Nota da prefeitura é desmentida por uma sobrinha de Dona Ednalda que perdeu a vida no HGM

Está completando nesta segunda-feira (27) sete dias da morte da senhora Ednalda Alves da Silva Cunha e seus dois filhos gêmeos. As três vidas foram perdidas após a grávida sofrer complicações em sua gestação na noite da última terça-feira (21).

O caso continua revoltando os habitantes de Codó que não conseguem entender o descaso do HGM e do SAMU para com mais uma família humilde do município. A revolta ficou ainda maior com a nota divulgada na semana passada pela prefeitura de Codó que tenta contradizer as informações repassadas pelos familiares e amigos da vítima, que sabem exatamente o que aconteceu, pois acompanharam seus últimos momentos de vida.

A nota produzida pela secretaria municipal de saúde foi publicada na página oficial da prefeitura no FaceBook, e não agradou nenhum pouco os internautas, em especial uma sobrinha de Dona Ednalda, a jovem desmente todas as informações contidas no documento e chama o poder público de irresponsável. Veja:

Resta saber se a prefeitura continuará mantendo seu posicionamento ou pedirá desculpas à família da senhora Ednalda pelo lamentável fato que tirou a vida de três codoenses.

error: Content is protected !!