Uma simples matéria informativa sobre a contratação da empresa que vai fornecer combustíveis para o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Codó foi o suficiente para mobilizar a assessoria jurídica da autarquia municipal. Leia a nota na íntegra no final da matéria

A matéria, publicada nesta quarta-feira (10) pelo Blog do Marco Silva, apenas informava aos nossos leitores sobre o contrato de R$ 274.700,00 fechado com o POSTO PRÉ-SAL. Os dados foram divulgados com base no AVISO DE RESULTADO DA LICITAÇÃO, retirado do Diário Oficial do Estado do Maranhão. O documento possuí apenas informações básicas sobre o acordo.

Apesar de interesse dos codoenses, a publicação incomodou a diretoria do SAAE, que através do assessor jurídico Leandro Guimarães, emitiu uma “nota de esclarecimento”, que mais serviu para atacar o Blog do Marco Silva que de fato esclarecer alguma coisa.

O SAAE afirma que foi equivocada a utilização do termo milionário, que usamos ao noticiar o alto valor que será gasto com combustíveis. A autarquia também reclama de não termos divulgado a validade do acordo, que estranhamente eles próprios não colocaram no documento publicado no Diário Oficial do Maranhão.

A nota afirma que o POSTO PRÉ-SAL disputou com outras duas empresas e venceu após apresentar a menor proposta, mas não revelou o valor que foi aceito pelo SAAE.

O assessor jurídico finaliza a nota atacando covardemente o Blog do Marco Silva. Ele diz que o SAAE de Codó agiu dentro da legalidade (como se estivéssemos questionado isso) e afirma que tentamos denegrir a imagem da autarquia usando desinformações.

Opinião

O relacionamento de juristas e advogados com jornalistas deve ser pautado, sobretudo, pelo respeito recíproco. No entanto, a nota assinada pela nova assessoria jurídica do SAAE mostra que eles não estão preparados para lidar com os veículos de imprensa.

O Blog do Marco Silva estará sempre à disposição para a publicação dos esclarecimentos que os citados em nossas matérias acharem necessários. Só que jamais vamos aceitar ameaças ou tentativas de diminuir nosso trabalho.

Querem utilizar nosso blog? O primeiro passo para tirar o melhor proveito desse espaço é aprender a respeitar e entender a essência do nosso jornalismo. Se isso não acontecer, tenham certeza, suas notas serão encaminhadas para a lixeira assim como muitas outras mensagens inúteis que recebemos diariamente.

  • Faça doações através do PIX com a chave 08.337.351/0001-02
  • Transferência bancária: enviar email para [email protected]
  • Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link