Superintendente de Cultura explica polêmica envolvendo dono de bar de Codó

O empresário Francisco Oliveira, proprietário do Bar Altas Horas, gravou um vídeo na manhã desta quarta-feira (04) lamentando a limitação na expedição de licenças para a promoção de festas em seu estabelecimento comercial. Ele reclamou da situação e fez duros ataques ao prefeito Francisco Nagib e ao governo municipal.

Thelvane e o delegado responsável por emitir as licenças de eventos em Codó

Diferente do que foi narrado por Francisco Oliveira, o Superintendente Municipal de Cultura de Codó, Thelvane Frazão, divulgou um vídeo explicando que existe um acordo com os produtores de eventos que limita, por causa da pandemia do novo coronavírus, a realização de festas em bares e clubes da cidade.

O Superintendente também revelou que esteve com o delegado responsável pela emissão de licenças para a comunicação do acordo e disse que houve um equívoco por parte de Francisco Oliveira.

6 Comentários

  1. Esse prefeito perseguindo , todos , já que não pode ter muitas festas para não ter agromeracao , e porque o propio prefeito participa de carnaval do 12 e convida pessoas

  2. Se vc sabe que não pode obter a licença em função de um acordo entre todos os promotores de eventos, querer impor a sua, e mera ignorância ao poder dos demais, é simplesmente querer aparecer. Pede pra esse Francisco Oliveira, colocar um link o na cabeça e se e expor nas ruas. Isso é política partidária pura. Na ok deveriam dar ran a evidência a esses vc saia de e politi vc a partidária.

    • Quero ver se o bar do postos fc, vai para com as festas o medo de perder clientes é tão grande que acaba usando o poder para usar a favor próprio l, cara vai para cima se reiventa para conquista mas clientes deixa os outros trabalhar ou dar com medo.

  3. Hipocrisia de C.’ é r0L@!

    Privam o microempreendedor de realizar seus eventos, sob alegação da necessidade em frear a pandemia, porém realizam eventos políticos com dezenas de milhares de pessoas, e o pior, NINGUÉM se contrapõe.

    Qual o nível de coerência desse prefeito e seus subordinados?

  4. Aglomerações de verdade vem sendo promovidas pelos grupos políticos em Codó, tanto o 55 como principalmente pelo 12, assistimos tudo com repúdio e indignação, pois neste momento que os casos de corona vírus dispara em Codó , os números nem se quer são divulgados,. Onde está aquele promotor de justiça irredutível que ordenou que o comércio fechasse por várias vezes? Onde está aquele blogueiro e jornalista famoso que criticavam e mostrava imagens da rua Afonso pena quando o comércio reabria? Onde está o Juiz eleitoral? Ninguém, Ninguém mesmo se importa, com aumento de casos e mortos, apenas com seus interesses políticos que lhe renderam frutos . Povo? Povo se lasque ! Empresário? Se lasque também! Quando passar a farra política fecha tudo denovo e ficam “benzinhos” , de “preocupados” com a saúde do povo. reclamar do aumento de casos .
    Por enquanto que tá pagando a fatura são os empréstimos, apesar de achar que liberar pra festas ainda está muito cedo!
    Por enquanto vale o que diz aquela poesia famosa que satiriza o período eleitoral do inferno: “ estamos em período eleitoral e nada de ruim acontece!”

  5. Pois e prefeito a coisa ta feia vc viu nos estados unidos teve virada e aqui nao vai ser diferente

Deixe uma resposta para Vando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!