Números da pesquisa Escutec não somam 100% e geram desconfiança dos codoenses

Encomendada pelo jornal O Estado do Maranhão a pesquisa Escutec divulgada nesta terça-feira (14) está gerando desconfiança da população codoense por causa de um simples detalhe: os números apresentados não somam 100%.

No cenário espontâneo, quando os eleitores são instados a escolher um candidato sem que lhes sejam apresentados nomes, os percentuais somam apenas 48%. O Estado do Maranhão e a Escutec não explicam onde foram parar os outros 52%.

Os números do cenário estimulado, quando os candidatos são apresentados aos entrevistados, também apresentam divergência. Segundo os matemáticos da Escutec, os percentuais alcançados pelos candidatos somam apenas 79%, quando deveria ter alcançado o percentual de 100%. Onde estão os outros 21%?

Outro detalhe que chama atenção é que o número de eleitores indecisos também não foi divulgado pelo O Estado do Maranhão e a Escutec. Os números apresentados pelo Instituto estão gerando desconfiança dos codoenses.

“Eu, sinceramente, não acredito em uma pesquisa em que os nomes de Marcelo Coelho, Pedro Belo e Reinaldo Bezerra não aparecem no cenário espontâneo. Muito menos em uma pesquisa em que não aparece a porcentagem de indecisos. Pra mim esses dois pontos básicos fazem dessa pesquisa extremamente suspeita”, observou uma internauta.

O Instituto Escutec foi contratado pelo jornal O Estado do Maranhão e afirma que ouviu 500 eleitores em Codó, entre os dias 8 e 10 de janeiro. A margem de erro do levantamento é de 4% pontos percentuais, para mais ou menos, e o intervalo de confiança, segundo a Escutec, estimado é de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o número MA-07597/2020.

2 Comentários

  1. Falei antes e falo de novo, pesquisa mal intencionada, colocam dois personagens da mesma familia e esquece de nome como Cabo Bezerra, acho que errou e muito quem encomendou essa pesquisa, sendo que entrou ate um terceiro nome da mesma familia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *