VÍDEO: repórter paga R$ 2 por entrevista com mulher que furtou loja em Codó

Uma mulher identificada como Maria Wilma, 27 anos, foi presa em flagrante nesta quinta-feira (17) após furtar roupas e uma caixa de chocolates de uma loja no Centro de Codó, interior do Maranhão.

A suspeita foi encaminhada para a 4° Delegacia Regional de Polícia Civil e no local não estava querendo fala com a imprensa. No entanto, o repórter policial Sena Freitas, da FCTV, lhe ofereceu a quantia de R$ 2 para que ela concedesse entrevista para ele. A proposta “irrecusável” foi prontamente aceita pela mulher, que deu detalhes da ação criminosa.

Maria Wilma contou que mora no bairro Codó Novo, tem uma filha de cinco anos e teria furtando os produtos para poder comprar alimentos. Ela disse ainda que é a primeira vez que foi presa e que já teria cometido o mesmo tipo de crime há mais de um ano exatamente na mesma loja. Sem nenhum pudor, a mulher revela que na época também furtou chocolates da marca Nestle, que, segundo ela, são gostosos.

Assista ao vídeo:

1 Comentário

  1. Chocante e absurdo! Isso viola os direitos humanos. Foi uma forma de humilhação essa atitude do Senas Freitas. Deve ser reprovada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *