PM é acionada após mulher afirmar que foi humilhada, maltratada e ameaçada no HGM

O Blog do Marco Silva foi procurado por uma senhora de 35 anos que relatou ter sido humilhada, maltratada e ameaçada por um funcionário do Hospital Geral Municipal (HGM) de Codó.

De acordo com a vítima, ela estava no hospital na tarde deste domingo (24) acompanhando seu tio, que foi ao local procurar atendimento médico, quando recebeu a notícia que sua vizinha tinha morrido na unidade de saúde. Consternada com o ocorrido, a mulher afirma que ofereceu ajuda para a filha (que sofre de problemas psicológicos) da senhora que faleceu e tentou levá-la para dar o último adeus para a mãe. No entanto, teria sido impedida e humilhada por um servidor do HGM.

A mulher relata ainda que durante uma rápida confusão, ela acabou se alterando e falou alto com o funcionário, que não gostou e chamou a Polícia Militar para intervir.

Confira abaixo o relato na íntegra:

Sim eu fui hj por volta das duas e meia da tarde no hospital hgm. Chegando lá o meu paciente foi pro oxigênio!! E eu fiquei sentada no corredor. Porém conversando com uma senhora que estava com a mãe dela muito mal. Não passou meia hora veio a notícia que a mãe dela tinha vindo a óbito e a mesma e minha vizinha e a filha dela e minha amiga. Eu estava lá sentada com ela e perguntei dona Jesus a senhora não quer da o último adeus a sua mãe?? Ela disse sim. Eu disse então vamos la .. Ele quando viu eu entrando com a filha da finada dentro do quarto ele me gritou e disse ;;; Quem és tu pra tá mandando filha de alguém que faleceu entrar em quarto .. Eu falei;magno eu a conheço e só falei pra ela entra e ver a mãe Ele ;vc não manda aqui e pra fazer algo peça pra mim. Eu me exaltei com ele e disse não grita comigo . Ele disse que ia chamar a polícia e chamou. Quando a polícia chegou no local eu mesma os chamei os policiais porque a conheço e falei o que tinha acontecido ,os PM pensava que tinha sido outra coisa pela forma que ele ligou pra eles . Porém eu sair e sentei lá fora . Polícia entrou lá onde ele . Ele disse o que ele quis falar . Eu não entrei mas. Porém vir embora e não dei mas assistencia nenhuma ao paciente que eu estava acompanhando. Pois fiquei com medo. Quero justiça. Quero proteção. Pq ele me ameaçou. Tive que me retirar do hospital.

A mulher também relatou que tentou ligar cinco vezes para o diretor administrativo do HGM, Emílio Matos, mas não foi atendida.

Procurada por nossa equipe de reportagem, Emílio Matos pediu que enviássemos detalhes da denúncia, o que foi feito de imediato. No entanto, não respondeu mais nossas mensagens até o fechamento desta matéria.

8 Comentários

  1. Conceição Duailibe

    Essa é mudança!!!!

    • Conceição Dualidade, qualquer coisa é melhor que Zito e Nagib. Sabe quem disse isso??? O povo!
      Com certeza não é a sua mudança, mas é a do povo. E detalhe, todos que criticam aqui, pode notar que são sempre as mesmas pessoas que eram privilegiadas nos governos anteriores.
      Eu faria a mesma coisa se eu perdesse meu emprego, pode falar mal do Zé, ele detonou os corruptos e junto com eles, os salários de vocês.

  2. Ela não pode entrar mesmo não povo pensa q hospital é casa de mãe joana

    • Sabe de nada puxa saco,quando vc for mal atendida por pessoas despreparadas quê se acham donos da razão vc vai saber o tamanho do constrangimento quê essa senhora e mtas outras pessoas passam,fica a dica,abaixa aponta desse nariz e ver se enxergar as coisas como elas são….

  3. Existem regras para entrar num hospital em dias que não tem atendimento ou visitas, agora que esse servidor foi mal educado isso eu nem me incomodo mais, porque asbpessoasbpensam que estaobali em um cargo e já são dono do.mundo, vai vê que daqueles colocados por indicação política sem a minha condições de 3xercer tal função. Como a do diretor por exemplo.

  4. Será se fosse sua mãe que estivesse morta, você falaria a mesma aberração que sitou aí, peça a Deus para não sofrer com uma situação dessas.

  5. Recomendo um curso de relações humanas pra essa turma que trabalha com atendimento ao público . Porque servidor público é pra servir bem o povo .

  6. Se a equipe do HGM não está preparada pra tratar bem em momentos difceis e de grande stress, deveriam ser relotados pra trabalhar com planta ou bicho, pq só vai em hospital quem está doente, morrendo e em alto índice de stress e é recebido por um tipo de gente desse nível. Esse funcionário deveria ser relotados ou demitido pra servir de exemplo de como tratar bem o povo num hospital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!