Maranhão é um dos 4 Estados que mais fazem cirurgias no Brasil

O Maranhão é atualmente um dos Estados brasileiros com maior número de cirurgias feitas pela rede estadual de Saúde. E a tendência é melhorar ainda mais o desempenho, com o lançamento do programa Mais Cirurgias, cuja meta é fazer 70 mil procedimentos em 2020.

Entre 2014 e 2019, o Maranhão aumentou o total de cirurgias em 145%, passando de 25 mil para 62 mil. 

Isso colocou o Estado como o quarto de todo o país em quantidade de cirurgias. Além disso, o Maranhão foi quem mais aumentou proporcionalmente o número de procedimentos, de acordo com dados do Ministério da Saúde. 

No lançamento do Mais Cirurgias, na semana passada, o governador Flávio Dino afirmou que o reforço do Sistema Único de Saúde (SUS) é essencial. “Em razão das desigualdades obscenas que marcam a realidade brasileira, se os direitos forem submetidos apenas à lógica do mercado, nós teremos a exclusão de milhões de brasileiros, e, por isso, o Sistema Único de Saúde é imprescindível”, disse.

O secretário de Saúde, Carlos Lula, ressaltou que o Estado investe pesadamente na área: “Nunca o Maranhão despendeu tanto o percentual de sua receita corrente líquida com saúde, porque aqui saúde não é gasto, é investimento”, assegurou Carlos Lula. 

Mais Cirurgias

Serão 12 hospitais envolvidos prioritariamente pelo Mais Cirurgias. A ideia é que o paciente não precise se deslocar a São Luís ou Imperatriz, como acontecia no passado. 

“Dessa forma, vamos possibilitar o melhor acesso às cirurgias, que serão distribuídas por todo o Estado. O programa vai impactar ainda mais, pois a ideia é que possamos garantir às pessoas este serviço e que ele seja facilitado, mais rápido e de qualidade”, disse Carlos Lula.

Entre as cirurgias previstas, estão as de catarata, pterígio, vesícula, hérnia, varizes, apêndice, fraturas, próteses totais de joelho e quadril, histerectomia, hemorroidectomia, entre outras. 

Com a expansão da rede de serviços na capital e interior, iniciada em 2015, quem utiliza o Sistema Único de Saúde (SES) ganhou nove grandes hospitais. Há também o novo Hospital do Servidor, somando dez grandes unidades.

Esse investimento aumentou em 145% as cirurgias, comparado a 2014, que fechou em 25.391 cirurgias, com os 62.354 procedimentos em 2019. São beneficiados pacientes da fila de espera da rede estadual ou regulados pelas secretarias municipais de Saúde.

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo está protegido !!