Mais uma jovem codoense está indignada com o prefeito Francisco Nagib

Um relato triste e emocionado foi publicado pela codoense Kell Gomes em seu perfil oficial no FaceBook, a jovem conta alguns detalhes de como seu pai teria sido usado na campanha de 2016 pelo prefeito Francisco Nagib e o empresário Francisco Carlos de Oliveira.
No transcorrer de seu relato a jovem chama o prefeito de egoísta e afirma que o prefeito não ganha mais nem para vereador: “…aqui na nossa cidade o sr não ganha nem pra vereador com fé em Deus”.

Vereadora Maria Paz apresenta indicação pedindo o aumento do contingente policial em Cajazeiras

Aconteceu na última segunda-feira (05) a 15º sessão ordinária do ano de 2017, na 18° legislatura, que transcorreu tranquilamente na Câmara Municipal de Codó. Muitas indicações foram apresentadas, discutidas e aprovadas pelos parlamentares codoenses.
A vereadora Maria Paz teve participação de destaque no encontro semanal e três indicações suas foram aprovadas pelos colegas parlamentares. Conhecedora das necessidades dos moradores do distrito de Cajazeiras, que fica a cerca de 82 quilômetros de distância do centro de Codó, a edil apresentou uma indicação de forma verbal, onde pede que o prefeito Francisco Nagib e o Tenente Coronel Jurandir, realizem um estudo com o objetivo de aumentarem o contingente policial na localidade.
“O Distrito de Cajazeiras é uma das maiores e mais importantes localidades do município de Codó, motivados pelo aumento da violência que assola todo o país, estamos apresentando essa indicação verbal com o objetivo de oferecer mais segurança aos moradores daquela localidade, pois claramente o número de policiais é insuficiente para atender toda a demanda do local. Temos certeza que nosso prefeito Francisco Nagib e o Tenente Coronel Jurandir, atenderão nossa solicitação”, disse Maria Paz.
A indicação foi aprovada por todos os vereadores presentes.

Prefeitura de Codó começará a demitir vice-diretores escolares das pequenas e médias escolas

Tentando dar continuidade à austeridade e equilíbrio financeiro com uma política perversa o atual prefeito de Codó, Francisco Nagib, começou a demitir os vice-gestores escolares (os vice-diretores), principalmente das escolas de pequeno e médio porte. O processo de demissão dos vices já começaram e a determinação do prefeito e da secretária é de que nas escolas de pequeno e médio porte, fique apenas o gestor e um assistente administrativo.
Fico imaginando que a crise financeira nas prefeituras já duram anos e só agora o prefeito e sua equipe estão percebendo que a folha de pagamento está superior ao permitido por lei?
Claro que não! No primeiro momento, o prefeito e sua equipe quis abraçar a todos os aliados par não se ter uma crise política com a sua base aliada, com isso seis meses foi o suficiente para que medidas impactantes pudessem ser tomadas.
Será mais um erro grosseiro cometido pelo gestor municipal, caso as demissões se estendam para todas as pequenas e médias escolas da cidade de Codó. Parece que a viagem à cidade de Sobral, acabou corroborando para a criação de um modelo educacional distorcido do que se pretendia no discurso político em época de campanha.
Nas escolas públicas municipais de Sobral – CE, além de possuírem o gestor e seu vice, têm ainda o Inspetor Escolar, professor de reforço escolar (que trabalha dando aula no contra turno dos alunos) e lá a Educação funciona em tempo integral, diferente de Codó que os alunos saem das escolas mais cedo por falta de merenda ou professor.
Em Codó, seis meses depois de um início de um novo governo, tem escolas faltando professores e o contratado passa pelo crivo e dedo do prefeito, mesmo tendo ocorrido um Seletivo e dele se ter uma classificação dos seletivados.
Entendo que se a folha de pagamento está no limite dos 60%, se é que está mesmo, é por conta de um organograma copiado erroneamente de um site qualquer. Existem cargos dentro de Secretaria de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação que ainda não disse ao que veio, pastas que gera receita na folha de pagamento e que não produz absolutamente nada.
Punir as escolas tirando o vice gestor, que acaba sendo a figura principal na ausência do titular, será punir a própria educação,pois não há quem resista deixar nas mãos dos Assistentes Administrativos a tomada de decisões quando o gestor ou gestora estiver naquelas reuniões quase que diária dentro da SEMECTI, sem contar que será usurpação da função caso isso venha a acontecer, pois os Assistentes Administrativos não têm obrigação e nem recebem a mais para substituir gestores escolares.

Fonte: Blog do Bezerra

Presidente da OAB de Codó participa do 2º Colégio de Presidentes em São Luís

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Subseccional de Codó, Dr. Raimundo José Mendes de Sousa, estive participando do 2º Colégio de Presidentes, que foi realizado na quinta-feira (8) em São Luís, com todos os Presidentes das Subseções do Maranhão e a Presidência do Conselho Seccional da OAB Maranhão.
Na Pauta do Colégio de Presidentes foram abordados os seguintes assuntos: 1- Apresentação e finalidade da Procuradoria das Prerrogativas da OAB-MA, Apresentação de Relatório e Programação da ESA para s Subseções, Sistema de Seguranças nos Fóruns do Estado do Maranhão, Apresentação do Novo Site da OAB-MA, Campanha de Valorização da Advocacia, Apresentação do Pacote para a Conferência Nacional da Advocacia pela Agência de Viagens IBIS, Balanço das Atividades realizadas pela Escola Superior de Advocacia e ao final a Assinatura da Carta de São Luís-MA por todos os representantes da Entidade.
Destaque foram dados a finalidade da Criação da Procuradoria das Prerrogativas da OAB-MA, instrumento de apoio para as Defesas das Prerrogativas dos Advogados, com a explanação do Procurador Adjunto, Bispo Serejo; Outro Tema importante abordado foi o Lançamento da Campanha de Valorização da Advocacia pelo Conselho Federal e a necessidade de divulgação pelas Redes Sociais, com o objetivo de equilibrar a Defesa das Prerrogativas dos Profissionais e do outro lado, a imagem dos Profissionais da Advocacia no dia a dia de suas atividades.

ASSUNTO COLOCADO EM DISCUSSÃO PELO PRESIDENTE DA SUBSEÇÃO DE PEDREIRAS COM O APOIO DOS DEMAIS PRESIDENTES E DISCUTIDO E APROVADO EM PLENÁRIO.
O Presidente da Subseção de Pedreiras, Dr. Helvécio colocou em discussão a PROBLEMÁTICA DA MOROSIDADE PROCESSUAL, mal que atinge todas as Comarcas do Maranhão, prejudicando o desempenho das atividades dos profissionais de advocacia que sobrevivem dos honorários advocatícios, advindo do resultado final das demandas do Judiciário.
Em seu discurso colocou como ideia para todos os Dirigentes das Entidades o Mapeamento do Quantitativo de Processos em trâmite nas Comarcas do Estado do Maranhão com o objetivo de verificar os andamentos processuais peculiar a cada caso.A partir desse raio x, será entregue um relatório ao Presidente do Conselho Seccional que agendará uma Reunião com a Presidência do TJ-MA com o objetivo de solucionar a maior problemática inerente ao Judiciário Maranhense.
ASSINATURA DA CARTA DE SÃO LUÍS
Ao final foi assinada a Carta de São Luís pelos Presidentes das Subseções do Maranhão juntamente com o Presidente do Conselho Seccional que tem como objetivo registrar os compromissos realizados e a se realizar perante a classe de profissionais da advocacia maranhense.
RECEBIMENTO DE MATERIAIS PARA O CONSELHO SUBSECCIONAL DE CODÓ-MA
Na oportunidade da ida do Presidente do Conselho Subseccional de Codó-MA para a participação do Colégio de Presidentes, foi entregue 01 (uma) Impressora Multifuncional BROTHER com serviços terceirizados para a Sala dos Advogados de Codó-MA e 01 (um) Bebedouro.

AVALIAÇÕES POSITIVAS
“ A melhoria das atividades da advocacia vão vir, com a Campanha de Valorização da Advocacia e essa Nova Campanha de COMBATE A MOROSIDADE PROCESSUAL, mal que atinge todo o Judiciário Brasileiro,”, disse Dr. José Mendes.

Ascom

‘Forró Nu’ coloca casais para dançar sem roupa e causa polêmica na Bahia

Um evento no interior da Bahia tem despertado a curiosidade – e o estranhamento – de muita gente. O “Forró Nu” é um arraial diferente e, ao invés de roupas típicas juninas, as pessoas dançam como vieram ao mundo: peladas. Essa já é a segunda edição do evento, marcado para o dia 17 de junho.
Para participar da festa é obrigatório deixar as roupas de lado e, ao som de um sanfoneiro, os casais podem aproveitar o arrasta e “ralar coxa”. O Forró acontece em Massarandupió, 93 quilômetros de Salvador, a única praia destinada à prática de naturismo no estado e os ingressos saem a R$ 80.
Apesar de pregar a liberdade, o forró tem algumas regras. Sexo dentro do salão é proibido e o quem for flagrado em um clima mais quente pode ser convidado a sair do local. Além disso, a entrada é permitida apenas para casais – crianças estão proibidas – e o evento segue o código de ética do naturismo, prática que defende um estilo natural, incluindo o nudismo.
No entanto, a festa tem causado polêmica – e não só na internet. Segundo reportagem do Correio 24 horas, a associação de naturismo da região, Associação Massarandupiana de Naturismo (Amanat), discorda do Forró Nu, pois acredita que a festa é de “caráter libidinoso” e estimula a prática de suingue.
“A experiência do forró nu de 2016 foi muito negativa para um povoado indefeso de 700 moradores. O nome de Massarandupió foi inconvenientemente tratado pelas redes sociais e imprensa, sendo que chegou a ser anunciado que o forró nu seria realizado na praia naturista ou até mesmo na praia de Massarandupió”, disse o presidente da associação em nota.
Ainda segundo o Correio, prefeitura avalia o pedido do sítio “Espaço Liberdade” – lugar em que a festa ocorrerá – para a realização do evento. O procurador do município de Entre Rios, onde a praia se localiza, alertou que o espaço precisa ser devidamente cercado para evitar o constrangimento da comunidade. “Se a festa for restrita e a documentação estiver ok, será liberada”, disse Brígido Neto.

Ronaldinho Gaúcho se diverte em noitada com beldades e vídeo viraliza; confira

Se nos gramados Ronaldinho Gaúcho se aproxima do fim da carreira, fora dele o jogador ainda brilha muito. Em vídeo que está circulando nas redes sociais, R10 aparece curtindo uma noitada em grande estilo rodeado de beldades. Uma delas, que esconde o rosto, sobe nas costas do jogador, que grita para a câmera…
“Vai dar m… Quem manda nessa p… é a gente… Coé rapaziadaaaaa…”, diz o Gaúcho.
Membro do time master do Barcelona, Ronaldinho Gaúcho tem rodado o mundo disputando partidas comemorativas. E o que se fala nas redes é que a noitada do vídeo acima foi em um lugar da Europa.

Fonte: Extra

MPF denuncia Murad por contratos irregulares com clínicas oftalmológicas

Prestes a ver o sol nascer quadrado, o ex-secretário de saúde do governo Roseana Sarney, Ricardo Murad, foi acusado desta vez pelo Ministério Público Federal de improbidade administrativa por contratar irregularmente as empresas Oftalmo Day Clinic Ltda (Hospital da Visão do Maranhão) e Clínica Dr. José Afrânio L. de Moraes Ltda, para efetuar serviços médicos especializados em oftalmologia.
Com o olho grande, Murad não enxergou concorrentes e assinou diretamente três contratos com as duas empresas, somados em R$ 6.833.657,78, através de credenciamentos direcionados.
Os dois primeiros nos valores de R$ 923.303,10 com a  Oftalmo Day e R$ 846.425,00 com a Dr. José Afrânio foram pela realização de cirurgias oftalmológicas (fascectomia com implante de lente ocular) durante três meses, de 21 de junho a 21 de setembro de 2011.
Seis dias depois, Murad resolveu dar um grau e mirou sua generosidade exclusivamente para a Oftalmo com um contrato de R$ 5.063.929,68, pelos serviços especializados de assistência em diagnóstico e tratamento de glaucoma, durante 12 meses, de 27 de junho de 2011 a 27 de junho de 2012..
Na ação, o MPF ressalta que os credenciamentos foram feitos secretamente e apenas as duas empresas foram convocadas a participar do certame, a despeito de existirem no Estado outras clínicas aptas a prestar esses serviços.
O procurador da República, Flauberth Martins Alves, que assina a denúncia, observa que não é porque se trata de um procedimento baseado na inexigibilidade de licitação que não se tem o dever de dar publicidade ao ato de credenciamento.
“Ao contrário, nesses casos, a publicidade é mais necessária ainda: se o credenciamento encontra amparo na inexigibilidade para a contratação de todos os interessados, não faz sentido a Administração Pública não tornar público o ato de convocação, pois, caso não seja dada a devida publicidade, muito provavelmente pode haver algum interessado que não tinha ciência do credenciamento; como ocorreu no caso sob análise”, explica.
A falta de divulgação revelou segundo o MPF, o direcionamento e uma clara preferência pelas clínicas Oftalmo Day e Dr. José Afrânio, ambas incluídas na ação ao lado de seus representantes legais Heron Simões dos Santos e José Afrânio Lima de Moraes; onde ainda figura o ex-gestor do Fundo Estadual de Saúde, Sérgio Sena de Carvalho, a luxuosa companhia de Murad em várias outras acusações de desvio de dinheiro público.
O MPF pede a condenação de todos de acordo com o artigo 12 da Lei de Improbidade Administrativa, em gradação a ser fixada pela Justiça.
As penas vão da perda dos direitos políticos em até dez anos ao ressarcimento integral do dano.
Flauberth Martrins, que deu à causa o valor de R$ 6.833.657,78, também pede a condenação nas despesas processuais, e esclarece sobre a impossibilidade de conciliação, considerando a matéria envolvida.

Fonte: Blog do Garrone

SEMA divulga resultado de vistoria no Riacho do Ponte, em Caxias

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) realizou, no dia 27 de maio, uma vistoria ao Riacho do Ponte, no município de Caxias, Estiveram no local, o Secretário de Meio Ambiente, Marcelo Coelho,  o Superintendente de Recursos Hídricos, Raimundo Medeiros, e dos técnicos do Laboratório de Análises Ambientais (LAA/SEMA), acompanhados do Secretário de Agricultura Familiar do Maranhão, Adelmo Soares, vereadores e secretários municipais de meio ambiente da região.
A vistoria ocorreu após a SEMA receber denúncias de que o riacho vem sofrendo com a falta de cuidados da população, que despeja uma grande quantidade de resíduos nas margens do riacho, causando grande degradação ambiental. Portanto, os técnicos do LAA/SEMA coletaram amostras de água em quatro pontos do riacho e da Estação de Tratamento de Água de Caxias, a fim de obter o diagnóstico da real situação deste afluente. Os resultados das análises constataram que, apesar de haver a presença de resíduos sólidos, o riacho possui boas condições de balneabilidade, de acordo com o art. 2º da Resolução CONAMA 274/2000.
Entretanto, os níveis de acidez e de oxigênio dissolvido estão em dissonância com o especificado na resolução CONAMA 357/2000, o que prejudica a fauna e a flora que necessitam do riacho para sua subsistência. Os resultados das análises na Estação de Tratamento de Água do município de Caxias, por sua vez, atendem às resoluções CONAMA 357/2005 e Portaria MS n° 2914/2011.
O Secretário Marcelo Coelho afirmou que “o Governador Flávio Dino tem um grande compromisso com as áreas ambientais e em como preservá-las. Portanto, vamos recuperar o Riacho do Ponte o quanto antes para trazer de volta um importante ponto turístico e de lazer para a cidade de Caxias”.
Então, logo organizou uma reunião técnicos da SEMA e representantes de movimentos que lutam pela preservação do Riacho, onde foram planejados trabalhos de recuperação do mesmo.

Ascom

Governo do Estado, CEMAR e Prefeitura de Codó irão construir Escola Digna na Fazenda São Francisco

Em parceria com o governo do Estado e a Companhia Energética do Maranhão (CEMAR), a prefeitura de Codó iniciou a construção de uma escola na Localidade Fazenda São Francisco. A ação faz do Programa Escola Digna, que prevê a construção de 05 escolas de alvenaria na zona rural, sendo esta com recursos financeiros da CEMAR no valor de 500 mil reais.
E foi com a finalidade de conhecer o projeto apoiado por eles que representes da CEMAR estiveram na localidade em companhia do prefeito Francisco Nagib e secretários, para uma visitar técnica onde constataram in loco a situação inadequada em que estudam 17 alunos nas modalidades: educação infantil e fundamental. A situação inadequada, se depender do prefeito Nagib deixar de existir em breve.
Estamos aqui fazendo esta visita, onde construiremos esta nova escola, em parceira com o Estado e a CEMAR, num investimento de meio milhão. Estamos fazendo a nossa parte, refizemos a estrada, planamos o terreno e estamos colocando a nossa mão de obra, gerando empregos e renda para os codoenses. E por meio da nucleação iremos beneficiar cerca de duzentos alunos da região”, explicou o prefeito.
A Escola Elizabeth de Carvalho está sendo construída com 02 salas e terá toda estrutura necessária para praticas pedagógicas em um ambiente digno. O gerente de serviços compartilhados da CEMAR, Carlos Afonso, disse que a equipe está certa de que o programa de grande valor social. Receber o prefeito com sua equipe e os representes da CEMAR foi um momento marcante para todos, sobretudo para os pais de alunos que comemoraram, não só um local digno para educação dos filhos, como o emprego que conquistaram.

Ascom

Governador lança Juros Zero com empréstimos de até R$ 20 mil para pequenos empresários

O governador Flávio Dino lançou oficialmente nesta sexta-feira (09) o programa Maranhão Juros Zero, para ajudar principalmente as micro e pequenas empresas do estado. Os empreendedores poderão ter acesso a empréstimos bancários de até R$ 20 mil sem o peso dos juros.
O dinheiro pode ser usado para ampliar os negócios, comprar equipamentos ou formar capital de giro. O interessado vai até uma agência do Banco do Brasil, que verifica se ele atende os critérios para o financiamento.
Caso atenda, o empréstimo é liberado e as parcelas passam a ser cobradas mensalmente. Caso o empresário pague em dia e sem atrasos, o Governo do Maranhão devolve a ele o valor do juro cobrado pelo banco. Ou seja, ao final do empréstimo, o empresário terá recebido de volta toda o juro cobrado.
Microempresários ou proprietários de empresas de pequeno porte, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões, podem se cadastrar até 30 de novembro.
Flávio afirmou que o programa vai ajudar o empresário a recuperar a capacidade de empreender e, se for o caso, a limpar o nome. “O Banco do Brasil vai dispor até R$ 100 milhões, e nós vamos pagar os juros”, acrescentou, referindo-se à primeira etapa do programa.

Ascom

Pastor Max entra em defesa do parlamento codoense e fala sobre a luta pela geração de renda

Em seu discurso da semana, o vereador Pastor Max falou sobre a importância da câmara municipal, como palco das discussões dos principais assuntos da cidade e falou sobre a luta dos vereadores em encontrarem soluções e idéias para o enfrentamento da crise pela qual passa todo o país.
Esta casa é o lugar mais democrático de nossa cidade. Aqui temos a oposição e a situação, cada qual cumprindo seu papel. Os problemas de nossa cidade e as demandas de nosso povo são aqui resolvidos através do diálogo e a parceria em o Executivo Municipal. A democracia é vivida desta forma e temos que respeitar todas as opiniões”.
Acidade que queremos
O edil explanou sobre a atual conjuntura, pelas dificuldades pela qual passa o país e todos os seus municípios, incluindo Codó. “Tanto a oposição, quanto todos os outros seguimentos precisam entender as diferenças e divergências de idéias. No entanto, para fazermos a cidade que queremos, todos temos que ter espaço, dentro de um nível de respeito e responsabilidade. Todos nós parlamentares estamos lutando pelas pessoas que estão passando por alguma dificuldade. Não me escondo das pessoas e nem do povo. Ando de cabeça erguida. Infelizmente ainda existem pessoas que fazem declarações apenas por especulação e suposição”.
Papel dos vereadores
Pastor Max também lembrou que o desenvolvimento da cidade e as melhorias recentes também passaram pelo legislativo. “Recentemente nosso município passou por uma série de conquistas importantes para o nosso povo. Quase todas essas conquistas tiveram e tem a luta, o suor, a fala o tempo de algum colega vereador. O vereador é o pára-choque das questões sociais. É o pára-choque das questões políticas e das questões estruturais. É papel nosso cobrar, fiscalizar e reivindicar. No entanto, precisamos harmonia para solucionar efetivamente nossos problemas. O legislativo está na linha de frente entre os anseios do povo e o que o poder público pode oferecer a seus munícipes. Estamos lutando e dialogando com representantes de todas as classes, como os agentes de endemias e os auxiliares administrativos. Ma infelizmente muitos não se lembram disso”.
A luta pela chegada do Viva Cidadão para Codó também foi lembrada pelo parlamentar. “Quantos requerimentos? Quantas vezes não escutamos colegas pedindo pela vinda do Viva Cidadão? Quantas vezes fomos em comitiva pedir ao Governo do Estado para que esse beneficio social chegasse a nossa cidade?. Em quantas audiências públicas não colocamos isso em pauta?. Mas na tão demorada inauguração muitos responsáveis apareceram, mas o esforço da Câmara Municipal de Codó não foi nem ressaltado, com a exceção do prefeito, que nos fez a devida referência”.
Em tom de desabafo, pastor Max lamentou o esquecimento e a incompreensão de alguns e parabenizou aos colegas de parlamento por toda a luta e as significativas conquistas alcançadas na atual legislatura.

Ascom

Lobão cometeu crime de corrupção e lavagem de dinheiro em Angra 3, aponta PF

A Polícia Federal atribuiu ao senador Edson Lobão (PMDB) os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na conclusão do inquérito sobre suposto pagamento de propina a senadores do PMDB, na licitação da montagem eletromecânica da Usina de Angra 3, no Rio de Janeiro, informou a Revista Veja.
Além de Lobão, os crimes também foram apontados aos senadores Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RR), todos caciques do PMDB.
A obra custou R$ 3,1 bilhões a propina teria sido de R$ 65 milhões, paga pelo Consórcio Angramon formado pelas empresas Andrade Gutierrez, Odebrecht, UTC, Camargo Côrrea, Techint, Ebe e Queiroz Galvão. Segundo a delegada federal Graziela Machado da Costa e Silva, “ficou claro que os senadores foram remunerados pela representatividade dentro do PMDB e deste no Ministério das Minas e Energia”.
As investigações começaram em 2015, quando o empresário Ricardo Pessoa, ligado a UTC Engenharia, afirmou em delação que existia uma rede de  tráfico de influência na contratação do Consórcio. Todo o processo surgiu no âmbito da Operação Lava Jato.

Fonte: Marrapa.com

Primo de Francisco Nagib é mais um insatisfeito com seu governo

A situação do prefeito de Codó, Francisco Nagib, não está nada agradável. As várias medidas antipopulares tomadas pelo jovem gestor fizeram sua popularidade cair de forma drástica e uma grande parcela da população codoense está insatisfeita com seu governo.
Jamil Buzar – Primo de Nagib
Vários são os motivos para este fenômeno, ruas esburacadas, demissões em massa e escolas sem merenda, são apenas algumas das causas que fizeram com que o jovem Francisco Nagib se transformasse no mais odiado prefeito da história política de Codó.
Uma prova da grande impopularidade de Francisco Nagib foi um comentário feito por um primo do prefeito em um grupo de WhatsApp. Jamill Buzar, que é bastante conhecido na cidade de Codó, disse na publicação que constantemente recebe mensagens de pessoas insatisfeitas com o governo de Nagib e afirma que apesar do prefeito ser seu primo ele (Jamil) é a favor do povo.

PERIGO – Caminhão é flagrado transportando madeira ilegalmente na Zona Urbana de Codó

Um caminhão foi flagrado por nossa reportagem, na última terça-feira (06), transportando madeira de forma perigosa, na Avenida João Ribeiro, bairro São Sebastião, Zona Urbana de Codó. Sem apresentar equipamentos de segurança para transportar madeira na carroceria, como lona, o caminhão trafegou livremente pela via, sem qualquer inspeção por parte dos órgãos fiscalizadores.
A única medida de proteção adotada era feita com as próprias madeiras transportadas. Motoristas, ciclistas, motociclistas e pedestres temiam que um acidente pudesse acontecer, caso um pedaço de madeira caísse da carroceria do caminhão. Houve um momento em que o caminhão fez um movimento mais brusco e por pouco não caíram pedaços de madeira sobre o asfalto.
LEGISLAÇÃO
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), diz que a lona ou tela, que deve proteger a carga transportada, é um equipamento obrigatório dos caminhões, conforme o Decreto nº 4.711, de 29 de maio de 2003. Muitos veículos até possuem a lona, mas não utilizam do material. Com base no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a multa para quem descumprir as regras é de R$ 127,69 além de cinco pontos na carteira, sendo considerada infração grave.

Funcionários do SAMU continuam reclamando da falta de pagamento das diárias

Os servidores lotados no Serviço de Atendimento Móvel – SAMU de Codó estão indignados com o tratamento dado a eles pela atual gestão municipal.
Acontece que de acordo com o Estatuto do Servidor Municipal de Codó, “o servidor que se deslocar para fora da cidade, fará jus a diárias proporcional ao período em que estiver a serviço do órgão ao qual está lotado”, acontece que atualmente, o governo dito técnico tem tolhido o direito do servidor de viajar já com as diárias na conta, assim manda a lógica.
Vamos exemplificar aqui: “uma equipe de plantão, recebe a missão de fazer o transporte de um paciente até outra cidade, porém, não podemos esquecer que o paciente deverá ser acompanhado de um médico (de acordo com a gravidade), um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um motorista, comumente, estes servidores se deslocam para Coroatá, Presidente Dutra, Caxias, Teresina, Timon e São Luis a estes que se deslocam e durante a viagem precisam se alimentar, beber, etc, acabam tendo que tirar do próprio bolso o recursos para arcar com suas necessidades, a estes faz se necessário o pagamento de diárias.
De acordo com relatos dos servidores, as diárias atrasadas estão na geladeira e a secretária tenta enrolá-los, mandando pessoas que não têm o poder de resolver nada para fazer reuniões com os prejudicados.
Vejo com tristeza, pois certamente, assim como dois e dois são quatro, a Secretária de Saúde em suas viagens a serviço, não abre mão de sair da cidade sem as diárias na conta, ou mesmo para cair na conta no mínimo espaço de tempo possível.

Fonte: Blog do Bezerra