Polícia de Codó prende homem que usava rituais de umbanda para praticar sexo com menores de idade

Após três meses de investigação da Delegacia da Mulher, que é comandada pela del. Maria Tecla e o delegado regional Zilmar Santana, foi pedido ao judiciário a prisão do segurança de festa José Francisco Sampaio Pessoa, 35 anos; morador da rua do Bacuri no Bairro Trizidela. Sampaio, como é conhecido, teve o pedido de prisão depois que quatro mães de meninas, com idade entre 15 e 17 anos, denunciaram ele por estupro.

Em conversa com a polícia, as menores chegaram a relatar que o suspeito falava para elas que ele tinha que fazer sexo com as mesmas, para que ficassem purificadas e isso era uma ordem do seu encantado “MÃE MARIA “, que as menores realizassem ato sexual com Sampaio. Em depoimento à polícia, as mães disseram que assim que Sampaio ficou sabendo que tinha sido denunciado, começou a ameaçar às famílias das vítimas.

Foi efetuada a prisão preventiva de Sampaio e na ocasião o delegado regional Zilmar Santana também cumpriu outro mandado de busca e apreensão na casa dele, onde a Polícia Civil com o apoio da Polícia Militar encontraram um revólver com munição. Sampaio foi ouvido ontem (18), e deve ser transferido para a C.C.P.J da cidade de Codó, onde ficará a disposição da justiça, para responder pelos crimes de abuso sexual e porte ilegal de arma.

Fonte: Blog do de Sá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *