Piloto de fuga é condenado por morte do comerciante Bebé em Codó

Condenado por participação no assassinato do comerciante Bebé, o jovem Miguel Rui Lima Alves, 22 nos, se entregou na na última terça-feira (19) e vai cumprir a pena no presídio de Codó.

O jovem foi apontado pelo delegado responsável pelo caso como sendo o piloto que concedeu fuga para o assassino do comerciante. Ele foi sentenciado a 24 anos e 6 meses de prisão em regime fechado.

O acusado havia sido preso pouco tempo depois do crime, mas foi solto durante as investigações.

O crime

Assassinado dentro do seu bar na madrugada do dia 13 de janeiro em Codó, Raimundo Nonato Gomes de Almeida, popularmente conhecido como Bebé, 62 anos, teria reagido a um assalto, foi atingido por três disparos e morreu após ser levado para o Hospital Geral Municipal (HGM).

O crime ocorreu na rua Rio Grande do Norte, por volta das 1h30. Conforme o Boletim da Polícia Militar, testemunhas informaram que quatro homens armados chegaram ao local e anunciaram o assalto.

A vítima foi encaminhada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e teve sua morte confirmada às 4h50. Bebé foi assassinado no dia que completava 62 anos de idade.

Com informações da repórter Emanuela Carvalho, da TV Cidade.

1 Comentário

  1. Uma bala no centro da testa, pega bom, nesse vagabundo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *