Confira o relatório do mês de março do Blog do Marco Silva

O Blog do Marco Silva fechou o mês de março com um grande número de acessos, comentários e matérias publicadas. Confira o relatório completo:
Número de acessos (visualizações): 36.890
Número de matérias publicadas: 157
Número de comentários: 109
Matérias produzidas (escritas pelo próprio jornalista Marco Silva): 72
Matérias de assessorias (escritas por assessores de políticos e empresas): 45
Matérias republicadas (Copiadas de outros blogs e portais de notícias): 40
 
Muito obrigado a todos os leitores do Blog do Marco Silva.

Reveja a matéria sobre o codoense que conquistou a confiança do governador Flávio Dino

No dia 15 de dezembro de 2016 publicamos aqui no Blog uma matéria sobre o codoense Marcelo Coelho, a matéria teve um grande número de acessos e republicamos hoje para os leitores que não viram e para aqueles que desejam ler novamente.
Confira:
O codoense Marcelo Coelho têm demonstrado que conquistou a confiança do governador Flávio Dino. A demissão do atual secretário Estadual de Meio Ambiente era tida como certa após a revolta do senador Roberto Rocha, que abandonou o governador e passou a atacá-lo com frequência, inclusive nas redes sociais.
E no meio dessa maré agitada estava Marcelo Coelho que foi indicado por Roberto Rocha para comandar a problemática pasta do meio ambiente no governo de Flávio Dino. O codoense não seguiu as loucuras do amigo senador e se manteve firme ao lado do governador, que agora o tem como amigo e homem de confiança, a comprovação disso é que quando o governador não está presente, Marcelo Coelho tem sido escolhido para receber em seu gabinete diversos prefeitos eleitos de várias regiões do Maranhão.
A foto abaixo, postada por Marcelo Coelho em seu perfil oficial no Facebook, é uma prova disso. Confira:

Flávio Dino visita Lula em São Paulo

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), esteve nesta sexta-feira (31) na sede do Instituto Lula, em São Paulo, onde se reuniu com o ex-presidente e conversou sobre temas ligados à crise institucional por que passa o país e quais as soluções a buscar para deixar a retração sem penalizar aqueles em situação econômica mais precária.
 “Vim para falar e ouvir do ex-presidente Lula sobre formas para retomar a trajetória de desenvolvimento com justiça social. No quadro atual, de crise profunda das instituições, é preciso buscar uma solução que seja positiva para a maioria do povo. Precisamos retomar a ideia de que o Brasil não é programado para o fracasso”, explicou o governador.
Dino e Lula falaram também de um ponto de vista que têm em comum, sobre o que é prioridade atualmente dentro do fazer político de esquerda. “O fundamental é garantir que os poucos recursos públicos disponíveis em uma conjuntura de crise sejam aplicados na direção correta, priorizando os serviços públicos e o acesso a direitos. Este deve ser o núcleo programático da esquerda no Brasil, reabrir a porta aos direitos. àqueles que mais precisam.”
O governador exemplificou como a teoria se transforma em prática em sua administração no Maranhão. Hoje, o salário inicial de um professor da rede pública do Estado é de R$ 5,3 mil (regime de 40 horas semanais), o maior valor do Nordeste e um dos maiores do país. Em tempos de crise que deterioram e reduzem o raio de ação do serviço público, o Maranhão tem caminhado na rota oposta. “Temos conseguido manter os serviços públicos funcionando e aprimorando a sua qualidade, ainda que ampliando as ações. Ao mesmo tempo que já reformamos 547 escolas, construímos mais de 200 unidades novas. Estamos caminhando na direção do verdadeiro desenvolvimento, que tem que ser inclusivo”.

Fonte: John Cutrim

“Roseana já mandou procurar as lideranças”, diz deputado sobre eleição ao governo

Roseana Sarney ao lado do senador João Alberto e o filho deputado João Marcelo

      Roseana Sarney ao lado do senador João Alberto e o filho deputado João Marcelo

O editor do Blog do Luis Pablo conversou com o deputado federal João Marcelo (PMDB-MA), filho do senador João Alberto, sobre a movimentação do grupo Sarney na corrida eleitoral ao Governo do Maranhão, em 2018.
João Marcelo disse que a ex-governadora Roseana Sarney é a candidata para disputar eleição contra o governador Flávio Dino (PCdoB). “Ela é a nossa candidata e deverá se pronunciar no segundo semestre. Está morando em Brasília para se articular com a nacional”, disse o parlamentar.
O peemedebista falou ainda que, na semana passada, Roseana autorizou o grupo político a procurar as lideranças no Estado para informar que vai ser candidata a governadora, no próximo ano.
“Eu e o deputado federal Victor Mendes nos reunimos com ela [Roseana] em Brasília. Roseana disse que a gente já pode procurar os prefeitos e lideranças para dizer que ela vai entrar na disputa. Inclusive o próprio Sarney já está reafirmando que a filha vai ser candidata novamente”, revelou João Marcelo.
Sobre a possibilidade do seu pai, João Alberto, ser o plano “B” do grupo para entrar na disputa ao governo, João Marcelo disse que desde o início foi colocado essa possibilidade e que o senador está à disposição do grupo.
“Desde o início que o nome dele [João Alberto] foi colocado para ser o candidato, caso Roseana não entre na disputa. Mas o nome para enfrentar Flávio será o dela e já foi definido”, falou o deputado.

Fonte: Luis Pablo

Nagib vai dar um carro zero km para quem provar que seu governo está cobrando imposto milionário do Paraíba

Começou a circular de forma maciça nas redes sociais uma mensagem afirmando que o Armazém Paraíba iria fechar por causa de uma cobrança milionária que estava sendo feita pelo prefeito Francisco Nagib. A mensagem saiu da internet e ganhou as ruas da cidade, apesar de parecer um absurdo muitas pessoas estão acreditando que o boato é verdade.
O Prefeito Francisco Nagib recebeu essa mesma mensagem e lançou um desafio muito interessante para os codoenses. Confira:

Vereador Pastor Max preconiza atendimento humanizado para a saúde do município

O vereador Pastor Max, em sua pauta semanal, ponderou sobre os últimos acontecimentos no HGM. O edil iniciou suas palavras lamentando os falecimentos ocorridos. “Primeiro compartilhando do mesmo sentimento de indignação e revolta de vários irmãos evangélicos e familiares pela morte irreparável da irmã Ednalda Alves da Silva Cunha, ocorrida de forma trágica e irresponsável. Falo irresponsável, porque pelos relatos obtidos por meio da mídia social, uma série de fatores levou a esta terrível situação. A falta de humanização de vários profissionais do serviço de saúde que atenderam o caso foi decisiva para que este mal acontecesse”.
Max relatou que já fora vítima do mau atendimento e da falta de humanização, principalmente por alguns médicos. “Se queremos uma saúde pública de qualidade é preciso compromisso de quem está diretamente lidando com as patologias do nosso povo. Precisamos urgentemente de melhores condições? Sim, é claro, mas precisamos urgentemente também de uma política pública de humanização, que deve ser iniciada pelos gestores do sistema de saúde em todos os níveis, pois eles são os principais responsáveis pela qualidade do atendimento. Humanização significa elevado senso ético, respeito pela Pessoa Humana, pela Vida Humana, pela Vida com Dignidade, isto é o que consolida a Cidadania”.
Mudanças no HGM
O parlamentar citou a Constituição de 1988, na qual a saúde pública é tratada como direito fundamental, derivando do direito mais básico do ser humano: a vida. “É inadmissível que um médico, ou seja lá quem for, ao observar uma paciente grávida de gêmeos, com 42 anos de idade, mandar que a mesma retorne para sua residência porque não está no momento de parir. Tenho certeza que o Prefeito Francisco Nagib que não estava em Codó quando esse fato aconteceu, tomará as providências imediatas para que outras tragédias como esta não venham a se repetir”. (Nesta quarta-feira, dia 29, o prefeito mudou a direção administrativa do HGM).
Luta pelas comunidades rurais
Encerrando, o vereador Pastor Max falou de sua luta e do colega de parlamento, vereador Valdekc Frota, em prol de várias comunidades rurais de Codó, que ocuparam a Secretaria de Agricultura Familiar em São Luís em busca dos seus direitos e de respostas para MA-026. “Daquela ocupação ficou acertado que os secretários responsáveis pelas pastas estariam aqui em Codó na última quarta-feira e assim aconteceu. Mas uma vez eu e o Vereador Valdekc Frota estivemos ali juntamente com as comunidades cobrando este benefício que vai muito além de uma simples estrada, ali passa direitos inalienáveis de parte do nosso povo, como saúde, educação, etc.”
Em 60 dias, os parlamentares terão encontro com a equipe do governo para uma definição da solução do problema. Durante o período será feito um paliativo para que as comunidades não sejam prejudicadas no seu direito de ir e vir.
Ascom

Felipe Camarão garante que escola Matta Roma será reformada ainda este ano

O Centro de Ensino Luzenir Matta Roma é considerada a maior instituição de ensino médio do município de Codó, e há vários anos enfrenta diversos problemas de infraestrutura, como infiltrações nas salas de aula, iluminação insuficiente, carteiras, ventiladores e pisos quebrados, falta segurança e banheiros em condições impróprias para uso. A situação tem causado sérios prejuízos e transtornos aos estudantes, no que diz respeito à falta de condições dignas e apropriadas para o estudo, fatores que refletem no aprendizado e no desempenho dos mesmos.
          Francisco Nagib, Felipe Camarão e César Pires – durante a inauguração da escola do Km 17
O governo do estado do Maranhão está fazendo uma série de obras de restruturação da rede estadual de ensino, que inclui construção de novas escolas e requalificação de outras. O governado calcula que cerca de 400 unidades já foram recuperadas na gestão do Governador Flávio Dino. As informações foram repassadas pelo Secretário de Estado da Educação – Felipe Camarão, que em recente visita ao município de Codó, garantiu ao blog do Marco Silva que a escola Matta Roma será reformada ainda este ano.
“Nós temos hoje 1202 escolas mapeadas na rede estadual, quase mil delas nós recebemos em estado precaríssimo, uma delas infelizmente foi a escola Matta Roma, que já está em nosso cronograma requalificação. O governador Flávio Dino recebeu o apelo da comunidade escolar, um abaixo assinado solicitando a reforma da escola e a construção da quadra, nós já atendemos em parte porque a construção da quadra já está garantida, a empresa vai iniciar os trabalhos, e obviamente que nós não deixaremos uma quadra novinha para uma escola inadequada. Sabemos a importância que a escola tem para a cidade de Codó, quero assegurar que até o segundo semestre a escola será melhorada, passando por esse investimento na requalificação da sua estrutura”, garantiu o secretário.

Outro problema enfrentado pelos estudantes da instituição de ensino é a falta de um local adequado para a prática de esportes. Uma placa foi fixada na escola no final do ano passado informando que seria construída uma quadra poliesportiva coberta com vestiários. Objeto de parceria entre o governo do estado do Maranhão e Governo Federal, a obra prevê investimento no valor estimado de R$520.327,47. No entanto a CAPA Construções, empresa responsável pela obra, parou os trabalhos no local.
Felipe Camarão explicou o motivo da paralização e garantiu que até o próximo mês as obras serão restabelecidas.
“A quadra vai ter suas obras iniciadas nos próximos dias, esse próximo mês no máximo, a gente vai sentar com a SINFRA (Secretaria de Estado de Infraestrutura), porque a obra já foi licitada, já foi contratada e já foi emitida a ordem de serviço. Nós temos hoje 60 quadras em andamento e algumas empresas estão com esse problema, algumas pegaram mais de uma obra e estão tendo dificuldades para iniciar na a construção na data especificada. Então vamos sentar junto com a SINFRA e junto com as empresas para justamente definir esse cronograma”, disse.

Programa Mais Renda irá proporcionar oportunidades de negócios aos pequenos empreendedores em Codó

Uma das promessas do prefeito Francisco Nagib foi fomentar o empreendedorismo entre os trabalhadores informais de Codó. Na manhã desta quarta-feira (29) o Prefeito, acompanhado da Primeira Dama e Secretária de Desenvolvimento Social, Agnes Oliveira, a Coordenadora do Mais Renda, Ana Cristina e da Diretora do Departamento de Proteção Básica, Rosa Vasconcelos, beneficiou 100 famílias com instrumentos de trabalho no ramo da beleza e de alimentos. A ação foi por meio do Programa Mais Renda, parceria entre Estado e Município que incentivará a livre iniciativa e o microempreendedorismo no município de Codó
A apresentação e a seleção do Programa, aconteceu no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEUS). De acordo com a Coordenadora do Programa Mais Renda, Ana Cristina, programa irá transformar as vidas de trabalhadores do mercado informal e dar mais ânimo para que pequenos comerciantes possam conquistar seu espaço comercial e sua renda por meio do trabalho, mesmo que seja simples. “É uma grande oportunidade. Para os comerciantes menos favorecidos possam ter motivação para seguir com seu micro negócio”.
O programa, que será executando em 03 etapas, tem como público alvo beneficiários do Bolsa família, que já trabalhe ou pretenda montar e expandi seu próprio negócio. Para o setor de alimentos, o governo vai entregar carrinhos de lanches, e 50 kits para manicure e cabeleireira: neste ramo são estufas, alicates, esmaltes, lavatórios, escova, máquina para corte de cabelo e outros.
O programa vai oportunizar a inclusão socioprodutiva de 100 famílias em situação de vulnerabilidade social em Codó, por meio da inserção, organização e estruturação de pequenos empreendimentos, visando a ampliação da renda e a melhoria da qualidade de vida de pequenos empreendedores e de suas famílias”, explicou a Secretária de Desenvolvimento Social, Agnes Oliveira
Em Codó, os beneficiados foram selecionados por meio do Cadastro Único – aqueles que possuíam renda mensal per capta de até meio salário mínimo e de posterior aplicação de um questionário de identificação de perfil para enquadramento no programa. O setor de alimentos foi definido de forma estratégica, observando a demanda das famílias.
Motivado a desenvolver ações que propicie a independência financeira das famílias, o prefeito Francisco Nagib está certo que este programa vai fomentar o crescimento microempreendedoríssimo em Codó. “Era uma das ações que mais esperava realizar agora em nosso início de governo. Pois acredito na livre iniciativa, no empreendedorismo, na força de vontade de crescer, no trabalho e na garra de nosso povo. Um povo humilde, trabalhador, mais que quer crescer. Estamos entregando todos os mecanismos para que eles se desenvolvam empresarialmente e prosperem, levando mais renda e conforto a suas famílias”.
Ascom PMC.

Moradores cultivam Mamão no meio de uma rua de Codó

Uma imagem que está circulando as redes sociais mostra moradores da Rua Presidente Figueiredo, na Vila Camilo, “cultivando” mamão no meio da via.
O plantio do mamoeiro no meio de uma rua foi a forma encontrada pelos moradores de protestarem de forma pacifica e bem humorada, pois a havia está cheia de muitos buracos e praticamente intransitável.
“Estamos pacificamente realizando esse protesto como um meio para chamar a atenção das autoridades para o nosso problema, esperamos que finalmente eles possam nos enxergar”, disse um dos moradores.
Entramos em contato com o Poder Público Municipal que garantiu que a Rua Henrique Figueiredo está entre as vias que passarão por recuperação nos próximos dias.
Também entramos em contato com o SAAE que nos garantiu que o problema causado pelo rompimento da tubulação de esgoto será solucionado ainda hoje.

SEMA fecha útimos detalhes do Plano Estadual de Educação Ambiental

A SEMA apresentou, nesta terça-feira (28.03), a versão preliminar do Plano Estadual de Educação Ambiental na 1ª Reunião Ordinária da Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental – CIEA –MA, em 2017. Na ocasião, os membros da CIEA discutiram sobre o documento apresentado e puderam fazer alterações no mesmo.

O próximo passo será a publicação do PEEA no site da SEMA (www.sema.ma.gov.br) por 30 dias para consulta pública, em seguida o referido Plano será aprovado por meio de Lei. O principal objetivo do Plano Estadual de Educação Ambiental é a implementação da Política Estadual de Educação Ambiental (Lei 9.279/2010).

O processo de elaboração do PEEA-MA aconteceu de forma participativa, com a presença de diversos setores da sociedade maranhense, como cooperativas, associações, sindicatos, entidades de classe, políticos executivos, dirigentes, ONGs, gestores ambientais, professores e lideranças comunitárias, que acompanharam, divulgaram e validaram o documento, sob a supervisão da CIEA-MA.

Os seminários com a participação desses atores foi uma forma de conhecer a opinião e reunir propostas a respeito das políticas que orientarão as ações de educação ambiental em todo o Maranhão. “Os seminários foram significativos e ímpares. Todos os 217 municípios foram ouvidos, colocaram suas propostas, de acordo com sua realidade”, explicou o Secretário de Meio Ambiente, Marcelo Coelho.

O gestor, ainda, completou: “O Maranhão será o terceiro Estado do Brasil a ter o Plano de Educação Ambiental. E esse não é um trabalho fácil. Em todas as unidades regionais de educação foi feito um trabalho de socialização e conscientização para que esse fosse um trabalho com bons resultados. Não é só combater e fiscalizar os crimes ambientais, mas trabalhar a conscientização da população”.

Ascom

Receita Federal apreende 3 mil munições para fuzil ocultas no painel de um veículo

Durante fiscalização de rotina no Posto Fiscal Leão da Fronteira, dia 25 de março, por volta das 13h, os servidores da Inspetoria da Receita Federal em Mundo Novo/MS, fronteira com o Paraguai, apreenderam 3 mil munições calibre .556.
O veículo de placas de Maringá/PR, conduzido por um homem de 33 anos, entrou no Brasil, proveniente do Paraguai. Durante a abordagem, o motorista apresentou contradições e nervosismo. Os servidores aduaneiros resolveram fazer busca minuciosa no interior do veículo.
No compartimento no painel, foram descobertas 3 mil munições. Segundo o infrator, ele receberia R$ 3 mil para levar o carro até Maringá.
Muito utilizadas por facções criminosas ligadas ao tráfico de drogas e assalto a bancos, as munições são do calibre .556.
O homem foi preso em flagrante por tráfico internacional de munições e encaminhado para a Polícia Federal com as munições.

Fonte: Receita Federal

Professora de Jornalismo da Facema tem projeto de pesquisa selecionado para participar do 26º COMPÓS

A Profª Msc. Thamyres Sousa de Oliveira do curso de Jornalismo da Facema teve o seu projeto de pesquisa “O jornalismo piauiense e a censura em tempo de estado novo”, selecionado em primeiro lugar para concorrer ao prêmio na categoria de dissertação, no 26º Encontro COMPÓS – Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, entre os dias 06 a 09 de junho em São Paulo.  A COMPÓS é um evento que tem como objetivo promover o intercâmbio de acadêmico entre os pesquisadores dos vários Programas do país, através de encontros anuais, estruturados sob a forma de Grupos de Trabalhos (GTs), onde são apresentados e debatidos estudos que buscam refletir sobre o avanço científico, tecnológico e cultural no campo da comunicação.
Prof._Thamyres

Para a Mestre Thamyres Sousa, a escolha de sua dissertação, entre 10 outros trabalhos selecionados é uma conquista. “Muito feliz com essa oportunidade de pode representar o Piauí e o programa de pós-graduação em comunicação da UFPI nesse evento que é um dos maiores da América Latina na área de comunicação. E essa conquista é também de grande importância para o Jornalismo da Facema, pois vai motivar ainda mais os alunos do curso a buscarem mais o campo da pesquisa científica, é claro, sem deixar de lado, o conhecimento do ensino e da extensão.”

Exemplo disso é o trabalho de orientação que a professora vem desenvolvendo junto às alunas do 2º período de Jornalismo, as bolsistas Glenda de Carvalho Assunção e Mayrla Frazão de Lima, que tiveram ainda no primeiro período o projeto pesquisa:Deu zika: o jornal o estado do maranhão e a produção de notícias sobre o zika vírus”, aprovado pela Fapema.

Fonte: Portal Facema

Mais um codoense morre devido a precariedade do HGM de Codó

Era por volta das duas horas da manhã desta quarta-feira quando o senhor Augusto Pereira da Silva, de 73 anos de idade, deu entrada no Hospital Geral Municipal sentindo fortes dores no peito. Somente às três da manhã uma equipe médica apareceu no local para atender o idoso que já estava a uma hora a espera de atendimento, que faleceu meia hora depois dentro do hospital.

Um neto da vítima relata que os enfermeiros e o médico estavam dormindo e por isso demoraram a realizar os procedimentos necessários, a testemunha, que estava presente no local, relatou também que os enfermeiros aparentavam ser estagiários pois não sabiam nem ligar o aparelho reanimador e que um deles recomendou que a família levasse o idoso para ser atendido na Unidade de Pronto Atendimento – UPA, mais a sua transferência foi negada por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, que estava presente no local e teriam alegado que não iriam fazer a transferência porque no outro local o paciente também não receberia o atendimento adequado.

A família do senhor Augusto Pereira da Silva que residia na rua Nina Rodrigues, Bairro Santo Antônio, disse que vai entrar com uma ação na justiça contra o poder público municipal, pois eles relatam que ouve falta de profissionalismo, equipamentos e medicamentos.

A morte do idoso de 73 anos de idade entra nas estatísticas mórbidas do HGM, que já registrou várias mortes desde que passou a ser administrado pela equipe do novo governante do município.

Prefeito Francisco Nagib demite diretor do HGM e anuncia novas alterações no Hospital ainda esta semana

O prefeito Francisco Nagib (PDT) demitiu na manhã desta quarta-feira (29), o diretor do Hospital Geral Municipal (HGM), Messias Neves. Nagib esteve esta semana no HGM e constatou vários problemas dentro da unidade e anunciou que tomaria medidas urgentes para mudar a situação atual do Hospital que virou alvo nos últimos dias de denúncias, inclusive de negligência.

Em uma semana, duas mulheres morreram e três crianças, sendo que uma das mulheres que entraram em óbito estava gravida de gêmeos. As crianças também morreram. Foi a primeira substituição feita pelo gestor nos três meses de governo. E não vai parar por aí. Haverá novas substituições no HGM ainda esta semana, segundo informou o prefeito ao Blog na manhã desta quarta-feira.

Messias Neves não ficou sem emprego. Nagib o encaminhou para o setor de média e alta complexidade e ficará na Secretaria de Saúde onde vai dá suporte ao HGM e Samu. Por enquanto só na área de média complexidade, já que o Hospital passará a atender alta complexidade somente quando for implantada a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Para o cargo de diretor do HGM, Nagib contratou a ex-gestora do Hospital Geral de Peritoró, atualmente responde por uma unidade hospitalar em São Luís/MA. A nova diretora do HGM se chama Ester e assumirá o cargo ainda nesta quarta-feira. As próximas alterações no hospital, serão divulgadas até o fim de semana.

Fonte: Correio codoense

Vereadores se manifestam sobre o caso da dona Ednalda e seus filhos gêmeos que faleceram dentro do HGM

Ainda continua repercutindo muito o falecimento na semana passada da senhora grávida e seus dois bebês gêmeos que estavam na barriga da mãe (reveja). As mortes das três vítimas aconteceram dentro do HGM e até o presente momento não foram esclarecidas pelo poder público municipal.

Nesta segunda-feira (27) alguns vereadores que participaram da sétima sessão ordinária da Câmara Municipal de Codó usaram seus pronunciamentos na tribuna da casa para falarem sobre o lamentável episódio que tirou a vida de três codoenses.

Veja e ouça o que eles disseram:

VEREADOR RODRIGO FIGUEIREDO:

“Essa senhora faleceu no HGM por falta de estrutura do hospital para atender e realizar o parto dessa senhora, as famílias dizem uma coisa e a prefeitura diz outra e eu fico com o que diz a família, o marido da senhora relata que ela chegou viva no hospital, que ela faleceu no hospital e o que é mais triste ele relata, o pai das crianças, que depois que a senhora morreu as crianças ficaram ainda por um tempo mexendo dentro da sua barriga. Aonde que nós estamos população de Codó? Com um governo fraco, um governo incompetente, um governo insensível desse!, lamentou Rodrigo Figueiredo.

VEREADOR LEONEL FILHO:

É um ou dois querem fazer sensacionalismo em torno disso, as vezes um quer fazer uma algazarra em uma situação tão delicada que a família até esse momento que pega um parente que não sabe nem o que responder, fica mudo, ai é claro que vai ter o desabafo, vai ter o desabafo nessa hora e vai emocionar a gente porque ninguém… (inaudível), a gente só lamentar muito e as providencias vão ser tomadas”, tentou defender Leonel.

VEREADOR JUNIOR OLIVEIRA

“É delicado esse caso, é ruim para a gente está abordando isso, mas eu não acredito que o Dr. Osnir tenha sido negligente com um caso desse. Com o conhecimento que ele tem, com a competência que ele tem e com o comprometimento que ele tem, é por isso que eu pedi para a gente analisar o caso com carinho, pra gente não sair as vezes falando o que não aconteceu. Nós não podemos chegar, chegar quem não é médico, chegar e sair dizendo que aconteceu isso e aquilo, pois é o médico é que sabe os procedimentos que tem que ser feito, palavras de Junior Oliveira.

VEREADOR PASTOR MAX

“Porque pelos relatos obtidos através da mídia social uma série de fatores levaram a esta terrível situação, mais uma eu destaco, a falta de humanização de vários profissionais do serviço de saúde que atenderam o caso e que foi decisivo para que este mal acontecesse, lamentou Pastor Max.

VEREADOR EXPEDITO CARNEIRO:

É lamentável, a gente se sensibiliza bastante com os familiares, eu acho que só quem passa é que sabe dizer a dor, nós também temos que se colocar no lugar da família (…), assim como também como o vereador Domingos Reis falou que nosso prefeito tenho certeza que irá tomar todas as providencias cabíveis para dar uma resposta a sociedade, a sociedade precisa de uma reposta, os familiares das pessoas precisam de uma reposta”, disse Expedito Carneiro.

error: O conteúdo está protegido !!