Ricardo Torres informa que não vai suspender aulas das escolas municipais de Codó

Em razão da pandemia do coronavírus, o Governo do Maranhão publicou agora a pouco um decreto suspendendo as aulas em todas as escolas do Estado. A medida é válida por 15 dias e atinge as instituições de ensino públicas e privadas das redes municipais, estadual e privada.

O Blog do Marco Silva entrou em contato com o Secretário Municipal de Educação de Codó, Ricardo Torres, que revelou que as aulas na rede municipal de ensino não serão suspensas. Ele argumentou que o cancelamento das aulas trará um grande impacto negativo para os alunos e suas famílias.

“A gente tirar quase 27 mil alunos da rede pública municipal pra deixar de dar alimentação escolar, deixar de dar instrução, deixar de cuidar desses meninos e meninas enquanto os pais trabalham, socialmente pode gerar uma questão muito grave, pois os pais se programaram. Pode ser que os pais percam renda, percam emprego ou tenham que deixar essas crianças com os mais velhos que estão muito mais vulneráveis. Hoje, em Codó, estamos mais preocupados com o H1N1 do quê com o coronavírus, porque o H1N1 já é uma realidade nossa do estado e é bastante agressivo para os idosos, enquanto o coronavírus ainda não é uma realidade em nosso município (…)”, explicou Ricardo Torres.

O Secretário de Educação também revelou que o governo está fazendo o monitoramento diário da situação relacionada ao coronavírus e sua equipe avalia constantemente a necessidade de cancelamento ou não das aulas das escolas do município.

“Então, nesse momento a gente mantém as aulas na rede municipal de ensino e quando o decreto por publicado oficialmente, a gente vai avaliar, conversar com a vigilância em saúde do município, pra gente avaliar tanto a obrigatoriedade do decreto, como também a situação de Codó especificamente.”, pontou.

Ricardo Torres finalizou confirmando que nesta terça-feira (17) vai se reunir com sua equipe de governo para analisar o decreto do Governo do Estado e a necessidade de adotar medidas emergenciais em Codó.

16 Comentários

  1. Na contramão do que preconiza a OMS como medida padrão de contenção da propagação do vírus. Ainda bem que codo tem um excelente aparato em saúde. Pro gestor não adotar medidas de prevenção contra o vírus. Oremos minha gente , atitude totalmente irresponsável.

  2. Antonio Batista Borba Filho

    esse é um doente mental mesmo.

  3. A responsabilidade é toda dele.

    • Pois os meus filhos não irão a Escola.
      A saúde de Codó não está indentificando nem doenças banais quanto mais um vírus desse poste. Os pobres é que pagão o pato.

  4. Ridículo quer cuida das crianças, deixando elas expostas a uma pandemia que Horror Somente em Codó.

  5. Quer dizer que Codó é aparte do mundo. O vírus não chega aqui. O bom é que esse secretário responda futuramente pela duas atitudes mesquinhas com relação a essa pandemia… Ricardo Torres infectologista e acima de qualquer decreto… Alto confiança é tudo… Que Deus nos Livre desses tipos de pessoas que não pensam no próximo. E outra;Professor não é babá..

  6. Irresponsabilidade demasiada

    • Prejuízos não justificáveis pq todo ano tem férias, e ninguém fica desempregado ou passa fome por esse motivo. O vírus ê um caso de calamidade pública, se não fosse sério o Brasil inteiro não estaria fazendo campanha de prevenção

  7. Esse homem tá louco…..parar pro Carnaval pode .parar por causa de uma pandemia não pode enquanto o mundo tá parado ..Ainda mais numa cidade q não tem saúde pq aqui em Codó estamos a mercês de Deus aqui não tem saúde …Faz vergonha minha filha mesmo tá fazendo tratamento em timbiras pq aqui no hgm o aparelho tá quebrado…Aí vem esse Ricardo Torres dá uma de preocupado com as crianças se realmente estivesse preocupado seguiria o decreto do governador

  8. Um cara desse é um louco, os filhos dele estuda no Batista e estão suspensa. Como Codó já começou tarde ele quer ser o tal pra dizer que se importa com nossas crianças. É um maluco mesmo!!!

  9. Muito interessante esse colocar dele, agora resolveu se preocupar com a alimentação e cuidados dos alunos, porque que não teve essa preocupação com o atrasado antes da pandemia? E valorizado mais o carnaval do a educação?
    Fracamente não tem noção do período que tá colocando em risco a vida de milhares de pessoas. Então vão esperar aparece casos pra poder suspender as aulas? Onde ainda podemos evitar aí querem pagar pra ver. E aqui faço um apelo para os país deixem seus filhos em casa, antes de qualquer coisa lembre se dá péssima saúde que temos na nossa região, é melhor seus filhos perderem os 15 dias de aula do que você perderem seus filhos para sempre. Aí fica a dica previne se enquanto há tempo.

  10. Como pode um secretariado desse , gente esse cara tá louco. Senhor secretário tenha mais empatia pelos estudantes e funcionários da rede pública e privada não espere a situação se alastrar mais ainda para tomar medidas preventivas. Todos são cientes do quando o sistema de saúde é precário para todos principalmente no Nordeste , ai um secretário de educação desses não quer acatar as medidas preventivas, ha por favor hava paciência, nem todos tem condição de recorrer a um sistema de qualidades como o destes políticos não. Todos devem tomar uma medida para que esse secretário retire esse posicionamento que pode acabar prejudicando uma boa parte da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!