Marcelo Coelho e Carlos Brandão estão na China em busca de investimentos para o Maranhão

O Secretário De Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho, está neste momento visitando a China, país com maior número de habitantes do mundo (Mais de 1,36 bilhão de pessoas). Coelho compõe a comitiva liderada pelo vice-governador Carlos Brandão, que tem o intuito de atrair investimentos para o Maranhão, e, consequentemente, gerar emprego para a população.
A economia da República Popular da China é a segunda maior do mundo (PIB Nominal), superada somente pelos Estados Unidos. O país é a nação com o maior crescimento econômico dos últimos 25 anos no mundo, o Governo do Maranhão está atendo a esse rápido desenvolvimento e há cerca de dois anos tem estreitado os laços comerciais com o governo chinês.
Nesta terça-feira (04) os representantes do Governo do Maranhão visitaram empresas que trabalham com produtos nas áreas de energia solar, medicina, vidro, revestimento e tecnologia.

Marcelo Coelho e Carlos Brandão também assinaram o Contrato de Serviços com a China Brazil Xinnenghuan International Investment – CBSteel, um importante passo para a instalação de uma siderúrgica no Estado. O investimento anunciado é de até US$ 8 bilhões – em duas fases – para produção de até 10 milhões de toneladas de aços longos.
Outras parcerias
Os primeiros dias de missão do Maranhão na China também têm sido marcados por agendas voltadas para busca de novos empreendimentos. A delegação maranhense foi recebida pela companhia Linuo, referência em comércio internacional da energia solar e de outros campos da energia renovável e pela empresa Inspur, destaque em tecnologia da informação eletrônica.
Carlos Brandão e sua comitiva participaram, ainda, de um encontro com Sun Ye Bao, vice-diretor do escritório de Assuntos Estrangeiros da província de Shandong. Juntos, dialogaram sobre a parceria entre Maranhão e Shandong nos campos da fabricação, agricultura no ramo da tecnologia, treinamento e produção verde, processamento de produtos agrícolas, máquinas agrícolas e fertilizantes, produtos relativos à pesca e hortifruti, fertilização formulada, planejamento em tecnologia avançada em agricultura e também produção de agrotóxicos.
“A visita do vice-governador do Maranhão melhorará as possibilidades de relacionamento entre os países, promovendo a cooperação pragmática em diversas áreas”, resumiu Sun.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *