Repórter é preso suspeito de furtar bateria de moto dentro da delegacia de Codó

O repórter policial e apresentador de TV Benedito Carlos Costa, popularmente conhecido como Bill Clinton, foi preso na última segunda-feira (14) suspeito de furtar a bateria de uma motocicleta que estava no pátio da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Codó.

O delegado Gilvan Lucas concedeu entrevista à imprensa e deu detalhes da prisão do repórter. Segundo ele, a moto de uma escrivã da delegacia apresentou problemas e Bill se ofereceu pra ajudar, pois também trabalha como mecânico de motocicletas. O apresentador disse para a mulher que somente a troca da bateria resolveria o problema. Ela então autorizou que ele retirasse o aparelho de uma das motos que estavam no pátio da delegacia e colocasse em seu veículo.

O reparo foi feito e o repórter ficou feliz por ter ajudado a escrivã. No entanto, a proprietária da moto que teve a bateria retirada apareceu e denunciou que havia sido furtada.

Gilvan Lucas autorizou uma investigação e descobriu que o autor do possível furto era Bill Clinton . Ele foi preso e revelou toda a história. O delegado concluiu que o apresentador foi induzido ao erro e anunciou que a funcionária será penalizada.

Bill Clinton foi liberado após o depoimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *