Andrea Murad vai a PGJ contra evento de Lula no Palácio dos Leões

A líder da oposição, deputada Andrea Murad (PMDB), protocolou nesta segunda-feira (11) uma representação na Procuradoria Geral de Justiça para que seja apurada denúncia sobre o uso da estrutura do governo no apoio ao evento político partidário promovido pelo PT no último dia 5 de setembro. O evento aconteceu na frente do Palácio dos Leões que, segundo a parlamentar, serviu de “camarim” para lideranças políticas que acompanharam o ex-presidente Lula em ato visando as eleições 2018.
“Nada contra, absolutamente nada contra o ex-presidente Lula, mas me questiono, por que o governador Flávio Dino escolheu aquele local com fundo para o Palácio dos Leões, o Palácio servindo de camarim para o ex-presidente Lula e toda a comitiva. Mais precisamente para o governador Flávio Dino, candidato à reeleição em 2018, fazer ali aquela festa. Um governador que fala tanto das festas do passado e agora produz as festas para os seus aliados políticos. O governador Flávio Dino ofereceu jantar para o ex-presidente Lula e seus aliados, deu toda a estrutura do Palácio dos Leões para aquele evento político, que era para ser promovido pelo PT, mas na verdade foi promovido pelo governo do Maranhão. Tudo bancado pelos maranhenses: jantar, garçom, toda a estrutura do Palácio servindo para aquele evento. Flávio Dino vive falando dos outros, mas ali promoveu uma verdadeira farra”, discursou Andrea.
Andrea Murad também questionou o uso da rádio pública, a Timbira AM, para transmitir ao vivo toda a programação do evento realizado pelo Partido dos Trabalhadores com o suporte do Governo Flávio Dino.
“Flávio Dino acabou de abrir uma brecha, não é? A partir do momento em que ele bota a Rádio Timbira, a rádio do governo para transmitir um evento partidário onde ele lança a candidatura de um Presidente da República e a dele próprio, ele está dando toda a brecha para nós pedirmos o mesmo. Eu quero saber se eu solicitar para o governador Flávio Dino um palanque ali para a minha reeleição, se eu também vou poder utilizar a estrutura do Palácio dos Leões. Eu quero também saber se a Rádio Timbira vai transmitir todo o meu evento. Isso é um verdadeiro absurdo. É vergonhoso! O governador Flávio Dino é um hipócrita, não tem mais moral para absolutamente nada”, disse a parlamentar.

Fonte Blog do Jorge Aragão

Presidente Dutra recebe série de obras entregues pelo governador Flávio Dino

O governador Flávio Dino entregou, nesta terça-feira (12), uma série de melhorias para ajudar a resolver problemas históricos na cidade de Presidente Dutra. Ele também vistoriou as obras de reforma do Hospital Macrorregional do município, popularmente conhecido como Socorrão. Além de vistoriar a construção do prédio da nova unidade plena do Iema (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão). A agenda institucional foi de inaugurações e de preparação para novas entregas.
“Reconhecemos a importância dos investimentos não só para os cidadãos e cidadãs de Presidente Dutra, mas também para a região. Quando nós estamos, por exemplo, estruturando adequadamente o Socorrão de Presidente Dutra, estamos prestando um serviço para a população daqui e para toda a região”, disse o governador.
A reforma vem mudando a cara do hospital, com nova pintura, recuperação do telhado, amadeiramento e impermeabilização das lajes, recuperação das paredes, construção de canaleta para água pluvial e piso. O prédio foi completamente transformado e reformado após anos de descaso e abandono em gestões anteriores.
“Presidente Dutra é um grande polo econômico do nosso estado. Por isso o Governo do Maranhão tem hoje investimentos que ultrapassam R$ 10 milhões na área de saúde, infraestrutura e educação, dentre outras áreas”, acrescentou Flávio Dino.
Abastecimento de água
Flávio Dino também entregou um poço com vazão de 50 metros cúbicos por hora e 104 metros de profundidade. Com isso, o abastecimento de água dos moradores do bairro Cohab teve significativa melhora, atendendo aproximadamente 5 mil pessoas.
“A gente estava passando por problemas sérios em ter água. Só de inaugurar esse poço, já chegou água nos bairros próximos daqui”, contou o morador e mototaxista Gean Costa Macedo.
O governador também assinou ordem de serviço para implantação de dois sistemas de abastecimento de água. Diante disso, o prefeito do município, Jurandyr Carvalho, lembrou que a água era “um problema secular” na cidade e que agora a questão está sendo tratada de maneira séria e eficiente.
“É com grande satisfação que a gente recebe hoje o governador Flávio Dino. Várias obras e ações foram feitas pelo Governo do Estado na cidade. Estamos no caminho certo e aliados ao governador em busca de solução para amenizar o problema”, afirmou o prefeito Jurandyr Carvalho.
O secretário de Estado de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, destacou os resultados positivos alcançados para a população com as ações do Governo do Maranhão. “Foi uma visita de muitos resultados, muito positiva. Reforça mais uma vez a integração do governador Flávio Dino com os municípios do Maranhão”, afirmou Márcio Jerry.
Asfalto
Além dos 15 quilômetros que o Mais Asfalto já levou a Presidente Dutra, uma nova etapa do programa está pavimentando mais 9 quilômetros na cidade.
Iema
O Governo do Maranhão também está construindo outra importante obra na cidade. Trata-se de uma unidade plena do Iema. O governador Flávio Dino visitou o local onde está sendo feito o prédio.
Segundo o secretário de Ciência e Tecnologia, Davi Teles, o Iema deve começar a funcionar em Presidente Dutra no ano letivo de 2018. “Técnicos do instituto estão fazendo aferições para descobrir as vocações locais e os cursos que deverão ser implantados”, afirmou.
De acordo com o engenheiro civil responsável pela obra do Iema, Bruno de Carlo, a obra segue em ritmo acelerado. “Dentro de um mês a gente vai começar a parte de alvenaria”, informou.
Trânsito mais seguro
A visita de Flávio Dino também incluiu a inauguração do Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran), para dar mais agilidade e condições para os motoristas cumprirem todas as leis e obrigações.
“Também lançamos o Programa Moto Legal, de incentivo à regularização”, ressaltou o governador. Com a iniciativa, a taxa para regularizar a situação das motos é de R$ 50 por ano atrasado. Como é obrigatório ter CNH para aderir ao programa, isso aumenta a segurança no trânsito.

Ascom

Auditoria aponta “descaso” e “má-fé” em obras de Geddel/Roseana para enchentes

Jornal Pequeno – Um relatório do Ministério da Integração Nacional de Brasília levanta diversos problemas na execução de obras previstas em um acordo de cooperação milionário entre a então governadora Roseana Sarney e o então ministro Geddel Vieira Lima em 2009. O próprio ministério aponta desvio de R$ 18 milhões em obras não realizadas. Os recursos repassados pelo governo federal deveriam servir para reconstruir estradas e pontes afetadas por enchentes que castigaram o estado naquele ano.
O que se viu, no entanto, pelo relatório da auditoria foi bem diferente. O documento obtido com exclusividade mostra que o Ministério da Integração Nacional viu “descaso”, “desrespeito” e “má-fé” dos executores da obra. A auditoria conclui que ao menos R$ 18 milhões transferidos não se transformaram em obras.
Uma das práticas citadas pelo relatório é a maquiagem de obras antigas, com poucos reparos, para que pareçam novas. É o caso, segundo a auditoria de uma obra na região de Caxias, em que uma ponte deveria ter sido totalmente recuperada. Segundo a auditoria, a “estrutura antiga foi rebocada com aparência de construção recente”.
Em outro trecho do relatório, a auditoria afirma que a “estrutura antiga (foi) construída há mais de 30 anos, sendo rebocada para aparentar nova”.  Ainda segundo o relatório, essas alterações caracterizam “má-fé” dos construtores.
Auditoria da Integração apura desvios em 2009
Uma investigação do governo federal apura o destino de parte dos recursos repassados ao Governo do Maranhão em 2009 com o objetivo de recuperar rodovias em quase 70 municípios do estado. Os recursos deveriam ter recuperado rodovias após uma enchente no estado. Uma auditoria interna do Ministério da Integração Nacional orienta a glosa de  R$ 18 milhões – com valores atualizados – em contrato realizado por aquele órgão e o governo do Estado.
Geddel Vieira Lima, hoje réu da Lava Jato, era o ministro à época. E Roseana Sarney, a governadora. Parte dos processos foi assinado por seu vice, o hoje senador João Alberto.
O recurso encaminhado ao Governo do Estado visava realizar obras em estradas no interior para recuperar vias atingidas pela enchente de 2009. Em alguns casos, no entanto, os recursos não chegaram a seu destino.
Em 14 de maio de 2009, a então governadora Roseana Sarney encaminhou ao Ministro de Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, o Plano de Trabalho no valor de R$ 35 milhões, com o objetivo da reconstrução de estradas estaduais, recuperação de obras de artes especiais e pavimentação de vias urbanas em 69 municípios, que se encontravam em situação de emergência, em decorrência das enchentes e inundações ocorridas naquele ano.
As ligações políticas do então ministro Geddel Vieira Lima e Roseana Sarney, ambos do PMDB, facilitou o trâmite dos recursos à época. Nesta semana, a Polícia Federal prendeu, novamente, o ex-ministro após encontrar em um apartamento ligado a ele a quantia de R$ 51 milhões, em dinheiro vivo, que estavam guardadas em malas na cidade de Salvador.
Nesta semana também, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ofereceu denúncia ao STF (Supremo Tribunal Federal), contra cinco senadores e dois ex-senadores do PMDB, acusados de integrar organização criminosa e receberem R$ 864 milhões em propina. Entre eles, o ex-senador José Sarney, um dos integrantes mais influentes da cúpula do partido.

SEMA faz estudo para identificação de feições paisagísticas no Parque Estadual de Mirador

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), por meio do Laboratório de Geoprocessamento (LABGEO), realizou, no final do mês de agosto, a validação de feições para apoio a identificação de alvos no Parque Estadual de Mirador.
O objetivo foi validar dados adquiridos em laboratório para a classificação de feições da cobertura do solo no Parque. Entre as feições destacam-se a tipologia vegetal, áreas de queimadas e áreas antropizadas.
Estas feições são resultado de um trabalho de investigação do LABGEO em escritório, com o uso de ferramentas computacionais para identificação dos diferentes alvos que recobrem a superfície terrestre na unidade de conservação em questão.
No que se refere-se ao uso de dados orbitais, a identificação e classificação das principais feições paisagísticas foi realizada a partir de imagens orbitais do Sensor OLI-8, abordo do Satélite Landsat 8, nos softwares de Processamento Digital de Imagens disponíveis na Secretaria. Foram utilizadas, ainda, imagens do Sensor 2B, a bordo do Sentinel, como plano de fundo no software Trackmaker PRO e QGis 2.18, servindo como apoio ao deslocamento em todas as áreas analisadas.
Foram validados 43 alvos diferentes distribuídos pelo Parque. Durante o trabalho, a equipe visitou os Postos de apoio Zé Miguel, Geraldina, Mel e Mosquito, passando nas proximidades dos Postos Aldeia e Cágados, além das comunidades Tapera, Cabaço, Porto da Cuia, Monte Alegre, Surucuju, Galheiro, Cabeceira Velha e Pindaíba. Assim, além da validação de dados orbitais, obteve-se como produto o registro das rotas entre os postos visitados, facilitando o deslocamento das equipes da Secretaria em operações futuras na área.
Na oportunidade, ainda, foram também validados alguns pontos com ocorrência de atividade de extração mineral no estado. Das 11 amostras pré-selecionadas, obteve-se a confirmação de 100%, reforçando assim a importância do trabalho de laboratório com a obtenção de dados orbitais a partir de imagens de satélite.
Ascom

Radialista de Codó usa programa para mentir e é desmascarado ao vivo pelo diretor do HGM

Radialista Daniel Sousa – apresentador da rádio Eldorado AM
O radialista Daniel Sousa iniciou o programa desta segunda-feira (11) com uma grande barrigada (termo utilizado no jornalismo que define o ato de noticiar uma informação falsa ou errada). O fato aconteceu quando o apresentador da Rádio Eldorado AM de Codó, informava aos seus poucos ouvintes que a morte do Seu Carioca, motorista do SAMU que era muito querido pelos codoenses, aconteceu devido a um erro no procedimento cirúrgico que ele teria sido submetido às pressas no Hospital Geral Municipal de Codó (HGM). O “furo” jornalístico além de fantasioso, foi um claro desrespeito a família e amigos do Seu Carioca que estão de luto desde sua partida prematura ocorrida no último sábado (09).
“Vou contar do começo, o Seu Carioca foi operado no Hospital Geral Municipal (HGM), de uma hérnia não é isso? E a cirurgia ou operação, como queiram entender, foi feita de forma errada, foi feita de forma irresponsável, essa que é a grande verdade. Aí transferiram o Seu Carioca encima da hora pra cidade de Coroatá. Sabe o que foi que a equipe médica de Coroatá disse? Que a cirurgia fizeram de forma errada, e o médico perguntou onde foi, no HGM de Codó. Então seu Carioca não morreu porque tinha que morrer não, morreu porque fizeram a cirurgia de forma errada”, afirmou o radialista.
Cláudio Paz desmente Daniel Sousa
Médico Cláudio Paz – Diretor Clínico do HGM de Codó
Diante da mentira que estava sendo divulgada com grande estardalhaço por Daniel Sousa, o Diretor Clínico do HGM, Dr. Cláudio Paz, foi informado do que estava acontecendo e tratou de desmascarar imediatamente o radialista que é conhecido na região por inventar notícias em busca de audiência para seu programa. O médico ligou para rádio onde revelou, ao vivo, que em nenhum momento o Seu Carioca havia passado por qualquer tido de procedimento no hospital do município.
“(…) Seu Carioca, ele teve uma crise e ele não passou pelo HGM. Seu Carioca, quando ele começou a sentir dor, ele deu entrada na UPA, na UPA foi feito o diagnostico que ele tinha uma hérnia encarcerada, como era um procedimento já de risco, precisando de recursos como UCI e UTI, ele não foi operado no HGM, ele foi operado no Hospital Geral de Timbiras, e de Timbiras, como o caso dele já era um caso grave, ele foi transferido para Coroatá, para o Hospital Macro de Coroatá. Em nenhum momento ele passou pelo Hospital Geral Municipal de Codó (…)”, disse Cláudio Paz ao revelar a verdadeira informação do caso.
Atitude acertada
A atitude do médico Cláudio Paz foi extremamente acertada, pois é comum a divulgação de notícias falsas por alguns profissionais da comunicação de Codó que as vezes são despreparados para trabalharem na área do jornalismo, seja no rádio, TV ou internet.
Que isso sirva de lição tanto para o radialista que foi desmentido, quanto para os outros que costumam seguir a mesma linha.
Por Marco Silva

SEMA discute implantação do Projeto Cerrado Federal em Codó

Para maior eficácia na execução do Projeto Cerrado Federal, equipe de técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), do Serviço Florestal Brasileiro, do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Ministério do Desenvolvimento Agrário, Secretaria de Agricultura Familiar, Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (ITERMA), da empresa BRASPLAN (contratada para execução dos cadastros), bem como representantes de povos e comunidades tradicionais da região de Codó estiveram reunidos, de 04 a 06 de setembro na cidade, para tratar sobre as ações de implantação do Projeto na região.
O Projeto Cerrado Federal tem como objetivo melhorar a capacidade do Ministério do Meio Ambiente na implementação do manejo integrado do fogo e do cadastramento ambiental rural em áreas selecionadas do Bioma Cerrado. Para tanto, o MMA, por meio do Serviço Florestal Brasileiro e o Governo do Estado do Maranhão, por intermédio da SEMA, estão desenvolvendo ações conjuntas para a implantação do Projeto no que se refere ao componente CAR em 23 municípios do cerrado maranhense.
Destaca-se que o referido Projeto irá atender pequenos proprietários ou posseiros rurais, além de povos e comunidades tradicionais.
Ascom

Sarney se livra de uma denúncia, mas a do “quadrilhão do PMDB” continua

Asseclas do ex-senador José Sarney comemoraram o pedido de arquivamento, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), do inquérito aberto na Corte para investigar a suposta tentativa dos senadores Romero Jucá (PMDB-RR) e Renan Calheiros (PMDB-AL) e do ex-senador José Sarney de atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.
Mesmo faltando ainda o aval do ministro Luiz Edison Fachin, relator do caso no STF, dar a palavra final sobre o arquivamento do processo, Sarney já comemora o livramento de mais um inquérito envolvendo seu nome na Lava Jato.
Porém, a decisão tomada hoje pela PGR não tem relação com a denúncia por crime de organização criminosa, o “quadrilhão do PMDB”, apresentada na sexta-feira (8) por Janot contra os senadores do PMDB Renan Calheiros (AL), Romero Jucá (RR), Edison Lobão (MA), Valdir Raupp (RO) e Jader Barbalho (PA), além do ex-senador José Sarney.
Acusados de integrar organização criminosa e receber R$ 864 milhões em propina, além de gerarem prejuízo de R$ 5,5 bilhões aos cofres da Petrobras e de R$ 113 milhões aos da Transpetro, segundo a PGR (Procuradoria-Geral da República), José Sarney e o também maranhense Edison Lobão terão muito o que explicar ainda sobre essa denúncia.
Janot pediu que os sete denunciados sejam condenados por organização criminosa, com as penas de três e oito anos de prisão, perda de função pública e pagamento de multa de R$ 200 milhões –R$ 100 milhões pelos danos patrimoniais (desvios) e R$ 100 milhões por danos morais causados pelas condutas dos acusados.

Fonte: Marrapa.com

Flávio Dino é um governador de duas palavras

Definitivamente, o governador Flávio Dino (PCdoB), eleito sob o manto de uma mudança de paradigma em todos os níveis, cada vez mais demonstra estar preocupado apenas no poder pelo poder.
E para isso, faz qualquer negócio: diz e desdiz, nega o que disse, desmente a si mesmo e usa uma palavra para cada interlocutor, beneficiando-se de qualquer audiência.
Dino recebeu o ex-presidente Lula na semana passada, em busca do espólio da esquerda e do apoio do PT como substituto do tempo do PSDB em sua chapa. E para Lula, em um de seus discursos, disse, textualmente: “o caminho do Brasil é pela esquerda, contra a direita golpista”.
Nada mais natural no discurso de um governador que se elegeu por um partido historicamente de esquerda e que flerta com esse campo do espectro político desde que deixou de ser juiz federal, em 2006.
Mas o mesmo Flávio Dino que apontou o caminho da esquerda na presença do ex-presidente Lula, só precisou de uma semana para desmentir a si mesmo, e afirmar totalmente o contrário, para tentar justificar a presença do DEM em sua base.
“A chapa não pode ir apenas à esquerda. Aqui é eleição entre os Sarney e os não Sarney”, justificou.
Este é o Flávio Dino em estado puro, o mesmo que, em 2014, acendeu uma vela para Dilma e outra para Aécio Neves; o mesmo que tem o PSDB como vice e faz gracinhas para o PT.
Discurso de quem de tudo faz para manter o poder. Aceita quem quer.

Da coluna Estado Maior, de O EstadoMaranhão

Pastor Valdemiro Santiago é processado por jornalista que pede R$ 48 milhões

A vida de Valdemiro Santiago não tem sido tão fácil nesses últimos tempos. O pastor e o jornalista Everton Di Souza, o Fofoquito do “Fofocalizando”, estão travando uma batalha na justiça.
De acordo com informações do jornalista Leo Dias, Everton quer receber R$ 48 milhões pelos trabalhos realizados para o pastor e para a igreja há alguns anos.
Ele trabalhou nas filmagens sobre a vida de Valdemiro e ainda criou uma música exclusiva para ser inclusa no CD. “O CD era vendido a R$25. A música é minha e está registrada. Eles usaram depois que saí da empresa, sem eu saber. O DVD com o documentário dele teve um milhão de cópias. Cada um era vendido por R$45. Rodei o Brasil inteiro trabalhando e não ganhei um centavo“, afirmou ele.
A batalha judicial vem sendo travada há seis anos. No próximo mês será o embate final, já que ficou marcada uma última audiência sobre o caso. A tentativa será de acordo, já que ficou provado que Everton realmente trabalhou para a igreja e que a música é verdadeiramente sua.

Fonte: O TV Foco

Despedida do “Seu Carioca” é acompanhada por centenas de pessoas em Codó

Centenas de pessoas compareceram ao velório e sepultamento do senhor Clodenir, mais conhecido em vida como “SEU CARIOCA”. A família pediu que o corpo do motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) fosse velado na Capela Santa Filomena, em Codó. Familiares e uma grande quantidade de amigos compareceram para dar o último adeus ao mais querido funcionário do SAMU.
Seu Carioca morreu na madrugada do último sábado, 09, na cidade de Coroatá, onde estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), após passar por uma cirurgia em caráter de urgência, no hospital de Tmbiras, para tratar do surgimento de uma doença chamada hérnia.
Funcionários do SAMU carregam o caixão com o corpo do Seu Carioca na chegada ao Cemitério Central
O sepultamento aconteceu na manhã deste domingo, por volta das 9h, no Cemitério Central. Familiares e amigos acompanharam a despedida com muita tristeza.
Assista ao vídeo:

Por Marco Silva

Roseana surpreende internautas com resposta a Flávio Dino em rede social

O governador Flávio Dino e seus seguidores foram surpreendidos com uma resposta no mínimo inusitada da ex-governadora Roseana Sarney. O fato aconteceu no meio da tarde do último sábado (09), após Dino usar seu perfil oficial no FaceBook para comemorar a inauguração de dezoito obras durante as festividades de comemoração dos 405 anos de São Luís.
Flávio Dino deu uma alfinetada em Roseana ao afirmar que seu governo não fez festança superfaturada como antigamente. Mostrando-se incomodada com a indireta a ex-governadora disparou: “Quer Comparar? O povo vai responder em 2018”.

A resposta de Roseana mostra que a disputa eleitoral de 2018 já começou e está muito quente para os dois principais candidatos a governador (a) do Maranhão.
A ex-governadora apagou a publicação após a grande repercussão.
Por Marco Silva

Veja como ficou o resultado da enquete para governador lançada pelo Blog do Marco Silva

Uma enquete realizada pelo Blog do Marco Silva fez uma consulta estimulada, apresentando aos internautas seis nomes de possíveis candidatos ao cargo de governador (a) do Maranhão. 1650 pessoas registraram seus votos.
Os constantes escândalos envolvendo os políticos brasileiros afetaram diretamente na decisão dos maranhenses, pois 45% registraram seus votos na opção Nenhum Deles. Em seguida aparece Flávio Dino com 25% e Roseana Sarney em terceiro lugar com 18%. Maura Jorge aparece em quarto lugar com 7% dos votos favoráveis. Eduardo Braide, Roberto Rocha e Wellington do Curso somam apenas 5%.

Por Marco Silva

Passagem mais cara preocupa universitários de Codó que estudam em Caxias

Imagem Ilustrativa
Cerca de 500 codoenses se deslocam diariamente até a cidade de Caxias em busca da formação superior. Cada acadêmico vinha pagando mensalmente a quantia de R$ 280,00 pelo ônibus que transporta os estudantes universitários. O custo que já era considerado alto teve um aumento de R$ 20 na última semana.
O anuncio do aumento no valor da passagem foi feito na última sexta-feira (08) pelos donos das quatro empresas que transportam os alunos. Eles argumentaram que a decisão foi tomada após as constantes elevações nos preços dos combustíveis.
Conversamos com um grupo de estudantes da Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão – FACEMA, que se mostram insatisfeitos e preocupados com o aumento.
“Alcançar a tão sonhada formação superior está cada vez mais elevado para quem mora em Codó, pois temos custos com alimentação, livros e apostilhas, mensalidade da faculdade e transporte. Esse aumento vai representar um impacto significado em nossas finanças”, argumentou um aluno que não quis se identificar.
Ajuda do governo
Coincidentemente o aumento no valor da passagem dos estudantes universitários de Codó acontece poucos dias após o lançamento do edital do Programa Cartão Transporte Universitário, que é uma iniciativa do Governo do Estado que pretende ajudar os estudantes com o valor de R$ 800 por semestre.
O ponto negativo é que o benefício anunciado pelo governador não será suficiente para contemplar todos os estudantes que precisam, pois serão oferecidas apenas 1.000 vagas por semestre para todo o estado do Maranhão. O município de Codó possui quase 500 universitários que estudam em Caxias. Ou seja, muita gente não vai outra alternativa que não seja desembolsar os R$ 300.
Por Marco Silva

PSB decide por unanimidade expulsar o senador Roberto Rocha

Com gritos de “Fora Rocha!”, o Partido Socialista Brasileiro no Maranhão (PSB/MA) acabou de aprovar, por unanimidade, a expulsão do senador Roberto Rocha por descumprir o Estatuto e o Código de Ética e Fidelidade partidária.
O documento, assinado pelo deputado estadual Bira do Pindaré, presidente do Diretório Municipal em São Luís, foi dirigido ao Congresso e representa um clamor da militância, que, durante o evento, debateu o assunto e defendeu a importância de se tomar providências. Segundo o documento, o autointitulado ‘Asa de Avião’ não segue as orientações partidárias e traiu o projeto que o elegeu senador da república.
Há quem mate a cobra e mostre o pau, o PSB fez diferente. Aprovou a expulsão e, como quem marca um gol de placa, quebrou o ‘Asa do Avião’. Bira afirmou que a postura assumida por Rocha expressa muito mais que ingratidão, expressa infidelidade com o partido e com o projeto político que o elegeu.
“O PSB acabou de decidir que vai apoiar a reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB), enquanto isso, ele (o senador) adota uma postura de como ele se tivesse sido eleito pela (atual) oposição, pelo grupo Sarney, mas ele foi eleito por nós aqui. Sem o nosso apoio e do governador Flávio Dino, ele não teria sido eleito”, frisou Bira.

Fonte: Marrapa.com

 

Ex-genro de Silvio Santos teria batido na filha do apresentador

O nome de Silvio Santos voltou a ser notícia após um novo áudio, com índices que podem anular a delação do líderes do grupo JBS, ter relatado um encontro entre Ricardo Saud sobre um encontro que manteve com Eduardo da Fonte (possivelmente o deputado pelo PP de Pernambuco) e uma pessoa de nome Quintela.
Em conversa com Joesley, Ricardo esclarece quem é o tal Quintela. “O que que aconteceu… O Duda Fonte, o Eduardo da Fonte, meu amigo e sócio dele aqui no bar, do ex-genro do Sílvio Santos…”. Momento em que Joesley o interrompe: “Ex?”.
“É, porque ele ficou casado um mês e bateu na muié (sic), o Quintela, esse que é o… presidente agora do PP aqui…”, completa Saud. Porém, nenhuma filha do apresentador e empresário Silvio Santos se casou com alguém chamado Quintela, segundo informações do site Metrópoles.
Mas vale lembrar que, em maio de 2016, após um casamento “secreto”, sem mídia, sem luxos, sem alarde, a filha de Silvio Santos, Rebeca Abravanel, também se separou assim, sem alarde. Após nove meses de casamento, Rebecca e o político Guilherme Mussi se separaram. Eles namoraram um ano e meio antes de se casarem.

Fonte: O TV Foco

error: Content is protected !!