Francisco Nagib afirma que Pedro Belo faz parte de seu grupo político

O Governo do Maranhão entregou na última sexta-feira (17), o Centro de Ensino Raimundo Pinheiro Pires, que fica localizado no Km 17, zona rural de Codó. O evento de inauguração da nova unidade de ensino contou com a presença de várias autoridades do município e do estado. Entre as autoridades presentes estavam o prefeito Francisco Nagib e o Superintendente de Reordenamento Agrário e Desenvolvimento Territorial – Pedro Belo, os dois importantes políticos da região foram adversários na última eleição e desde o início no ano são vistos juntos com frequência em eventos e atividades do governo do estado em solo codoense.

Até o dia 17 de março de 2017 o único motivo para os dois estarem juntos no mesmo evento era pelo fato de um ser o prefeito de Codó e o outro ser o representante local do governador. No entanto em uma entrevista ao Blog do Marco Silva, Francisco Nagib revelou que outro motivo pode estar por trás das constantes aparições dos dois juntos.

 Pedro belo e Francisco Nagib juntos em um encontro na Prefeitura de Codó

Segundo o administrador do município de Codó o ex-vereador Pedro Belo agora faz parte de seu grupo político, a determinação veio do Governador Flávio Dino que pediu a união dos dois.

“Desde o momento que eu estive com o governador Flávio Dino ele tem falado que tem o Pedro Belo como amigo também, e que conversou o Pedro e disse Pedro a partir de agora faz parte do seu grupo político, do nosso grupo político, pra que a gente possa juntos unir forças em prol de nossa cidade. Então Pedro é um amigo, éééé… esquecemos tudo o que passou, da divergência política, na lá na nossa campanha e agora estamos juntos e unidos. Pedro eu recebo de braços abertos a este grupo de amigos que estão determinados e trabalhando diuturnamente pra gente ter melhor qualidade de vida em nossa cidade, afirmou Nagib.

Tentamos saber de Pedro Belo o que ele tinha a dizer sobre a revelação feita por Francisco Nagib, mas o Superintendente de Reordenamento Agrário e Desenvolvimento Territorial não atendeu e nem retornou nossas ligações.