Padre Francineuton declara não votar em Haddad

O Padre Francineuton Santos, líder religioso e advogado, em conversa por telefone com o blog, acaba de declarar que não irá votar no PT, do ex-presidente Lula e do candidato Fernando Haddad.

O sacerdote explicou os motivos de sua decisão: “A agenda programática do candidato Haddad não contempla os princípios da agenda da igreja católica. Ele, por exemplo, é a favor do aborto e nós como Igreja Católica não concordamos com isso, pois somos contra o aborto”.

3 Comentários

  1. Finalmente um sacerdote coerente com a doutrina católica. Parabéns!!!

  2. Ele tá mau informado. Toda igreja é contra aborto. Toda igreja defende a vida em todos os seus estados. Agora eu digo que não posso apoiar um candidato que exclui os pobres, que prega e defende tortura, que humilha mulher, que fala do armamento da nação e quer matar quem pensa, age e é diferente. Enfim quer botar um fim à democracia Essas atitudes contradizem o evangelho da paz de Jesus nos seus pilares.

  3. O meu ponto de vista: Estas eleições 2018 foi uma verdadeira manipulação. A mentira prevaleceu. Olhemos a jogada que fizeram para matar Jesus. Jogaram o Povo contra o Povo
    Levaram o Povo a escolher barrabás. As pessoas não consegue ver que é crime matar antes de nascer e depois de nascer. Pena! As pessoas escolheram e acreditaram cegamente em quem mata gente quem já nasceu, cresceu e deve e pode viver; as pessoas foram enganadas não se permitiram escutar, vê e escolher quem defende a vida em todas as suas instâncias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!