Prefeito Nagib dribla crise nacional e conduz Codó a uma nova era de crescimento econômico

Quando assumiu a prefeitura de Codó em janeiro de 2017, o prefeito Francisco Nagib, assim como outros gestores municipais em todo Brasil, encontrou um cenário muito pouco favorável para qualquer administrador. Na época, o país enfrentava o pior momento de sua crise econômica, iniciada em 2014, além de uma crise política e institucional marcada pelo governo Temer.
Francisco Nagib tinha em mãos uma série de desafios, um dos principais, fazer Codó enfrentar a crise brasileira e conseguir fazer o município crescer economicamente. Em três anos de administração, o prefeito realizou importantes obras na infraestrutura, na saúde e educação e criou políticas públicas que ajudaram a fomentar o empreendedorismo, levando mais trabalho e renda aos codoenses.

Por meio da secretaria de desenvolvimento urbano e rural, Nagib abriu e recuperou a malha de estradas vicinais que interligam a imensa zona rural de Codó, melhorando a mobilidade e o escoamento da produção da agricultura familiar, realizou a revitalização de bairros com os mutirões de trabalho, pavimentou ruas e avenidas, construiu pontes de concreto, novas praças, quadras e ares de lazer para a população.

Na agricultura, Francisco Nagib ampliou o crédito para os produtores da agricultura familiar, ajudou na abertura dos campos e distribuição de sementes e aumentou para 40% a participação das famílias nos programas de aquisição de alimentos do município, consolidando o aumento da produção e a geração de mais renda às famílias do campo.

Em sua administração, Nagib também faz questão de movimentar a economia mantendo grandes eventos esportivos e culturais do calendário municipal, além do pagamento rigorosamente em dia do funcionalismo público. Atrelado a tudo isso, o gestor ainda criou o programa Codoense Empreendedor, que está auxiliando milhares de trabalhadores autônomos a começarem ou manterem seu próprio negócio, gerando mais renda e movimentado o comércio.

Os resultados de todo planejamento a trabalho já começam a aparecer. A geração de emprego em novembro deste ano em Codó é a melhor para o mês desde 2015. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na última sexta-feira (20), mostram que o saldo positivo no município ficou em 26 vagas, resultado de 83 admissões e 57 demissões.

Pelo fato de ter sua origem na iniciativa privada, o prefeito Nagib vem criando muitos mecanismos que estão fazendo com que Codó, não só enfrente a crise econômica brasileira, mas também se mantenha no rumo do crescimento econômico. Sua política de austeridade fiscal e a correta aplicação dos recursos públicos estão dando fôlego a Codó e seu equilíbrio administrativo está chamando a atenção de grandes indústrias, empresas e instituições de ensino superior, que fará com que Codó entre num período de crescimento econômico e desenvolvimento social jamais visto em sua história.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!