Mulher de 27 anos arranca o próprio olho e decepa a mão no Piauí

Uma jovem de 27 anos, que não teve a identidade revelada, foi encaminhada para o Hospital Regional de São Raimundo Nonato na noite de segunda-feira (03), após arrancar seu olho direito e decepar sua própria mão em uma residência, no povoado Nova Garça, na zona rural do município.  

Hospital Regional de São Raimundo Nonato – Foto: Divulgação/Sesapi

Segundo a Polícia Militar, ela foi socorrida pelo esposo e encaminhada para o hospital. Ao dar entrada na urgência da unidade de saúde, a polícia foi acionada para atender a ocorrência, mas a vítima afirma que se automutilou.

O marido contou à polícia que a jovem passa por grave quadro de depressão. Apesar da confissão de automutilação, o caso foi encaminhado para a Polícia Civil, que abriu uma investigação e ouviu várias pessoas, inclusive familiares que confirmam que as lesões foram causadas durante um surto de pertubação mental.

Devido a gravidade das lesões, ela foi transferida para o Hospital de Urgência de Teresina -HUT, onde passou por cirurgia de reconstrução da pálpebra e sutura conjuntival e segue internada.

Com informações do Portal Meio Norte

Raimunda Baião é empossada como nova diretora geral da Câmara de Codó

Apresentada como a nova diretora geral da Câmara Municipal de Codó, Raimunda Baião agradeceu as boas vindas recebidas durante a breve 17ª Sessão Ordinária. “Tenho a certeza que estou chegando para somar e fazer parte de uma equipe que está trabalhando muito bem no Legislativo municipal. Tenho um ótimo relacionamento com os vereadores e servidores e darei a minha contribuição para essa competente gestão”, declarou a nova diretora.

A sessão foi mais sucinta em virtude da realização da Missa de Sétimo Dia pelo falecimento do ex-vereador e ex-prefeito de Codó, Ricardo Archer, ocorrido no último dia 29 de julho. “Estou muito feliz com a atual gestão da Casa e com as boas e democráticas relações entre todos os parlamentares. Quero parabenizar e dar boas-vindas a nova diretora geral da Câmara de Codó, Raimunda Baião e dizer que Codó perde muito com o falecimento do ex-vereador e ex-prefeito Ricardo Archer, nome de grande relevância importância política e uma perda imensurável”, comentou o vereador Valdeck Frota.

“Estamos editando esta sessão de forma mais breve em razão da missa de sétimo dia do ex-prefeito Ricardo Archer, para que todos nós possamos prestar as últimas homenagens ao grande nome da política codoense”, explicou o vereador Rodrigo Figueiredo.

O presidente da Câmara, vereador Leonel Filho, justificou a brevidade da sessão em razão da importância das ultimas homenagens a serem prestadas a uma das maiores lideranças políticas de Codó. “Mesmo com a pauta de trabalhos bem cheia, com muitos projetos e indicações, decidimos por realizar uma sessão mais curta para que todos pudessem participar da cerimônia e prestar suas homenagens na missa de sétimo dia pelo falecimento do ex-prefeito. No entanto amanhã já retornamos ao trabalho, em virtude das audiências que estamos realizando na Câmara e as matérias que precisam ser apreciadas e aprovadas”, concluiu o presidente.

Ascom – CMC

Flávio Dino apresenta Pacto Nacional pelo Emprego a centrais sindicais

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), se reuniu nesta quarta-feira (5) com o Fórum das Centrais Sindicais para debater sua proposta de criação de um Pacto Nacional pela Vida e pelo Emprego. O encontro, por videoconferência, contou com a participação de representantes de oito centrais – CTB, CGTB, CUT, Força Sindical, UGT, Nova Central, CSB e Pública).

Na opinião de Dino, o avanço da pandemia do novo coronavírus e os erros do governo Jair Bolsonaro no enfrentamento da crise têm provocado mais do que uma grande quantidade de óbitos por Covid-19. Segundo o governador, há três “passivos ocultos” que também merecem a devida atenção.

1) O atraso na realização de cirurgias eletivas, devido ao acúmulo de atendimento dos hospitais com os infectados pelo coronavírus, o que pode provocar milhares de mortos em decorrência de outras doenças. No Maranhão, para enfrentar essa demanda, Flávio Dino disse ter promovido um “mutirão de cirurgias”;

2) A ampliação da desigualdade educacional, já que a realização de aulas virtuais criou dois tipos de alunos: uma minoria que dispõe de recursos técnicos para estudo a distância; e uma maioria que, sem condições de acesso adequado à internet, deve engrossar o contingente de evasão escolar, repetência ou de atrasados no processo de aprendizado;

3) A tragédia do desemprego, que hoje não adquiriu visibilidade maior porque é ofuscada pelos inúmeros óbitos da pandemia e também pela concessão do auxílio emergencial, que mitiga a situação dos setores sociais mais vulneráveis.

É para enfrentar essa realidade que o governador do PCdoB propõe um conjunto de medidas. Para viabilizá-las, ele voltou a defender que Banco Central emita dinheiro, conforme prevê o artigo 174 da Constituição Federal. As propostas se apoiam em três pilares:

1) O Pacto Nacional em Defesa da Vida e do Emprego, envolvendo trabalhadores, empresários, governadores e Congresso Nacional. De acordo com Dino, esse Pacto tem caráter antifascista. “Tudo o que o fascismo não quer é unir o Brasil. Os fascistas apostam em promover a divisão e a polarização do País”;

2) Um amplo programa de obras públicas, com criação de frentes de trabalho voltadas tanto às milhares de obras paradas quanto à realização de novas obras. Esse programa é espécie de versão brasileira do “New Deal”, realizado pelo governo dos EUA, na década de 1930, para recuperar a economia depois da crise de 1929;

3) Uma política de concessão de auxílio emergencial para micro e pequenas empresas, com a contrapartida de manutenção do emprego. Dino defende que, em vez de créditos, essas empresas recebam “auxílio mesmo”, para continuarem a funcionar e, assim, manterem a condição de maiores empregadoras do País.

Dino disse que, além dessas propostas, a parceria entre governadores, parlamentares, empresários e trabalhadores – com participação de peso das centrais sindicais – deve visar a uma agenda alternativa para deter o ultraliberalismo predatório do presidente Bolsonaro e de seu ministro da Economia, Paulo Guedes. As propostas em debate serão sistematizadas em um projeto de lei, dando mais concretude a esse movimento e se tornando um instrumento de luta e mobilização das centrais sindicais.

Ascom

VÍDEO: família que teve casa destruída por incêndio pede ajuda da população codoense

A família que teve seu imóvel e seus pertences destruídos em um incêndio no último domingo (02), no bairro Santo Antônio, em Codó, pede ajuda da população.

Em entrevista ao repórter Wellyngton Sampaio, do programa Viraliza, a proprietária da residência disse que a família não estava no local quando o incêndio começou e pede ajuda da população para reconstruir a residência.

Um amigo da família também entrou em contato com o Blog do Marco Silva pedindo ajuda para a família, que está precisando comprar móveis, alimentos e roupas são doados, porém, materiais de construção são necessários para que a casa seja reconstruída.

“Meu amigo Marco Silva boa tarde estou com essa campanha para ajudar esse amigo que trabalha na segurança de festas na cidade a casa dele veio a pegar fogo tá precisando muito só está com a roupa do corpo divulgue ai no seu blog por favor”, relatou.

As doações podem ser feitas por meio de deposito ou transferência bancária: Caixa Econômica, Agência 0766, Operação 013, Conta poupança/corrente 76731-7. Telefone para contato: (91) 9 8587-0772 (WhatsApp).

PF faz realiza operação nas prefeituras de Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte

A Polícia Federal, por meio da Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros – DELECOR/MA, com o apoio da Controladoria Geral da União – CGU, deflagrou na manhã desta quarta-feira, dia 05 de agosto de 2020, a Operação “FALSA ESPERANÇA”, com a finalidade de desarticular associação criminosa voltada a fraude em licitações e desvio de recursos públicos federais, que seriam usados no enfrentamento do novo coronavírus (COVID-19), nos municípios de Bacabeira/MA, Santa Rita/MA e Miranda do Norte/MA.

Carro da PF na porta da Prefeitura comandada pela prefeita Fernanda Gonçalo

Durante a investigação, foram verificados indícios de superfaturamento de equipamentos de proteção individuais (EPI’s) e de simulação na compra de respiradores pulmonares, que apesar do pagamento antecipado pelas prefeituras de Bacabeira/MA, Santa Rita/MA e Miranda do Norte/MA, nunca foram efetivamente entregues.

Todas as aquisições foram realizadas com uma única empresa, sediada na cidade de Paço do Lumiar/MA, que nunca havia atuado no ramo médico hospitalar. A investigação revelou que a empresa não tinha nenhum empregado e atuava com a comercialização de acessórios para instalação de aparelhos de ar-condicionado e de energia solar. A empresa tinha um total de 69 atividades secundárias, que variavam desde a confecção de vestuário, segurança privada e até produção musical.

Cerca de 50 (cinquenta) policiais federais cumprem 04 (quatro) Mandados de Prisão Temporária, e 13 (treze) Mandados de Busca e Apreensão, além do sequestro de bens e bloqueio de contas dos investigados, tendo as ordens judiciais sido determinadas pela 1ª Vara Federal de São Luís/MA.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados responderão pelos crimes de peculato (Art. 312, caput, do CPB), falsidade ideológica (Art. 299, do CPB), fraude em processo licitatório (Art. 90 da Lei nº 8.666/93), superfaturamento na venda de bens (Art. 96, I da Lei nº 8.666/93) e associação criminosa (Art. 288 do CPB).

As ordens judiciais foram cumpridas em 06 cidades do Maranhão (São Luís, São José do Ribamar, Paço do Lumiar, Bacabeira, Santa Rita e Miranda do Norte).

A Operação foi denominada “FALSA ESPERANÇA” em referência a expectativa criada na população dos municípios de Bacabeira/MA, Santa Rita/MA e Miranda do Norte/MA de que as gestões municipais teriam adquirido de forma lícita equipamentos contra a COVID-19, e que, ao fim, nunca chegaram a ser efetivamente entregues.

Comunicação Social da Polícia Federal no Maranhão

Vídeo mostra água com cor estranha saindo de torneira em Codó

Moradores da Vila Eliane, no bairro São Francisco, em Codó, registram a água saindo de dentro das torneiras com cor branca. De acordo com os relatos, algumas pessoas que não possuem filtros estão apresentando problemas de saúde ao consumirem o líquido.

“Olá Marco Silva bom dia eu gostaria de fazer uma denúncia sobre a água daqui da vila Eliane Rua 3 bairro São Francisco está branca só de cloro tem pessoas que não tem filtro na torneira estão sofrendo com problema no estômago por causa da água”, relatou a denunciante.

Ao Blog do Marco Silva, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) garantiu que uma equipe técnica visitou três endereços na região relatada pela denunciante e não foi constatado problemas na qualidade da água.

“Visitamos três endereços (Casa 05, Casa 79 e Casa 66) na rua 3, onde houve a reclamação da qualidade da água e todos os moradores informaram que não tiveram nenhum problema com a cor da água”, disse o diretor Carlos Flávio.

Sobre a informação repassada pelos moradores de que a cor da água seria excesso de cloro, o diretor disse que a coloração esbranquiçada não significa necessariamente que a qualidade esteja comprometida.

“A coloração esbranquiçada da água não significa necessariamente que a qualidade esteja comprometida. A principal causa da água sair branca da torneira não está relacionada com a quantidade de cloro, mas sim com a pressão exercida no líquido nas tubulações da rede de abastecimento. Isso acontece geralmente quando o abastecimento é interrompido ou quando é realizada outra manutenção preventiva, por exemplo, em que as tubulações podem se encher de ar. Quando o serviço de abastecimento volta à sua normalidade, o ar presente nos canos é dissolvido na água, fazendo com que ela saia das torneiras com uma coloração mais esbranquiçada. É importante ressaltar que essa água branca pode ser consumida, pois trata-se apenas de microbolhas de ar, e não de cloro”, finalizou.

Maranhão aumentou em 1000% o número de pacientes atendidos em hemodiálise

“Desde que tive a honra assumir o Governo do Estado já aumentamos o número de pacientes atendidos em hemodiálise em mais de 1000%”, disse o governador Flávio Dino, em solenidade virtual, nesta terça-feira (4), durante a inauguração do novo Centro de Hemodiálise de Pinheiro. Na ocasião, também foi oficializada a entrega da urbanização da praça do Centenário, também na cidade de Pinheiro. 

Em 2015, havia 25 cadeiras próprias de hemodiálise na rede estadual maranhense. Atualmente, o estado possui 250 cadeiras, resultado dos investimentos feitos na área da saúde pelo Executivo Estadual, como parte do programa de Governo, que prioriza o cuidado e atendimento à população em todo o estado. 

“Com a entrega do Centro de Hemodiálise e a urbanização da praça do Centenário, estamos cumprindo o que diz a Constituição Federal sobre garantir direitos sociais, como saúde e lazer. Estamos assegurando políticas públicas vitais para que possamos fazer com que os direitos declarados sejam direitos usufruídos na prática pelos cidadãos da Baixada Maranhense”, assegurou o governador. 

Centro de Hemodiálise Pinheiro

O novo Centro de Hemodiálise funcionará ao lado do Hospital Regional da Baixada Maranhense “Dr. Jackson Lago”, inicialmente com 40 cadeiras, em três turnos de funcionamento, com capacidade para atender 240 pacientes. O novo centro é referência no tratamento de diálise dos pacientes da Baixada Maranhense e regiões vizinhas. 

Praça Centenário

A praça Centenário, agora revitalizada, possui quadra poliesportiva, parquinho com brinquedos infantis, academia ao ar livre e quiosques. Foram investidos R$1,5 milhões na reforma e revitalização do novo espaço de lazer, esporte e cultura da cidade de Pinheiro. 

“Juntos conseguimos concretizar esse sonho, de ter espaço público, digno e gratuito como um direito fundamental aos cidadãos maranhenses. Essa ação integra o programa ‘Praças da Família’ que, desde 2015, revitaliza espaços públicos para que todos possam usufruir dessa convivência comunitária, como o lazer, esporte e cultura”, finalizou o governador.

Ascom

O melhor galeto assado da cidade é na Galeteria Ponto Certo

A Galeteria Ponto Certo está com uma super promoção para os codoenses. Todo domingo será sorteado 1 galeto assado e 4 toscanas para todos que comprarem acima de R$ 12.

Aproveite essa deliciosa promoção e venha provar o melhor galeto assado da cidade.

Galeteria Ponto Certo – A sua melhor opção

Rua Tiradentes, 1053-B

Próximo ao Azenaurus

Codó – Maranhão

Conheça os serviços da empresa maranhense C&E GESTÃO AMBIENTAL

A C&E GESTÃO AMBIENTAL foi idealizada para contribuir com a realização de serviços de coleta, transporte, tratamento e destinação final de resíduos de saúde, domiciliares e empresariais.

Projetada para ser 100% limpa, a empresa conta com um moderno sistema de esterilização com atuação e ambientalmente correta.

Localizada no coração do Maranhão, a C&E GESTÃO AMBIENTAL tem somado nas ações de preservação do meio ambiente, promovendo o descarte seguro e correto dos resíduos perigosos e não perigosos.

Vídeo mostra casal furtando vários objetos que estavam guardado em baú de moto em Codó

Um casal foi flagrado furtando vários objetos que estavam guardados dentro do baú de uma moto Honda Biz, que estava estacionada próximo ao deposito do Armazém Paraíba, localizado no Centro de Codó.

O vídeo, gravado na manhã do último domingo (2), mostra o casal transitando em uma bicicleta quando percebem a motocicleta estacionada. Eles se aproximam do veículo, planejam o crime, vão até a moto, abrem o baú, tiram os objetos e depois fecham o compartimento.

A filha da vítima relatou ao Blog do Marco Silva que os criminosos levaram documentos, cartão de crédito, talão de cheque e batom.

“Olá Marcos Silva boa tarde, vc poderia divulgar um vídeo no seu blog??? um casal no Domingo extraviaram a moto da minha mãe, levando todos os seus documentos, cartão de crédito, bloco de talão de cheques, maquiagem”, relatou.

A proprietária está pedindo ajuda da população codoense para localizar o casal de criminosos e recuperar os objetos furtados.