Tá no WhatsApp – Codoense relata que foi estuprada em sua casa no Residencial São Pedro

Uma codoense que supostamente teria sido estuprada no dia 12 de novembro de 2016, em sua própria casa no residencial São Pedro, fez um relato emocionante no começo da tarde desta quarta-feira (15), em um grupo de WhatsApp composto por moradores do local. A mulher, que vamos preservar o nome, disse que desde que foi abusada está sendo difamada de forma injusta.

Confira o relato publicado pela vítima do estupro, em um grupo de WhatsApp:

“Oi boa tarde pessoal do grupo estou mt revoltada, aconteceu um caso comigo aqui no residencial horrível não gosto nem de lembrar minha vida e a vida da minha família estava em jogo! O homem entrou na minha casa e me estropou com meus filhos do lado;, coisa que eu não desejo nem pro meu pior inimigo, ele levou meu celular e mais uma quantia em dinheiro estou aqui desabafando porque não aguento mas as pessoas daqui nem todas mas a metade e a vagabunda da mulher do miserável dizendo que eu era amante dele?coisa que nunca fez nem sentido estou com tanta raiva desses que não me conhecem e ficam me criticando sem me conhecer tenho dois filhos o casal e no futuro quero ser um exemplo pra eles! Me sente mt mal no começo de tudo isso chorei bastante e pensei meu Deus me der forcas pra superar tudo isso, fiquei come do de ficar até louca mas Deus e maior??então eu peço a vcs quem tem seus filhos pequenos e não daria a vida por eles! Acho que todos os que tem filhos dariam a vida pelo seus filhos. Obrigado por lerem e peço no julquem ser antes conhecerem??”

error: Content is protected !!