Produtora pornô lança serviço “Sexflix” e recebe ameaça da Netflix

Pelo visto, a Netflix quer ser a única empresa a poder usar o sufixo “flix”. Ela acabou de notificar a produtora de vídeos adultos “Brasileirinhas”.
Alegando plágio justamente no sufixo “flix” e na logo, o serviço de streaming dos Estados Unidos pode processar o serviço de conteúdo pornô brasileiro.
A Brasileirinhas informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que o lançamento do serviço está mantido e ocorrerá nos próximos dias.
“Não só o uso dessas marcas pode sujeitar o infrator a danos por tais violações, mas o uso para conteúdo adulto seria prejudicial e denigriria a reputação da marca Netflix, aumentando ainda mais os danos causados e passíveis de indenização”, alega o documento da Netflix enviado à Brasileirinhas.
Cerca de 1.000 filmes e todas as temporadas de um reality pornô estarão disponíveis. A assinatura será de cerca de R$ 29 mensais.
Vale dizer que “flix” vem da gíria em inglês “flicks”, que significa filmes.

Com informações do UOL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!