Depois de muito blá blá blá de Francisco Nagib, reforma de escola nunca saiu do papel

O prefeito de Codó, Francisco Nagib e seu pai, Francisco Carlos Oliveira, utilizaram de todos os meios disponíveis de comunicação para tentar confortar a população de que a partir da posse a vida do codoense iria mudar, Nagib seria responsável por uma revolução na política local. O pai chegou a declarar que a partir do dia 01/01/2017 os cidadãos voltariam a ficar nas portas de suas casas sem correr o risco de serem assaltados, essa parte me abstenho de comentar.

Inexperiência pura e que ainda permeia nos corredores da prefeitura. O prefeito revolucionário anunciou a reforma imediata de pelo menos cinco grandes escolas que estavam em péssimas condições de se quer iniciar o ano letivo, sabem o que aconteceu? Nada, Nada, Nada!

As aulas começaram e a tão sonhada reforma da escola Unidade Integrada Municipal Governador Archer, localizada na Praça Imperatriz Leopoldina, bairro São José, nunca começou e pasmem, as aulas começaram sem sequer ter sido melhorada as condições para alunos e professores.

Quando chove, as aulas precisam ser suspensas, as paredes correm o risco de desabar junto com os telhados, é esta a revolução na educação?

A secretária de educação, chegou a se reunir com um grupo de professores e prometeu que tão logo passasse o carnaval os alunos passariam a assistir suas aulas em outro espaço. As salas continuam escuras e sem ventiladores, os professores dão suas aulas se abanando, pois as salas são comparadas com um sauna.

Um governo que está resumindo sua gestão em perseguir servidores, deveria se preocupar em resolver os problemas internos e administrativos para ofertar serviços de qualidade para a população.

Fonte: http://www.emaranhao.com.br

error: O conteúdo está protegido !!