UPA de Codó registra 80.954 atendimentos nos primeiros 66 dias do ano de 2017

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de Codó, que funciona no bairro do Codó Novo, e é administrada pelo médico Antônio Brauna, realizou 80.954 atendimentos nos primeiros 66 dias do ano de 2017. Uma média de 1.226,5 atendimentos por dia. Do total de pessoas que passaram pelo setor de acolhimento, com classificação de risco do serviço, 12.456 precisaram de atendimento médico.

De acordo com o levantamento do setor de estatística e processamento da UPA, a maioria dos casos atendidos na unidade, foi na especialidade de Administração de medicamentos (48.269). Em seguida aparecem os exames laboratoriais (18.170) e Clinica Medica e Pediatria (12.456).

O diretor da UPA 24h, explicou que a maior parte desses atendimentos é para o tratamento de doenças sazonais.

“São doenças que acontecem de acordo com o período do ano, como viroses e doenças diarréicas, além das cefaléias, que são as dores de cabeça. Registramos ainda um número alto de casos de problemas respiratórios”, informou.

Ainda segundo o diretor, o grande número de atendimentos realizados na UPA são de pacientes que não conseguem receber o mesmo tipo de atendimento de excelência nos postos de saúde e no Hospital Geral Municipal.

“A UPA recebe uma demanda muito grande de pessoas, devido ao vazio assistencial que existe na Rede Municipal de Saúde”, justificou.