para os arrogantes não fica là

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!