Secretário Marcelo Coelho participa da reunião do Comitê Orientador do Fundo Amazônia

O Secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho, participou, dia 20/10 em Belém/PA, da 23ª reunião do Comitê Orientador do Fundo Amazônia. Dentre a pauta esteve em discussão os avanços  na execução dos projetos apoiados, as linhas de financiamento, além da aprovação dos critérios para apoio de projetos de fiscalização ambiental, concessão florestal e outros trabalhos com foco no desenvolvimento científico e tecnológico, restauração florestal e a participação do Fundo Amazônia na próxima Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas – COP 23, que acontecerá em novembro, na Alemanha.
Marcelo Coelho destacou que os assuntos abordados na reunião são de extrema importância para que os estados tenham efetivo sucesso no combate ao desmatamento. Para ele, as deliberações visam melhoras as estruturas dos estados no âmbito da fiscalização, além de focar na recuperação das áreas degradadas. “Já houve um desenvolvimento bastante expressivo desde os últimos debates promovidos pelo COFA, que disponibiliza linhas de financiamento para continuar com o trabalho de fiscalização. O Brasil conseguiu diminuir o desmatamento com a ajuda dos estados, através do trabalho integrado, com recursos próprios e do COFA que possibilitam a atuação mais efetiva e continuada dos Estados, do Governo Federal, Ministério de Meio Ambiente e agentes financiadores”, explicou.
COFA
O COFA é formado por representantes do governo federal, governos estaduais e sociedade civil com a finalidade de zelar pela fidelidade das iniciativas, pela determinação de suas diretrizes para a aplicação dos recursos, em conformidade com as metas, compromissos e políticas do Plano de Prevenção e Controle do Desmatamento na Amazônia Legal (PPCDAM) e das diretrizes estratégicas do Plano Amazônia Sustentável (PAS).
O fundo capta doações para investimentos em ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento, e de promoção da conservação e do uso sustentável das florestas, principalmente no bioma Amazônico.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *