Polícia Civil descobre criador de perfil falso usado para ofender e difamar moradores de Codó

O que você seria capaz de fazer para ganhar seguidores nas redes sociais? Para o jovem Kelinton Santos vale tudo. Ele é o principal suspeito de criar um perfil falso no Instagram com o objetivo de ofender e difamar moradores da cidade de Codó, no interior do Maranhão.

Uma investigação da Polícia Civil apontou que Kelinton Santos é o responsável por criar e administrar um perfil que publicou várias ofensas e divulgou fotos de jovens na web de forma depreciativa.

Nas publicações, o acusado postou fotos das vítimas juntamente a textos que as ofendiam. “Essa aqui vai matar o namorado de chifre, o bixin nem sonha kkk tenho todos os prints”, dizia uma das postagens.

O delegado Rômulo Vasconcelos disse ao repórter Amaral Junior, do Blog do Acélio, que pelo menos 12 pessoas foram vítimas de Kelinton Santos, que já foi intimado e vai responder pelos crimes.

Confessou o crime

Uma das vítimas conseguiu conversar com Kelinton Santos através de sua conta pessoal no Instagram. Ele enviou alguns áudios confessando que publicava as ofensas e pediu desculpas pelas postagens.

“Eu queria te pedir desculpas cara aqui, porque aquela página, entendeu, não era com aquela intenção, era só notícias, o pessoal que mandava as coisas e eu publicava, entendeu? Eu só quero que tu me entenda e peço desculpas se você se sentiu ofendido cara. Eu tô pedindo desculpas as pessoas que foram postadas entendeu? Sabe como funciona, o pessoal fuxica né? Então o pessoal mandava aí eu só repostava, entendeu?”, explicou.

O jovem também revelou que inicialmente sua intenção era apenas ganhar seguidores e disse que depois usaria a página como sua conta pessoal.

“A intenção era só ganhar seguidor pra depois transformar a página em uma página normal, assim como fiz com essa minha aqui. Não sei se tu se recorda, tinha uma página gatas de Codó. Eu postava pedido das meninas pra postar fotos delas. Aí tinha o gatas de Codó, eu que era o dono. Aí como tinha muito seguidor, eu revestir em minha conta pessoal. Agora é essa aqui”, revelou.

Kelinton Santos também postou um vídeo na mesma página que ele usou para ofender as pessoas. Ele tenta explicar que não criou as informações publicadas e pede novamente desculpas aos ofendidos.

“O meu erro foi veicular essas informações. Então eu venho aqui me retratar sobre a veiculação dessas informações (…). Então eu me retrato e peço desculpas as pessoas que foram veiculadas aqui”, disse.

Cyberbullying

Usar a internet, celular e outros meios de comunicação para ofender ou prejudicar o outro é crime. A prática é conhecida como Cyberbullying e pode acarretar processos tanto no campo cível, com dano moral, quanto na área criminal, como injúria, calúnia e difamação.

A punição para quem pratica este tipo de crime é de multa mais detenção de seis meses a dois anos. De acordo com a lei 12.737 de 2012, se houver divulgação, comercialização ou envio das informações sensíveis obtidas na invasão, como comunicações privadas, segredos industriais e dados sigilosos, a pena pode ser elevada de um a dois terços.

2 Comentários

  1. Pede desculpa, e fica por isso mesmo.?? Cadeia nesse vagabundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!